Viagem

Casa ou hotel? Veja qual hospedagem na região de Orlando é melhor para você

CyberXRef/Creative Commons
Hotéis e casas oferecem prós e contras para quem pretende se hospedar na região de Orlando Imagem: CyberXRef/Creative Commons

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

21/04/2017 04h00

Orlando é um dos destinos turísticos mais populares dos Estados Unidos entre o público brasileiro. Na hora de se hospedar, o que vale mais a pena? Pagar aluguel de uma casa ou diárias de um hotel? A oferta de ambos é enorme. De um lado, há mansões que abrigam famílias inteiras por bons preços. Do outro, hotéis famosos, como Hyatt, Best Western e Sheraton, costumam oferecer bons serviços.

Na hora de escolher, é necessário levar em conta alguns fatores. Os viajantes podem economizar mais em uma casa do que em um hotel se estiverem em grandes grupos de pessoas. "Alugar casa é ótimo para famílias e turmas de amigos. As residências costumam ser muito bem equipadas, com cozinha completa e salas de jantar espaçosas. Fica bem mais barato comer em casa do que em restaurantes", avalia Christina Vianna, da empresa de consultoria turística Upclass.

Divulgação/HomeAway
Casa de cinco quartos nos arredores de Orlando anunciada no site HomeAway Imagem: Divulgação/HomeAway

Se for a primeira visita a Orlando, talvez seja interessante considerar a opção de hotel. "Muitos turistas passam o dia inteiro na rua, porque querem conhecer tudo. Os hotéis costumam ter ótimas acomodações e há uma diferença importante: a limpeza dos quartos é feita diariamente e está inclusa nas diárias. Já na casa, a limpeza não é diária e, dependendo da locadora, o serviço deve ser contratado à parte e nem sempre é barato".

A localização e a oferta de transporte também podem pesar a favor dos hotéis. "Vários oferecem transporte gratuito para parques", conta Beatriz Nahuz, da consultoria turística The Personal. "E, ao contrário dos hotéis, muitas das casas disponíveis para aluguel estão afastadas da área da International Drive (principal via de Orlando), onde há vários restaurantes, shoppings e comércio em geral". Isso ocorre porque, no perímetro urbano de Orlando, há restrições para o aluguel de casas por curta temporada. Assim, a maioria das residências está em cidades vizinhas. 

Vale lembrar, porém, que é fácil andar de carro alugado na região. Por outro lado, isso irá gerar gastos diários extras de algumas dezenas de dólares.

Expert em Orlando

Acompanhado da família e de grupos de amigos, o brasileiro Paulo Victor Lacerda já alugou casas na região de Orlando em seis ocasiões. "Elas oferecem um conforto difícil de encontrar em hotéis. Podemos fazer nosso café da manhã quando quisermos. Em hotéis, teríamos que nos adaptar aos horários e nem sempre iríamos comer aquilo de que mais gostamos".

Leonard J. DeFrancisci/Creative Commons
Em Orlando também não faltam hotéis, como o estabelecimento da marca Hyatt Imagem: Leonard J. DeFrancisci/Creative Commons

Apesar de nas residências os turistas terem de cozinhar, Paulo diz que isso não é trabalhoso. "Nos Estados Unidos, eles são extremamente práticos. Há uma grande oferta de comidas congeladas de boa qualidade, que são fáceis de fazer".

Paulo também ressalta o espaço oferecido nesse tipo de hospedagem. "Da última vez, visitei Orlando com 19 pessoas da minha família, incluindo meus pais, meus sogros e meus filhos. A casa tinha oito quartos, piscina, churrasqueira, máquina de lavar e nos acomodou muito bem. Em um hotel, ficaríamos em quartos separados e não teríamos tido muita integração. Além disso, passear pelos parques é sempre cansativo. Nas casas, você pode chegar à noite, abrir uma cerveja com os amigos e relaxar mais. E, ao dividir o valor do aluguel, mesmo fazendo compras no supermercado, o valor fica mais barato do que um hotel".

Como localização ideal para alugar casas, Paulo recomenda Kissimmee, cidade a cerca de 35km de Orlando, relativamente perto (de carro) de vários parques de diversão. "Lá há vários condomínios excelentes que ficam próximos do complexo da Disney. Vale tentar ficar próximo das rodovias I4 e 192, que dão acesso a muitas atrações", diz ele, que ainda recomenda dois sites de aluguel: o HomeAway (com imóveis de diversos tamanhos e preços) e o Top Villas (com propriedades maiores e mais luxuosas). O Airbnb também é uma opção.

Divulgação/Top Villas
No site Top Villas, é possível encontrar casas extremamente luxuosas na Flórida Imagem: Divulgação/Top Villas

Paulo comenta a desvantagem de não haver a limpeza diária oferecida pelos hotéis. "Isso requer que os hóspedes sejam um pouco mais organizados no dia a dia. E, na hora de contratar o aluguel, muitos dos proprietários pedem o depósito de um seguro de algumas centenas de dólares". O dinheiro é devolvido no final, mas é uma verba que deve fazer parte do orçamento na hora de planejar a viagem a Orlando.

Valores

De acordo com o site AlugueTemporada, a média de custo diário por adulto em uma casa de Orlando é, atualmente, de 70 dólares (cerca de R$ 220). Já em Kissimmee, este gasto cai para 60 dólares diários (R$ 185). Já no Airbnb, há desde uma casa para sete pessoas (com piscina, campo de minigolfe e fliperama) com diárias a partir de R$ 625 até uma mansão com dez quartos, para 16 hóspedes e diárias a R$ 1.858 (com spa, piscina com toboágua, quadra de basquete e cinema).  

Entre os hotéis, os preços variam ainda mais. A diária em um de duas estrelas na região da International Drive, por exemplo, chega custar R$ 220 em um quarto para duas pessoas. E em um estabelecimento de cinco estrelas, é possível encontrar diárias por cerca de R$ 1.300 para quatro pessoas. 

Optando por casa ou hotel, não esqueça de levar na bagagem de mão o comprovante da reserva da acomodação. Esse documento pode ser pedido pelos oficiais de imigração no aeroporto americano.

Para pesquisar mais casas na região de Orlando, acesse: aluguetemporada.com.br, thetopvillas.com ou airbnb.com

E para pesquisar hotéis, acesse: booking.com ou hoteis.com

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo