Viagem

Turista é furtado em casa alugada no Airbnb; empresa promete ressarcimento

Arquivo pessoal
Leandro Neves e a esposa Erika foram assaltados durante viagem Imagem: Arquivo pessoal

Denise de Almeida

Do UOL

16/03/2017 22h21

Eram para ser férias tranquilas no litoral norte de São Paulo, mas a viagem de Leandro Neves foi parar na delegacia e ganhou textão nas redes sociais. Isso porque o fotógrafo teve todo seu equipamento furtado de dentro da casa onde estava hospedado em São Sebastião, que foi alugada através da plataforma Airbnb.

Além do assalto, Leandro contou que quando ele e a esposa, Erika, chegaram ao destino encararam uma casa infestada por carrapatos, com lâmpadas e privada quebradas, bem diferente das fotos do anúncio. "Pedimos para o caseiro vir arrumar, mas ele sumiu, não apareceu mais. Como a gente não queria estragar nossas férias, fui consertando o que eu sabia: trocando lâmpadas de lugar, arrumando privada. A gente viaja muito, já passou altos perrengues. Daríamos um jeito, estamos acostumados. Nem seria o maior problema", desabafa.

Para o fotógrafo, o mais grave foi não ter um retorno rápido do Airbnb quando procurou ajuda após o assalto. "Também não tive suporte dos caseiros nem do proprietário. Até publicar o post, eu estava totalmente abandonado. Só estão entrando em contato comigo porque viralizou".

Leandro ainda questiona a política da empresa em relação a seguro patrimonial. “O proprietário é segurado pelo Airbnb em um milhão de dólares. Se a gente fizer qualquer dano na casa, o dono tem seguro, mas quem aluga não tem".

Como férias viraram pesadelo

O fotógrafo conta que chegou à casa no dia 10 de fevereiro, onde pretendia ficar 15 dias. Mas no dia 19 a residência foi invadida. "Estávamos na parte de cima quando entraram e levaram tudo. Abriram o portão principal com chave, sem arrombamento. A gente conseguiu ajuda com um vizinho. Levaram a chave do nosso carro, então tivemos que dormir na casa após o assalto".

No dia 20, o vizinho chamou um guincho para levar o casal até a praia de Boiçucanga, onde conseguiram registrar o Boletim de Ocorrência e contratar um chaveiro para abrir o veículo. "Sem telefone nem computador, só consegui escrever para o proprietário ao chegar. Contei todo o ocorrido e ele não me respondeu. Pela regra do Airbnb, você tem que primeiro fazer contato com o anfitrião. Por isso procurei ele", explica Leandro.

Sem respostas do proprietário da casa, Leandro foi atrás da empresa. "Tive que esperar a reserva acabar, esperei 72h para o anfitrião responder, e depois disso procurei o Airbnb. Aguardei duas semanas e não me deram uma resposta. Eu não estava pedindo nada, só o dinheiro da minha viagem. Depois de disso veio uma mensagem para mim, em inglês, dizendo 'olha, a gente não tem seguro e infelizmente não pode fazer nada'. Foi aí que eu decidi publicar o post".

"Anfitrião foi suspenso e hóspede será ressarcido"

Após a publicação do fotógrafo viralizar, Leandro conta que o dinheiro da hospedagem foi devolvido integralmente.

Em nota enviada ao UOL, o Airbnb Brasil informou que o hóspede será ressarcido pelos itens furtados. O fotógrafo confirma ter recebido um pedido para listar os equipamentos que perdeu – que totalizam um prejuízo de R$ 42 mil, mas que ainda não foi comunicado pela empresa de que eles arcariam com o valor.

O comunicado do Airbnb Brasil ainda diz que a empresa está avaliando as outras críticas feitas ao imóvel e, por isso, o anfitrião foi suspenso da plataforma enquanto o incidente é analisado. "Mais de 160 milhões de hóspedes já se acomodaram em locais anunciados pelo Airbnb e incidentes negativos são raros", ressalta a companhia. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo