Viagem

Cenário de filme de terror? A ilha que é tomada por milhões de caranguejos

DO UOL

17/01/2017 04h04

A Austrália é famosa por abrigar uma grande variedade de animais assustadores, como morcegos gigantes, aves assassinas e crocodilos mais compridos do que um carro. 

Já aos que têm ojeriza ao formato um tanto alienígena dos crustáceos, o país da Oceania pode proporcionar um cenário de apocalipse: todos os anos, uma linda ilha australiana chamada Christmas Island é tomada por dezenas de milhões de caranguejos (há gente que fala em 120 milhões), um fenômeno que assusta muitas pessoas, mas também atrai turistas ao local. 

Os bichos invadem as ruas, pontes e jardins residenciais da ilha, formando um tapete vermelho que se move lentamente sobre o terreno insular. Trata-se de uma migração que ocorre geralmente entre os meses de novembro e janeiro, quando os caranguejos deixam as florestas da Christmas Island e se locomovem em direção ao mar, para reprodução e desova. 

Xinhua/Xu Yanyan
Turista se vê cercada durante migração de caranguejos em Christmas Island Imagem: Xinhua/Xu Yanyan

O episódio, logicamente, altera a rotina de todo este território australiano, que está situado no oceano Índico e tem cerca de 2.000 habitantes.

Sem apresentar graves riscos aos humanos, os crustáceos não são considerados pelas autoridades locais como uma praga. Ao contrário: durante a migração, a polícia e guardas-florestais proíbem que carros transitem por algumas vias da área e até constroem pontes de plástico sobre as estradas mais movimentadas, para que os bichinhos passem sobre o asfalto com segurança. 

Além disso, mais da metade da ilha tem status de santuário ecológico onde, além de 14 espécies de caranguejos, existem pássaros raros, lindas praias e excelentes pontos de mergulho.

John Tann/Creative Commons
Caranguejo é fotografado enquanto cruza estrada da Christmas Island Imagem: John Tann/Creative Commons

Tudo isso atrai milhares de turistas por ano à Christmas Island, muitos deles fazendo questão de chegar à ilha bem no período da migração. Afinal, é a melhor época para fazer grandes fotos e se ver no meio de um fenômeno de características extremamente únicas. 

E vale lembrar: o fluxo migratório também ocorre no sentido inverso. Depois da desova, os caranguejos retornam às áreas florestais da ilha, forrando novamente as ruas locais em vermelho vivo. A espécie predominante neste fluxo é o chamado caranguejo-vermelho, que pode ter mais de 11 centímetros de largura. 

Christmas Island, porém, é um local remoto: fica a cerca de 2.000 quilômetros da costa australiana. Aviões partem da cidade de Perth rumo à ilha. Há boa infraestrutura hoteleira e de restaurantes por lá. 

No topo deste texto, veja um vídeo que mostra um pouco da dimensão da migração dos caranguejos. 

Ian Usher/Creative Commons
Viajante presencia migração de caranguejos na Christmas Island, na Austrália Imagem: Ian Usher/Creative Commons

David Stanley Travel/Creative Commons
Além de caranguejos, Christmas Island oferece lindas paisagens para o turista Imagem: David Stanley Travel/Creative Commons

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo