Topo

Viagem

Holandês é preso após desligar alto-falantes de templo em Mianmar

Getty Images
Homem ficou irritado com barulho vindo de templo Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/09/2016 15h59

Irritado com o barulho das orações perto do hotel em que estava hospedado em Mianmar, um holandês foi até o templo e desligou os alto-falantes, provocando a ira dos moradores. Ele acabou preso por "insulto à religião", crime pelo qual pode ser detido por dois anos.

A confusão aconteceu na última sexta-feira (23), quando era transmitido o sermão budista do fim de semana. O homem, de 30 anos, foi até o local e desconectou os cabos que uniam o amplificador aos alto-falantes, explicou Kyi Soe, da polícia local.

"Posteriormente, a multidão o seguiu e encontrou o hotel onde se hospedava", acrescentou o porta-voz, ressaltando que ele foi detido em uma das prisões de Mandalay, no centro do país, acusado de infringir a seção 295 do código penal relacionada aos insultos à religião. O homem será apresentado a um juiz nos próximos dias.

Histórico de problemas
Um turista espanhol foi expulso do Mianmar em julho por exibir um buda tatuado em sua perna, parte do corpo considerada impura para uma imagem religiosa.

Já em 2015, um neozelandês e dois colegas birmaneses foram condenados a dois anos e meio de prisão com trabalhos forçados por insulto à religião, após terem utilizado uma imagem de buda para fazer a publicidade de seu bar.

(Com informações da AFP)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem