Viagem

Revista de companhia aérea causa polêmica com nota racista sobre londrinos

Getty Images
A revista pede "precaução" em bairros habitados por negros e indianos em Londres Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/09/2016 14h35Atualizada em 08/09/2016 09h38

A revista de bordo da companhia aérea chinesa Air China está causando uma enorme polêmica com um conselho dado aos seus leitores no final de uma reportagem turística sobre Londres, que estampa a capa da publicação deste mês.

"Londres é um lugar geralmente seguro para viajar, mas precauções são necessárias quando se entra em áreas habitadas majoritariamente por indianos, paquistaneses e negros. Nós aconselhamos que turistas não saiam sozinhos à noite e que mulheres sempre estejam acompanhadas por outra pessoa durante uma viagem", diz a revista, chamada "Wings of China" e disponível para leitura nos assentos de todas as aeronaves da companhia, hoje a terceira maior da Ásia e que opera 98 rotas internacionais. A empresa tem dois voos diários entre Pequim e Londres.

A foto desta parte da reportagem (que, de resto, dá diversas dicas sobre passeios turísticos na capital inglesa) foi tirada por uma passageira da Air China e colocada no Twitter. No post, visto acima, ela pergunta: "o que o prefeito de Londres pensa disso?" (clique no tweet acima para ver o texto completo publicado na revista). 

Desde então, a sugestão de "tomar cuidado" em bairros londrinos onde há concentração de população de descendência indiana, paquistanesa e africana têm despertado revolta em políticos e internautas.

Em uma entrevista ao jornal "Evening Standard", a congressista britânica Rosena Allin-Khan afirmou que "os comentários [da revista] são ultrajantes. Acho que foi ofensivo para todos os londrinos, não apenas para as minorias étnicas mencionadas". Ela ainda disse que irá convidar autoridades chinesas para um passeio em Tooting, área com uma das maiores concentrações de indianos e paquistaneses na zona metropolitana de Londres (um lugar onde, segundo ela, "todas as raças vivem lado a lado"). 

No Twitter, por sua vez, diversos internautas chamaram a "Wings of China" de "racista". E até o ator Kunal Nayyar (que interpreta o personagem Raj, na série "Big Bang Theory", que nasceu em Londres e tem descendência indiana) entrou na discussão. Em seu Twitter, ele escreveu: "Vai comer cocô, Air China" (veja abaixo).

E a polêmica está tomando contornos de incidente diplomático: segundo o jornal inglês "The Guardian", dois membros do Parlamento britânico pediram que o embaixador chinês no Reino Unido, Liu Xiaoming, exija um pedido de desculpas público da Air China.  

Por ironia, o atual prefeito de Londres, Sadiq Khan, é filho de paquistaneses.

A Grã-Bretanha, por sua vez, tem recebido um grande número de visitantes chineses: segundo o órgão de promoção turística Visit Britain, só no ano passado, foram mais de 270 mil turistas provenientes do país asiático, número 46% maior do que em 2014. Em 2015, eles gastaram 586 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 2,5 bilhões) na terra da rainha Elizabeth 2ª. 

Outro lado

A companhia Air China informou nesta quinta-feira (8) que retirou todas as revistas com a reportagem de Londres de suas aeronaves e afirmou que "sempre teve respeito por todas as culturas e tradições das etnias de todas as partes do mundo. Nós trabalhamos com colaboradores do mundo inteiro e todos estão dedicados a desenvolver um trabalho multinacional e de respeito mútuo". 

A porta-voz do ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, também se pronunciou, afirmando que "consideramos todas as raças com o mesmo respeito e nos opomos firmemente a qualquer tipo de discriminação racista".   

Aero Icarus/Creative Commons
A revista fica disponível nos assentos da companhia aérea Air China Imagem: Aero Icarus/Creative Commons

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo