Viagem

Bebê nasce em pleno avião e ganha milhas para voar pelo resto da vida

Missy Berberabe Umandal/Facebook
Mãe ampara bebê recém-nascida em voo da Cebu Pacific Imagem: Missy Berberabe Umandal/Facebook

Do UOL, em São Paulo

18/08/2016 09h07

Roupinhas, brinquedos, fraldas: recém-nascidos ganham muitos presentes de familiares e amigos de seus pais. 

Nesta semana, porém, uma bebê recebeu um "mimo" que ela provavelmente poderá curtir durante o resto de sua vida: um milhão de pontos no programa de milhagem da companhia aérea filipina Cebu Pacific, o que, segundo o presidente da empresa, Lance Gokongwei, permitirá que ela faça incontáveis viagens pelo mundo de graça.  

Isso porque, no último domingo (14), ela nasceu no meio de um voo entre as cidades de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Manila, nas Filipinas.

A mãe entrou em trabalho de parto, de maneira inesperada, quatro horas depois do avião da Cebu Pacific decolar de Dubai. O nascimento da criança estava previsto para o meio de setembro e pegou todos de surpresa.

Por sorte, havia duas enfermeiras a bordo que conduziram o nascimento da bebê, que logo foi enrolada em um cobertor e vestida com roupas doadas por pais que viajavam com crianças na aeronave. 

"Para celebrar este momento tão importante na vida de um de nossos passageiros, daremos à bebê um milhão de pontos no nosso programa de milhagem GetGo, que ela e seus familiares poderão usar para voar conosco gratuitamente", afirmou o presidente da Cebu Pacific, Lance Gokongwei. A pontuação não tem prazo de validade. 

E não faltarão oportunidades de passeios: a Cebu viaja atualmente para 36 cidades nas Filipinas e mais de 30 destinos internacionais, na Ásia, Oceania e Estados Unidos. Para conseguir um milhão de pontos no programa de milhagem da empresa, um passageiro teria que gastar cerca de R$ 350 mil em passagens com a Cebu Pacific. 

Também dará trabalho gastar todas essas milhas: uma passagem entre Manila e Dubai no programa GetGo, por exemplo, requer "apenas" 25 mil pontos. 

A passageira Missy Berberabe Umandal tirou uma foto da mãe segurando a recém-nascida no avião e escreveu em seu Facebook: "é o tipo de coisa que a gente só vê em filmes. Temos sorte em presenciar este milagre".  

Logo após o nascimento, o piloto decidiu realizar um pouso de emergência na cidade indiana de Hyderabad, para que mãe e bebê pudessem receber um atendimento mais apropriado em um dos hospitais locais. Ambas passam bem. 

Divulgação/Cebu Pacific
Comissários da Cebu Pacific que ajudaram no trabalho de parto na aeronave Imagem: Divulgação/Cebu Pacific

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo