Viagem

Viajantes invadem Coliseu de Roma à noite e filmam ação ilegal; veja

Do UOL, em São Paulo

04/08/2016 12h49

Um grupo de viajantes aventureiros conhecido como Visual Enemies realizou recentemente uma façanha polêmica: no meio da noite, dois deles invadiram e escalaram o Coliseu de Roma, estrutura com mais de 1.900 anos que é um dos principais cartões-postais da Europa. 

Toda a ação foi filmada com câmeras GoPro: a gravação começa com a dupla indo de metrô até a estação que fica ao lado do monumento romano e, logo depois, pulando as grades que separam a obra arquitetônica da rua.

Neste trajeto, os invasores fazem questão de mostrar uma placa que proíbe a entrada no local de pessoas que não trabalham no Coliseu. 

O grupo ainda passa sobre outras grades de proteção antes de chegar ao topo da estrutura histórica. Após fazer imagens panorâmicas da área, um deles caminha sobre a borda de uma das partes mais altas do Coliseu, a quase 50 metros de altura. Um tropeço e ele cairia na avenida que existe lá embaixo.  

Para descer, os invasores se penduram no que parece ser um cabo de aço e atravessam estruturas metálicas usadas nos trabalhos de restauração do cartão-postal romano.  

Reprodução/YouTube
No Coliseu, os invasores fizeram questão de filmar uma placa de acesso restrito Imagem: Reprodução/YouTube

O Visual Enemies afirma estar baseado na Alemanha e se descreve como "um coletivo urbano que une atletas e cineastas em busca de perspectivas extremas e vistas fantásticas". 

Colocado no YouTube, o vídeo desagradou muitos internautas.

"Vocês não têm nada do que se orgulhar. Vocês violaram a lei", disse um eles. "Vocês são uns idiotas. Poderiam ter destruído um patrimônio da humanidade. Que imbecis!", xingou outro, de origem italiana. 

Caso fossem pegos, com certeza os dois membros do Visual Enemies teriam problemas com a lei. Em 2014, um russo foi multado em 20 mil euros (cerca de R$ 71 mil) pela polícia italiana pode haver rabiscado a letra "K" na estrutura do Coliseu. 

E isso não acontece apenas na Itália: neste ano, um viajante alemão foi preso depois de escalar uma das pirâmides de Gizé, no Egito. Solto em seguida, ele foi proibido de voltar ao país árabe pelo resto de sua vida. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo