Viagem

Piloto se atraca com passageiro bêbado após ele ameaçar comissária de bordo

Do UOL, em São Paulo

03/08/2016 13h54

Um piloto da American Airlines está sendo saudado como herói após derrubar um passageiro que teria empurrado uma comissária de bordo e ameaçado quebrar a mandíbula de outro durante um acesso de raiva após ficar bêbado.

Na internet, um vídeo mostra o profissional saltando sobre Michael Kerr, de 25 anos, antes dos dois caírem no chão por conta do confronto. "Você não vai colocar as suas mãos na minha aeromoça", gritou o piloto, depois de Kerr supostamente ter empurrado a atendente de bordo.

De acordo com o site da News.Com.Au, o rapaz começou a atacar tripulação quando a aeronave, vinda do Kentucky, pousou na Carolina do Norte. Kerr também se recusou a voltar para o seu lugar enquanto o avião taxiava.

Quando uma atendente pediu para ele sentar, Kerr ameaçou quebrar a sua mandíbula. Em seguida, o rapaz foi até a frente da aeronave onde xingou a tripulação, chutou um comissário de bordo na perna e empurrou outro para o chão, de acordo com depoimentos.

Um dos passageiros que acompanhou a briga, Michael Colon afirmou que o capitão "saltou" sobre Kerr. "Estava bem assustado e senti como se a vida do comissário de bordo estivesse em perigo. Era necessário alguém intervir."

Por fim, o passageiro foi mantido no chão, enquanto outras pessoas ajudavam a contê-lo com a ajuda de tiras dos cinto de segurança, quando Kerr fez sua "ameaça final": "Faça o que fizer, isso vai para o Facebook!"

Até 20 anos de prisão

Reprodução/Mecklenburg Jail
Michael Kerr precisou responder para a justiça Imagem: Reprodução/Mecklenburg Jail

A polícia chegou 20 minutos depois e algemou Kerr, que continuou chutando, gritando e cuspindo. Isso exigiu que outros oficiais fossem chamados para ajudar na prisão do passageiro, que foi acusado em um tribunal federal na última segunda-feira (1º) por embriaguez e perturbação pública.

Entraram em sua conta também o fato de ele agredir uma mulher e o restante da equipe, além de fazer ameaças. Essa "mistura explosiva" pode levá-lo a até 20 anos de prisão e uma multa de até US$ 250 mil (R$ 816 mil reais, em valores convertidos em 03/08/2016). A fiança de Kerr foi estipulada em US$ 25 mil (R$ 81 mil reais, em valores convertidos em 03/08/2016).

A Associação de Comissários de Bordo (CWA) soltou um comunicado ressaltando que esse tipo de situação está se tornando comum na indústria aérea. "Com a frustração causada pelos atrasados e cancelamentos, um problema adicional são pessoas passando o tempo nos bares do aeroporto. O álcool é uma das principais causas de incidentes de raiva durante os voos, como parece ter sido o caso."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo