Viagem

Muda algo para quem vai viajar para o Reino Unido? Tire suas dúvidas

Getty Images
Imagem: Getty Images

Juliana Bianchi

Colaboração para o UOL

24/06/2016 21h21

A decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia (UE), após plebiscito realizado nesta quinta-feira (23), ainda deverá trazer muitas incertezas para os moradores, imigrantes e visitantes da Irlanda do Norte, Escócia, País de Gales e Inglaterra nos próximos dois anos, prazo estipulado pelo Tratado de Lisboa para a conclusão do processo de separação, após ser feita a comunicação formal ao bloco. 

No curto prazo, nada muda para quem está se programando para visitar ou estudar por lá nos próximos meses, como assegurou o premier David Cameron. Mas a rápida reação do mercado financeiro, que jogou a cotação da libra para abaixo dos R$ 5 ao longo do dia, pode significar um crescimento imediato na taxa de turistas e intercambistas.
 
“Nos últimos tempos, muitos estudantes trocaram o Reino Unido pelo Canadá e Austrália devido à alta da moeda. Com a queda é possível que o sonho principal seja retomado”, acredita a gerente de produto da CI-Central de Intercâmbio, que espera ver o resultado dessa mudança se reverter em vendas já na próxima semana. “É uma janela de oportunidade que se abriu”, completa.
 
Veja abaixo como devem ficar algumas questões práticas para quem pretende ir ao Reino Unido nos próximos meses.
 
Tenho viagem marcada para o Reino Unido em julho. Vou precisar de visto para entrar no país? Como proceder agora?
A curto prazo, nada deve mudar para entrar ou sair do país. Como o Brasil já possui acordo diplomático com o Reino Unido que exime o turista da necessidade de visto prévio para viagens com até seis meses de permanência, possivelmente tudo continuará igual.
 
Acabei de comprar algumas libras para viajar. Com a saída da EU, a moeda do país irá mudar?
Como Reino Unido nunca adotou o euro como moeda corrente (ainda que algumas lojas de departamentos abrissem exceção), a tendência é que a situação siga inalterada.
 
Quem tem cidadania europeia poderá morar ou visitar o país por tempo indeterminado? E quem não possui tal documentação?
Ainda não se sabe. Por enquanto, cidadãos europeus que se beneficiam do acordo podem circular e residir livremente em todos os países do Reino Unido, mas assim que a saída do bloco for efetivada as regras de imigração e visitação poderão passar a seguir estritamente a legislação britânica, que exige autorizações específicas para quem quer morar, trabalhar ou estudar no país.
 
Brasileiros sem cidadania europeia poderão visitar o Reino Unido?
Sim. Visitantes com passaporte brasileiro válido, confirmação de reserva de hotel (ou carta com o endereço de onde ficará hospedado), passagem aérea de volta e dinheiro suficiente para se manter no país podem ficar até três meses sem a necessidade de visto prévio. A regra não deverá ser alterada, mas não vale para aqueles que pretendem estudar, trabalhar ou ficar por mais de seis meses no país. Nesse caso é preciso requisitar um visto antes mesmo de sair do Brasil.
 
Como ficam os vistos de turista? Terão menos tempo de duração?
Ainda não se sabe. Atualmente visitantes não necessitam de visto para permanecer no país por até três meses. Acima desse período o visto prévio é obrigatório.
 
O visto que eu consegui para meu intercâmbio vai continuar valendo?
Fique tranquilo. De acordo com as declarações do premier David Cameron, nada deverá mudar em relação a isso nos próximos meses. 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo