Viagem

Guardas florestais falam sobre os turistas mais sem noção que já viram

Jim Urquhart/Reuters
Urso-pardo caminha no Yellowstone National Park. É bom ter cuidado Imagem: Jim Urquhart/Reuters

Do UOL, em São Paulo

20/05/2016 06h58

Os Estados Unidos estão recheados de parques nacionais que oferecem paisagens deslumbrantes para os turistas, como o Yosemite National Park e o Yellowstone National Park.

Muitos dos viajantes que passam por estes locais, porém, parecem não saber se comportar no meio da natureza. 

É o que dá para entender a partir de uma discussão recentemente realizada no site Reddit por um grupo de internautas que afirmam ser "park rangers", os guardas que tomam conta destas reservas ecológicas norte-americanas. 

Um deles, para iniciar uma conversa online, perguntou: "qual foi a coisa mais estúpida que vocês já viram um turista fazer dentro de um parque nacional?"

Surgiram então diversos relatos, um mais interessante do que o outro.

Um dos participantes contou que, na época em que trabalhou na Floresta Nacional de Salmon-Challis, no estado de Idaho, sempre encontrava pessoas que estavam querendo fugir da civilização e viver no meio do mato. "O problema é que, na maioria das vezes, era gente que não sabia nem usar uma vara de pescar", diz ele. "São aquelas pessoas que viram muito Discovery Channel e sonhavam em viver da terra. Mas, no final das contas, elas acabavam ficando com frio e fome e, depois de dois dias, voltavam para o lugar de onde vieram".

Reprodução/Instagram @tsa
Repelente de urso: não aplique sobre a própria pele Imagem: Reprodução/Instagram @tsa

Outro internauta relata que, certa vez, viu uma família passar sobre o próprio corpo um spray usado para repelir ursos, que é mais forte que o spray de pimenta utilizado pela polícia. "Eles pensaram que deviam usar aquilo da mesma maneira que as pessoas usam repelente contra mosquitos. De repente, todos começaram a gritar e os funcionários do parque não sabiam o que fazer para acalmá-los". Tal spray, na verdade, tem que ser borrifado contra os ursos, e não contra a própria pele.

Turistas que buscam chegar perigosamente perto de animais selvagens também são comuns: um internauta afirmou que, durante seu trabalho como guarda florestal, já viu turistas tentando tirar selfies perto de ursos.

Outro, que se diz filho de um guarda florestal, relatou que já viu um grupo de chineses formando um círculo ao redor de dois alces que estavam brigando. "Os animais terminaram de brigar e acabaram atacando os turistas".  

Também houve relatos de guardas que parecem ter se cansado de controlar o movimento das pessoas. "Já vi gente escalando colinas durante tempestades de raios e nadando em rios antes da queda d'água de cachoeiras. Por isso, não me surpreendo mais quando pessoas morrem ou desaparecem em parques nacionais". 

E há os "park rangers" que têm que lidar com turistas frustrados: um dos participantes da discussão no Reddit contou que, certa vez, uma viajante ficou reclamando porque "as árvores da floresta eram iguais às que existiam na cidade dela". 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo