Viagem

Jovem finge ser piloto de avião, mas se entrega ao pedir álcool durante voo

Getty Images
Bastou um uniforme e boa lábia para o jovem entrar no voo internacional Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/05/2016 12h53

Um rapaz de cerca de 20 anos, que fingiu ser um piloto em trânsito da companhia Cathay Pacific, foi detido em Penang, na Malásia, após solicitar bebida alcoólica durante o voo e causar desconfiança na tripulação. Ele acabou sendo deportado de volta para Hong Kong, na China.

De acordo com a FoxNews, o homem, cuja identidade não foi divulgada, embarcou em um avião da Dragonair (uma subsidiária da Cathay Pacific) como passageiro, mas vestido com um uniforme de piloto e utilizando um documento de identificação que, supostamente, tinha marcas oficiais da companhia aérea.

Para os "colegas", ele afirmou que estava se deslocando a trabalho pela empresa, após completar um voo de longo percurso entre São Francisco, nos Estados Unidos, e Hong Kong.

O problema foi que, durante a viagem, a tripulação achou suspeito o fato de ele tirar muitas fotos durante o serviço de refeição. Depois, o rapaz ainda pediu um Bloody Mary para a comissária de bordo.

Cerca de 30 minutos antes do avião pousar, os funcionários começaram a exigir a documentação de piloto do rapaz, que alegou que a papelada havia sido despachada junto com a sua bagagem.

Assim que o avião pousou, a equipe pediu novamente a identificação. Ao ver que ele seria incapaz de apresentar algo, eles alertaram a segurança do aeroporto, que o acompanhou para fora da ponte de embarque dos passageiros.

O homem não foi autorizado a entrar na Malásia e acabou deportado imediatamente para Hong Kong. A polícia do aeroporto chinês chegou a fazer um relatório, mas o rapaz não foi preso. Um porta-voz da Dragonair afirmou que a empresa está investigando o incidente.

Nada muito complicado
Driblar a segurança aérea parece ser tarefa de criança. No final de abril, uma garota de 10 anos, que queria apenas dar o seu primeiro passeio de avião, deu um verdadeiro baile nas autoridades aéreas russas ao conseguir ultrapassar as barreiras de segurança e embarcar em um voo entre Moscou e São Petersburgo sem qualquer tipo de identificação ou bilhete.

Após entrar no aeroporto e se misturar com algumas pessoas, ela passou pela segurança sem ser detectada. Na hora de embarcar no voo da companhia Rossiya Airlines, a menina não chamou a atenção dos comissários de bordo ao entrar no mesmo momento que uma grande família.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo