Topo

Viagem

Passageiros deixam milhões em troco no raio-X dos aeroportos dos EUA

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

03/05/2016 16h32

Nos aeroportos dos Estados Unidos, o provérbio "de moeda em moeda se faz uma fortuna" nunca foi tão verdadeiro.

Responsável pela segurança dos sistemas de transportes da nação de Barack Obama, a Transportation Security Administration (TSA) divulgou um relatório que mostra quanto dinheiro os passageiros deixam nas bandejas do raio-X antes de ingressar nos aviões no país norte-americano.

Em 2015, o montante foi de nada menos que US$ 765.759,15 (mais de R$ 2,7 milhões).

O valor é composto principalmente por moedas que os viajantes têm que tirar do bolso antes de cruzar o raio-X e que, seja por pressa ou esquecimento dos seus donos, acabam abandonadas na bandeja de plástico fornecida pelos aeroportos.

A TSA afirma que "se esforça para reunir os passageiros com bens eventualmente esquecidos na hora do raio-X", mas muitas vezes o dinheiro é deixado nestas áreas de segurança e os proprietários nunca aparecem para buscá-lo.

Nestes casos, a agência é autorizada a embolsar os valores e usá-los na manutenção de seus serviços.

E 2015 não é um caso isolado. A TSA informa que, desde 2008, mais de US$ 4,3 milhões (aproximadamente R$ 15,4 milhões) foram abandonados na área do raio-X dos aeroportos dos Estados Unidos.   

É muito dinheiro, mas vale lembrar que, só em 2015, houve cerca de 665 milhões de embarques apenas em voos domésticos nos EUA. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem