Topo

Viagem

Em pesquisa, comissários de bordo admitem já ter feito sexo com passageiros

Think Stock
A pesquisa foi realizada pelo site de viagens Jetcost.co.uk Imagem: Think Stock

Do UOL, em São Paulo

08/03/2016 12h38

O site de busca de passagens aéreas Jetcost.co.uk realizou recentemente uma pesquisa com 718 comissários de bordo de ambos os sexos do Reino Unido.

A sondagem fez uma pergunta simples para os profissionais dos ares: "você já fez algo considerado proibido durante seu trabalho?"

Um total de 89% deles respondeu que "sim".

Entre as mais graves infrações citadas, 14% dos comissários admitiram já ter feito sexo com passageiros em pleno voo e 21% deles afirmaram ter tido relações sexuais com um colega de trabalho durante pelo menos uma viagem aérea. 

E as indisciplinas não param por aí: 20% dos comissários consultados pela pesquisa admitem já ter dado, de propósito, troco errado para passageiros durante um voo, quanto estes compraram algum produto oferecido pela companhia aérea.

Segundo a Jetcost, os comissários que cometeram esta infração embolsaram, em média, 331 libras esterlinas (quase R$ 1.780) no período de um ano. 

"É totalmente inaceitável que comissários de bordo deem o troco errado para os passageiros", afirma Antoine Michelat, co-fundador do site Jetcost. "É um roubo embolsar dinheiro que deveria retornar para o cliente". 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem