Viagem

Parques em pedreiras, arte com luzes e mais: 5 razões para ir já a Curitiba

Denise de Almeida

Do UOL, em Curitiba*

15/01/2016 23h32

A capital paranaense é um destino cheio de atrativos e tem sua localização como vantagem. Um voo partindo de São Paulo leva menos de uma hora para chegar. Do Rio de Janeiro gasta-se 1h30 e de Porto Alegre, 1h10.

Se a distância não é problema, não é a fama de clima frio ou chuvoso que vai assustar o turista. O UOL foi até lá para mostrar cinco ótimos motivos para você pegar as malas e partir agora mesmo para Curitiba.

Denise de Almeida/UOL
Uma das instalações da Bienal de Arte, no MON Imagem: Denise de Almeida/UOL

Ilusões de óptica 
A luz pode ser arte. É o que mostra a 22ª Bienal de Curitiba, que, de tanto sucesso, teve parte da programação estendida em dois meses: acontece até 14 de fevereiro. O Museu Oscar Niemeyer, famoso por seu formato de olho, é um dos locais que continua recebendo os visitantes do evento, com o tema “Luz do Mundo”.

A reportagem do UOL visitou a exposição no MON: é como estar em uma imensa (e agradável) ilusão de óptica, que diverte e confunde os sentidos. Luz negra, vibração, refração e reflexos servem de base aos artistas internacionais para criar as obras ali expostas. Impossível não se admirar com as sensações causadas pelas instalações, com suas luzes e sombras e a possibilidade de interação.

Além de abrigar parte da Bienal, o MON vale, por si só, a visita do turista. Projetado por Niemeyer, é um dos principais cartões-postais de Curitiba e o maior museu do Brasil, com 35 mil m² construídos (destes, 17 mil m² são de área expositiva).

Museu Oscar Niemeyer
Quando:De terça a domingo, das 10h às 18h.
Quanto:De R$ 4,50 (meia-entrada) a R$ 9.
Onde:R. Marechal Hermes, 999
Mais informações:(41) 3350-4400 e www.museuoscarniemeyer.org.br

Denise de Almeida/UOL
Vista do mirante da Torre Panorâmica de Curitiba Imagem: Denise de Almeida/UOL

Curitiba 360° 
No ponto mais alto de Curitiba há uma torre de telefonia com quase 110m de altura: o equivalente a um prédio de 40 andares ou quase três estátuas do Cristo Redentor sobrepostas. A 95m do chão, um mirante permite uma visão em 360° da cidade e, em dias de tempo bom, os contornos da Serra do Mar.

Mapas apontam o que o turista pode ver em cada um dos lados do mirante, inaugurado em 1991. Um paredão esculpido em concreto pelo artista Poty Lazarotto ainda conta detalhes da vida cotidiana da cidade e seu crescimento, mostrando desde os indígenas e colonizadores até a passagem de um zepelim, além da trajetória do telefone. Vale ressaltar que a obra foi feita em 1992, então não estranhe o celular retratado - do nada saudoso modelo tijolão.

No andar térreo da torre há um pequeno museu do telefone, com fotos, informações e algumas réplicas de modelos históricos.

Torre Panorâmica
Quando:De terça a domingo, das 10h às 19h.
Quanto:De R$ 2,50 a R$ 5. Crianças menores de 5 anos não pagam entrada.
Onde:R. Prof. Lycio Grein de Castro Vellozo, 191
Mais informações: (41) 3339-7613

Denise de Almeida/UOL
Bosque Zaninelli, onde funciona a Unilivre Imagem: Denise de Almeida/UOL

Verde, muito verde 
Os parques ocupam papel importante na cidade. Não é à toa que ela é chamada de capital do verde. O atrativo mais visitado de Curitiba é o Jardim Botânico, com sua estufa que lembra o antigo Palácio de Cristal de Londres. Mas não deixe de conhecer outros espaços tão ou mais belos, como o Parque Tanguá e o Bosque Zaninelli, ambos construídos em antigas pedreiras desativadas.

Neste último funciona também a Universidade Livre do Meio Ambiente, com um impressionante projeto arquitetônico, construído com materiais rústicos. Um enorme paredão atrás do lago faz a moldura perfeita para a paisagem. A paz que o local inspira faz o visitante esquecer que está dentro de uma metrópole.

No Tanguá, que tem 235 mil m², há paredões de pedras, cascatas, lagos, mirantes, e um túnel escavado em uma das paredes rochosas.

Mais informações
www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/jardim-botanico/1674
www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/bosque-zaninelli-unilivre/1704
www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parque-tangua/1534

Renato Stockler/Folha Imagem
Detalhe interno da cúpula da Ópera de Arame Imagem: Renato Stockler/Folha Imagem

Ópera de arame 
O belíssimo teatro fica em uma ilha no meio de um lago e é todo construído com estruturas metálicas e coberto apenas por vidro. É cercado de área verde, com araucárias, lagos e cascatas. Abriga quase duas mil pessoas em sua área interna e até 20 mil no lado externo.

Inaugurada em 1992, recebe shows e eventos, do popular ao clássico. Faz parte do Parque das Pedreiras, junto com o Pedreira Paulo Leminski.

Ópera de Arame
Quando: Diariamente, das 8h às 19h (e das 9h às 18h, fora do horário de verão).
Quanto: Grátis.
Onde: R. João Gava, s/n
Mais informações: (41) 3354-4482

Giuliano Gomes/UOL
Ponto inicial da Linha Turismo, em Curitiba Imagem: Giuliano Gomes/UOL

Curitiba sobre rodas 
Quem vai pela primeira vez à cidade pode aproveitar a Linha Turismo para ter uma visão panorâmica e percorrer 25 atrativos turísticos, como o Jardim Botânico, o Mercado Municipal e o Centro Histórico, levando também aos principais parques.

Para os turistas que querem passear à noite, o projeto Leva & Traz oferece transporte gratuito com vans entre hotéis e os principais restaurantes, shoppings, bares, teatros e casas de shows. O serviço tem parceria com mais de 40 hotéis da cidade e funciona de segunda a sábado, das 19h30 às 23h30, com agendamento prévio.

Mais informações
Linha Turismo: (41) 3352-8000 e www.turismo.curitiba.pr.gov.br
Leva & Traz: (41) 3888-3464 e www.levaetrazgratis.com.br

* A jornalista viajou a convite da Associação Brasileira de Trens Turísticos e Culturais (Abottc) com apoio do Sebrae e do Curitiba Região e Litoral Convention & Visitors Bureau (CCVB)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo