Viagem

Com apenas 37 anos, norueguês já visitou todos os países do mundo

Arquivo pessoal
Gunnar posa com mulher iraniana que lhe teria feito um pedido de casamento Imagem: Arquivo pessoal

Do UOL, em São Paulo

Em menos de quatro décadas de vida, o norueguês Gunnar Garfors fez algo impossível para a grande parte da população do planeta: conseguiu visitar todos os países do mundo. 

Dono de uma empresa de comunicação que lhe permite trabalhar na estrada, o viajante, hoje com 37 anos, afirma ter ido aos "198 países" do globo, somando os 193 membros das Nações Unidas mais Kosovo, Vaticano, Palestina, Saara Ocidental e Taiwan.

Após visitar, em 2013, o último país que lhe faltava (Cabo Verde, na África), Gunnar lançou um livro (que acaba de ganhar um versão em inglês) chamado "198: How I ran out of countries" (algo como "198: Como não tenho mais países para visitar") e montou um site onde conta detalhes e mostra as fotos de suas jornadas. 

Arquivo pessoal
Gunnar celebra sua chegada a Cabo Verde, o único país que lhe faltava Imagem: Arquivo pessoal

Nas imagens, ele aparece, por exemplo, sobre as ruínas peruanas de Machu Picchu, pilotando uma scooter em Tonga, tomando cerveja com nativos de Camarões, mergulhando em Punta Cana e usando roupas típicas ao lado de uma mulher iraniana que, segundo o norueguês, quis casar com ele (e que teve seu pedido negado). 

"Consegui visitar 193 países em menos de dez anos", conta Gunnar, cuja real paixão parece ser mesmo percorrer o máximo possível de nações no menor período de tempo. Recentemente, ele foi notícia mundial ao passar por 19 países da Europa em 24 horas.

Além de paisagens paradisíacas, Gunnar também enfrentou diversos perrengues, que são relatados em seu livro, como uma intoxicação alimentar torturante na Índia, uma deportação do Níger e um veículo atolado no meio da neve na Antártida.

Arquivo pessoal
Selfie nas paisagens montanhosas do Butão Imagem: Arquivo pessoal
Entre seus lugares preferidos, estão o enorme buraco de fogo do Turcomenistão conhecido como "Porta para o Inferno" e as paisagens montanhosas de seu próprio país, a Noruega.  

Em seu site, ele afirma que não é tão difícil realizar longas viagens pelo globo, citando as passagens aéreas de baixo custo da Europa e a economia que o viajante pode fazer com "couchsurfing". Mas não há como negar: para conhecer todos os países do mundo é preciso uma boa quantidade de dinheiro e um trabalho abençoado.

Mais informações sobre a viagem do norueguês: www.garfors.com

Arquivo pessoal
A "Porta Para o Inferno" é um dos lugares preferidos de Gunnar Imagem: Arquivo pessoal

Arquivo pessoal
O norueguês tira foto com guardas de fronteira entre o Irã e o Afeganistão Imagem: Arquivo pessoal

Arquivo pessoal
Gunnar também visitou Machu Picchu, no Peru Imagem: Arquivo pessoal

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo