Viagem

Conheça a aconchegante e segura Munique em 36 horas

Oliver Hartung/The New York Times
Munique é um ótimo destino para os amantes de cerveja, admiradores de história e fãs de música. Turistas aproveitam a vista da Marienplatz Imagem: Oliver Hartung/The New York Times

EVAN RAIL

New York Times Syndicate

23/07/2010 18h45

Munique é um ótimo destino para os amantes de cerveja, admiradores de história e fãs de música, mas ultimamente a capital da Baviera é reconhecida como um ótimo lugar para se viver. A revista “Monocle” a classificou como a melhor cidade para se viver no mundo em 2007, citando seus imóveis residenciais de alta qualidade, baixa criminalidade e “sentimento geral de aconchego”. Seu transporte público foi recentemente considerado o melhor da Europa por um importante clube do automóvel. E sua célebre cultura da cerveja é tão ubíqua que a Lufthansa acabou de instalar seu próprio beer garden no aeroporto de Munique.

 

Sexta-feira

16h - Morando em Westend
A recente qualidade de vida de Munique pode ser resumida em Schwanthalerhöhe, também conhecido como Westend, um bairro de uso diverso, com uma mistura atraente de estúdios de artistas, cafés e comunidades de imigrantes. Sinta o pulso da área examinando os títulos em inglês na Kunst & Textwerk (Ligsalzstrasse 13; 49-89-44-10-98 49; kutv.de), uma livraria e café com poltronas confortáveis e cadeiras para os leitores. Em seguida, pare nos ateliês de Stefanie Duckstein (Parkstrasse 7; 49-89-36-10-53-92; stefanie-duckstein.de), uma artista peculiar, e Beatrice Pedersen (Schwanthalerstrasse 131; 49-89-54-03-68-81; beatrice-pedersen.com), uma ceramista sueca que faz tigelas de porcelana ornamentadas à mão. E para uma pausa, o Marais (Parkstrasse 2; 49-89-50-09-45-52; cafe-marais.de) é um café e loja de antiguidades onde é possível comprar jarros de vidro (10 euros) enquanto você bebe seu café com leite.

19h30 - Placas teutônicas
Por mais de um século, o luxuoso Bayerischer Hof (Promenadeplatz 2-6; 49-89-21-20-993; bayerischerhof.de) é um dos melhores endereços da cidade. Em setembro passado, o restaurante Garden do hotel, um lugar para ver e ser visto, reabriu com uma nova decoração bacana - uma mistura de moderno, aberto e arejado que parece um cruzamento entre uma Apple Store e uma estufa. O cardápio também foi renovado, com cozinha mediterrânea e alemã refinada que olha para o sul em busca de inspiração. Pratos incluem um risoto de arroz preto com tomates-cereja cozidos e alho-poró, um farto ravióli de rabo de touro e um panna cotta confeitado. Jantar para dois, cerca de 170 euros, ou US$ 223, com o euro cotado a US$ 1,32.

22h - Espaço para dançar
Sim, o público pode ser jovem, mas as faixas de hard techno e trance tocadas no Neuraum (Arnulfstrasse 17; 49-89-59-98-96-40; neuraum.net), um novo clube de dança monstruoso, podem ser surpreendentemente bacanas e sofisticadas. Situado em um espaço tipo abrigo antibombas sob a principal rodoviária, o clube alega ter espaço para mais de duas mil pessoas, espalhadas por várias pistas e salas. A decoração é escura, esparsa e minimalista, deixando muito espaço para o público estudante entusiasmado dançar, beber e se conhecer.

  • Oliver Hartung/The New York Times

    O Deutsches Museum já era um dos maiores museus do mundo de ciência e tecnologia. E acrescentou uma ala, a Zentrum Neue Technologien, dedicada às pioneiras nano e biotecnologia

Sábado

10h - Ciência, nova e velha
O Deutsches Museum (Museumsinsel 1; 49-89-21-79-1; deutsches-museum.de) já era um dos maiores museus do mundo de ciência e tecnologia. Então, no ano passado, ele acrescentou uma ala, a Zentrum Neue Technologien, dedicada às pioneiras nano e biotecnologia. Aprenda com telas de toque e de demonstrações interativas, então divirta-se admirando os aviões Messerschmitts e bombas voadoras Fieseler na vasta sala de aviação ao lado.

12h30 - Restaurante rústico
Uma caminhada de poucos minutos do museu levará você a Glockenbachviertel, um bairro bom para famílias e gays, com tantas lojas e cafés que fazem facilmente você considerar uma estadia mais longa. Cheque os classificados de imóveis do “Suddeutsche Zeitung”, o jornal do sul da Alemanha, ao lado de famílias jovens, casais gays e estudantes no Maria Café (Klenzestrasse 97; 49-89-20-23-27-45), um restaurante rústico em uma das pontas da Klenzestrasse, a rua principal do bairro. Não há pressa, já que o cardápio do café da manhã é servido até às 18h, se somando ao cardápio regular de almoço e aos especiais diários, como a grande salada verde com um cheiroso porcino grelhado (5,90 euros) e o fettuccine e truta com um cremoso molho de endro (6,90 euros).

16h - Nova moda
Se você realmente precisar de lederhosen (as calças curtas com suspensórios), siga para as lojas para turistas no centro da cidade. Mas para moda moderna, passe no ateliê e showroom de Svenja Jander (Jahnstrasse 25; 49-89-13-01-26-48; svenjajander.com), cujas roupas sob medida incluem uma jaqueta drapeada feminina (680 euros), feita de uma mistura de cashmere e angorá. Virando a esquina, Antonetty Lederwerkstatt (Klenzestrasse 56; 49-89-26-91-29; antonetty.de) é especializada em artigos de couro, incluindo pequenas carteiras elegantes (90 a 160 euros) e bolsas (200 a 900 euros) que ganharam um status cult na cidade. Para artigos mais baratos, o elegante Fundgruber (Klenzestrasse 58; 49-89-13-01-10-69) é um brechó que vende uma seleção bem escolhida de vestidos, casacos de lã e ternos antigos.

19h - Picante e Weissbier
A reputação de Munique de cozinha sonsa e homogênea é desmentida pela proliferação de grandes restaurantes étnicos. Um exemplo: o novo e barato Kerala (Schumannstrasse 9; 49-89-41-20-05-48; kerala-restaurant.de), contendo pratos picantes do sul da Índia em um salão de jantar com tema dos trópicos e imagens de Ganesha. Quando as pimentas do bife Kerala (13,50 euros) começarem a arder, ou após uma mordida nos leves crepes masala dosa (6 euros), você poderá começar a se perguntar onde exatamente está. Um grande gole do chope Weissbier (3,15 euros) trará você de volta à realidade.

21h30 - Mais variedade
Tocando nas tradições do cabaré da era de Weimar e das formas anteriores de vaudeville do continente, um novo tipo de espetáculo de “variedades” mistura canção, dança, malabarismo, acrobacia, trapézio e comédia física, criando uma apresentação que frequentemente transcende a língua –e onde quase nenhuma palavra é falada. O GOP Varieté-Theater (Maximilianstrasse 47; 49-89-21-02-88-444; variete.de), com dois anos, tem dois grandes shows às sextas e sábados.

23h30 - Esquadrão do vício
Os drinques pós-apresentação no distrito do teatro são bem conhecidos, até demais. Para algo novo, experimente o lounge Vice (Kaufingerstrasse 9; 49-89-23-88-55-79-0; vice-muenchen.de) da moda, que abriu no ano passado em três andares da galeria comercial Kaufingertor, ao largo da central Marienplatz. Nos andares superiores, uma clientela de jovens sofisticados vai ao bar minimalista em busca de drinques clássicos (7,50 a 10,50 euros), antes de queimarem os excessos em uma das pistas de dança.

  • Oliver Hartung/The New York Times

    O transporte público de Munique foi recentemente considerado o melhor da Europa por um importante clube do automóvel

Domingo

10h - Mestres modernos
O Kunstareal, ou Distrito das Artes, possui uma história que remonta ao século 16, quando o duque Wilhelm 4º encomendou uma série de pinturas históricas para o palácio real. Quem traz a área aos tempos modernos é o Museum Brandhorst (Turkenstrasse 19; 49-89-23-80-52-286; museum-brandhorst.de), que abriu em maio passado com uma coleção de arte do século 20 e 21. Contando com um agradável café no piso térreo, este museu moderno e bacana exibe obras inovadoras de artistas como Andy Warhol, Cy Twombly e Damien Hirst.

12h - Floresta e jardim
Os guias turísticos adoram recomendar grandes parques como o Englischer Garten, mas para tranquilidade e introspecção, vá para Perlacher Forst, uma grande floresta no sudeste da cidade com trilhas para caminhada e ciclismo. Preste seus respeitos no cemitério Friedhof am Perlacher Forst (Stadelheimer Strasse 24), onde Sophie Scholl e outros membros do movimento de resistência antinazista Rosa Branca estão enterrados, antes de voltar a partilhar os tradicionais refrescos líquidos de Munique. Para uma cerveja memorável, experimente o minúsculo beer garden no Forschungsbrauerei (Unterhachinger Strasse 76; 49-89-67-01-169; forschungsbrauerei.de), uma ex-cervejaria de pesquisa que funciona como bar. Assim que você provar sua St. Jakobus Blonder Bock, uma cerveja lager forte, agridoce, você poderá estudar os classificados de imóveis de novo.

 

O básico


Voos que exigem conexão podem ser mais baratos do que os que vão direto para a cidade. É fácil circular em Munique em seu confiável sistema metroviário.

Muitos dos grandes hotéis da cidade têm mais de 100 anos. Para luxo mais recente, faça o check-in no Charles Hotel (Sophienstrasse 28; 49-89-54-45-550; thecharleshotel.com), parte da rede Rocco Forte, que abriu em 2007 em um prédio de pedra calcária de oito andares próximo da Kunstareal. O spa é frequentado por algumas das mulheres que lá almoçam. Uma recente pesquisa encontrou quartos duplos por 250 euros, ou US$ 328, com o euro cotado a US$ 1,32.

Menor e mais badalado é o Motel One (Landsbergerstrasse 79; 49-89-53-88-68-90; motel-one.com), parte de uma nova microrrede alemã que tenta combinar os conceitos de hotel cápsula e butique, compensando o tamanho menor com layout mais inteligente e design cheio de estilo. Quartos duplos na filial City West, próxima de Westend, a partir de 74 euros.

Tradutor: George El Khouri Andolfato

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo