Montanhas-russas que correm como um NASCAR e outras atrações de parques de diversão nos EUA

JANE MARGOLIES

New York Times Syndicate

  • Divulgação

    A África é o tema do Sesame Street Safari of Fun no Busch Gardens (na Flórida, EUA), em que todas as atrações ganham nomes dos personagens de Vila Sésamo

    A África é o tema do Sesame Street Safari of Fun no Busch Gardens (na Flórida, EUA), em que todas as atrações ganham nomes dos personagens de Vila Sésamo

O parque temático de Harry Potter pode estar chamando muita atenção atualmente, mas o setor de parques de diversão tem outros truques na manga neste ano. Por toda a América do Norte, parques de diversão novos ou com novos temas foram abertos e os brinquedos de destaque estão atraindo multidões. Independente de você ser atraído pelas duas montanhas-russas emocionantes que levam o nome da lenda das pistas da categoria Nascar, Dale Earnhardt, que era conhecido como o "Intimidator" (Intimidador), ou estar mais inclinado por uma montanha-russa júnior pilotada por Grover, da Vila Sésamo, você provavelmente encontrará algo entre estas novas atrações com velocidade compatível ao seu gosto.


Adventure Mountain, em Dollywood (Pigeon Forge, Tennessee)

Mais e mais parques de diversão estão apresentando atrações que testam fisicamente os visitantes, em vez de oferecerem simplesmente uma experiência passiva, segundo a Associação Internacional dos Parques de Diversão e Atrações, e este percurso desafiante em uma encosta, com oito mil metros quadrados e inaugurado em março, é um grande exemplo. Os visitantes prendem os cintos e percorrem trilhas de cordas, escalam redes, balançam em pontes suspensas e são atingidos por gêiseres. Uma estrutura de aço -projetada para parecer como prédios de madeira e pedra dos anos 30 pelo Corpo de Conservação Civil no vizinho Parque Nacional Great Smoky Mountains– apoia o percurso, que oferece vários níveis de dificuldade. Se contornar um beirada rochosa estreita em um penhasco a 7,5 metros de altura é demais para você, você pode prosseguir por um passadiço de tábuas estável, ou seguir pelo percurso mais baixo, para crianças de dois a seis anos, na base da encosta.

Ingresso incluso na entrada geral de US$ 55,90, US$ 44,70 para crianças de quatro a onze anos; dollywood.com


Intimidator, em Carowinds (Charlotte, Carolina do Norte)

Batizada com o apelido de Dale Earnhardt e projetada para evocar o carro Chevrolet Monte Carlo Nº3 do piloto, a Intimidator, que foi aberta ao público em março no Carowinds, oferece oito quedas e bastante "tempo no ar" (quando as pessoas se levantam de seus assentos). "Ela se baseia na ideia da velha montanha-russa de madeira", disse Lance Hart, editor da Screamscape.com, um guia online de parques temáticos, "sem loops, mas subindo e descendo o caminho todo". Construída pela empresa suíça Bollinger & Mabillard, a montanha-russa tem carros vermelhos, pretos e brancos com lateral aberta, barras de proteção, um pico de 70 metros e 1,6 quilômetro de extensão. Os carros descem a primeira queda de 64 metros em um ângulo de 74 graus e atingem velocidades de 128 km/h.

O ingresso está incluso na entrada geral de US$ 49,99; US$ 22,99 para aqueles com menos de 1m20 ou mais de 62 anos; carowinds.com


Intimidator 305, em Kings Dominion (Doswell, Virgínia)

A segunda menção a Dale Earnhardt neste verão americano é a Intimidator 305, da empresa suíça Intamin, que tem 93 metros de altura em seu pico e uma primeira queda de 91 metros. Essas medidas colocam o brinquedo na família das montanhas-russas ultra-altas conhecidas como "giga coasters". A primeira queda tem um ângulo de 85 graus, após a qual os passageiros dos carros pretos do trem, de lateral aberta e barras de colo vermelhas e cintos de segurança, correm a velocidades de até 148 km/h por um percurso de curvas e guinadas extremas. Se você é o tipo de entusiasta que gosta de altas velocidades e mudanças repentinas de direção, esta é para você.

O ingresso está incluso na entrada geral de US$ 46,99; US$ 33,99 para aqueles com menos de 1m20 de altura ou mais de 62 anos; Intimidator305.com


King Kong 360 3-D no Universal Studios Hollywood (Universal City, Califórnia)

Um incêndio em 2008 destruiu a atração King Kong original do Hollywood Studio Tour do estúdio Universal. Mas em 1º de julho, o macaco gigante estará de volta, desta vez em uma versão 3-D criada por Peter Jackson, o diretor do filme "King Kong" de 2005. Os visitantes nos carros usarão óculos 3-D e viajarão por um túnel até um palco de estúdio escuro. Duas telas curvas ligadas, cada uma com 57 metros de largura e 12 metros de altura, envolvem completamente os carros, colocando os visitantes no centro da ação projetada em telas que equivalem a 16 telas de salas de cinema. "É como uma tela IMAX à volta toda", disse Robert Niles, editor da ThemeParkInsider.com. A cena exibida é da Ilha da Caveira. Velociraptores parecem bater nos carros, dinossauros atacam e então lutam com Kong. Os carros balançam, simulando impacto, e o ar se desloca, como se as criaturas estivessem realmente passando ao lado. Atenção para a "baba" do dinossauro!

O ingresso está incluso na entrada geral de US$ 69; US$ 59 para aqueles com menos de 1m20 de altura; universalstudioshollywood.com.


Legoland Water Park (Carlsbad, Califórnia)

Muitos parques aquáticos são espaços amplos voltados aos adolescentes. Mas este parque de 22 mil metros quadrados, situado no extremo norte do parque de diversão Legoland California, um templo para os blocos de construção de plástico em cores primárias, a meia hora de San Diego, foi projetado expressamente para o público de dois a 12 anos. O parque aquático é centrado em uma torre de 14 metros da qual saem quatro tobogãs. Outra torre despeja 1.300 litros de água em uma piscina onde as crianças podem apontar canhões de água umas contra as outras. Mantendo o espírito interativo da Legoland, as crianças podem fixar tijolos Lego grandes, macios, aos tubos internos antes de flutuarem por um rio preguiçoso, ou virar o urso polar, elefante e jacaré duplo em grande escala para espirrar água a partir da boca dos animais.

Ingresso custa US$ 10, fora a entrada geral da Legoland California de US$ 67; US$ 57 para crianças de três a 12 anos e aposentados; legolandwaterpark.com.


Luna Park (Coney Island, Brooklyn)

O primeiro Luna Park em Coney Island – o lendário parque aberto em 1903 e que iluminava tanto a noite que gerou a expressão "iluminado como o Luna Park"– é amplamente considerado o precursor do parque de diversão moderno. Apesar do parque original ter sido destruído em um incêndio em 1944, um novo Luna Park foi recém construído em 12 mil metros quadrados de propriedade Nova York, onde antes ficava o Astroland, outro parque de diversão que fechou as portas. O novo parque tem 19 brinquedos criados pela empresa italiana Zamperla (apesar de apenas 15 estarem funcionando na inauguração, no fim de semana do feriado do Memorial Day – feriado em homenagem aos mortos em combate). Em Air Race, um simulador aéreo, os visitantes em caças podem voar em torno da torre central de controle a uma força de até 4G. A montanha-russa Tickler leva o nome de um dos brinquedos do Luna Park original.

Os visitantes utilizam o cartão de crédito para pagar pelos brinquedos, que custam entre US$ 3 a US$ 5 cada; uma pulseira de quatro horas para um número ilimitado de brinquedos custa US$ 26 nos dias úteis e US$ 30 nos fins de semana.


Sesame Street Safari of Fun no Busch Gardens (Tampa, Flórida)

Ênio usa um capacete e jaqueta de safári. Elmo traja um colarinho bordado, com contas. Juntamente com outros personagens da Vila Sésamo em trajes de tema africano, eles estão presentes nessa nova atração temática com 10 mil metros quadrados. Os brinquedos são os habituais de parques de diversão –montanha-russa, carrossel, brinquedos que giram e que caem na água– todos levando nomes de personagens do programa e adequados para as crianças menores.

O ingresso está incluso na entrada geral de US$ 74,95; crianças com idades de três a nove anos pagam US$ 64,95; mais imposto; buschgardenstampabay.com.


Wildebeest no Holiday World (Santa Claus, Indiana)

Este cruzamento de montanha-russa e barco que cai na água é a mais recente adição ao Holiday World, um pequeno parque de propriedade familiar no Vale do Rio Ohio, conhecido por suas três ótimas montanhas-russas de madeira. O novo brinquedo, construído pela ProSlide Technology do Canadá, emprega um motor de indução linear normalmente utilizado apenas em montanhas-russas. Em vez da montagem de esteira para subir o barco para o lançamento, a forma habitual como começa a maioria dos barcos que caem na água, os usuários do Wildebeest sobem em uma balsa estilo tobogã para quatro pessoas. Cada balsa tem uma placa de aço de 90 quilos que responde à atração magnética exercida pelos motores de indução linear sob a superfície. Após a subida para a primeira queda de 12 metros, o passeio prossegue em um percurso de cerca de 500 metros, com curvas e guinadas por dois túneis e mais sete subidas com a força magnética e quedas com a força da gravidade.

Ingresso incluso na entrada geral de US$ 41,95; US$ 31,95 para aqueles com menos de 1m37 ou com 60 anos ou mais; holidayworld.com.

Tradutor: George El Khouri Andolfato

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos