Moses Mabhida Stadium, em Durban, tem tour guiado

EDUARDO VESSONI

Colaboração para o UOL Viagem

  • Eduardo Vessoni/UOL

    É no gramado do Moses Mabhida Stadium, em Durban, que o Brasil enfrentará a seleção portuguesa, em 25 de junho, pela disputa de mais um título de campeão mundial de futebol

    É no gramado do Moses Mabhida Stadium, em Durban, que o Brasil enfrentará a seleção portuguesa, em 25 de junho, pela disputa de mais um título de campeão mundial de futebol

Na porta do estádio, um grupo de estrangeiros ansiosos espera para entrar; o ruído apressado de martelos e serras dá lugar aos gritos exaltados dos adolescentes que tocam vuvuzelas e posam para fotos diante daquele gigante de 70 mil lugares; camisetas da seleção sul-africana estão à venda e bonecos da mascote do maior evento esportivo do planeta anunciam que a cidade está pronta para receber os visitantes de todas as partes, no início de junho.

Faltam apenas dois dias para a abertura da primeira Copa do Mundo a ser realizada em território africano, mas o Moses Mabhida Stadium, na litorânea cidade de Durban, não conseguiu esperar e já está adiantando as emoções que devem rolar por ali nos dias de jogos.

Diariamente, o local oferece tours de 45 minutos pelas instalações internas do estádio com visitas às áreas VIPs, acesso ao gramado e vestuários, e aos setores mais elevados que oferecem vista panorâmica do centro financeiro da terceira maior cidade do país.

Uma explicação aqui, uma pergunta descompromissada ali, e o grupo vai em silêncio sob a orientação do guia. Mas quando o cenário diante dos olhos é o campo e seus milhares de assentos coloridos novinhos em folha, os visitantes parecem ser despertados da sonolência dos números e cifras que envolveram a construção do estádio e partem para uma sequência de fotos e comentários exaltados. Parecem até crianças ingressando em algum parque temático norte-americano.

Exaltados devem ficar também os brasileiros, não só os que cruzarão o oceano para ver de perto o agito do maior evento esportivo do planeta, mas os que ficarem em casa. O estádio, cuja construção custou R$ 620 milhões, receberá o Brasil no dia 25 de junho, em uma partida contra Portugal.

Construído especialmente para os jogos da Copa 2010, o estádio chama a atenção não só por sua imponência, mas por sua construção multifuncional que lhe permite aumentar sua capacidade de público de acordo com os eventos esportivos e culturais.

O estádio ganha vida não só em dias de disputadas partidas, mas durante todo o ano com os serviços turísticos oferecidos dentro do próprio local. Sua arquitetura inclui um arco suspenso que cruza toda a construção e que serve como um inusitado atrativo para os visitantes.

A perna norte é o ponto de partida do Skycar, uma cabina com capacidade para 20 passageiros que corre sobre uma escada de aço e os leva até o ponto mais alto do estádio, de onde se tem uma vista panorâmica de 360º de Durban.

Quem não se contentar, conta ainda com o lado sul da atração, cujos 550 degraus levam os aventureiros, devidamente equipados com instrumentos de segurança, ao mesmo ponto de chegada do elevador. É a oportunidade de fazer um emocionante rapel sobre um estádio esportivo.

E para uma obra de proporções gigantescas, nada como um nome que justifique tamanha construção. Moisés Mbheki Mncane Mabhida foi um dos líderes negros que estiveram envolvidos na luta contra o sistema racial que separou a África do Sul pela cor de pele, durante quase todo o século 20.

Membro do ANC, partido no qual Nelson Mandela também atuou como líder, Baba, como era conhecido entre os amigos, esteve à frente dos movimentos sindicais e sociais que levariam a África do Sul as suas primeiras eleições democráticas, em 1994.

Mabhida não chegou a ver seu sonho realizado, pois faleceu em Maputo, na capital moçambicana, em 1986. Mas o mundo já começa a testemunhar o que os gigantes do continente africano estão preparando para a torcida que deve desembarcar para assistir ao maior evento esportivo do planeta.

 

SERVIÇO

Moses Mabhida Stadium
Isaiah Ntshangase Road, 44
Tel: (27) (31) 582-8222.
www.mosesmabhidastadium.co.za

Tours
As visitas guiadas pelo estádio são oferecidas de terça a domingo das 9h às 16h15. Entrada paga.

Skycar
O elevador de acesso até o ponto mais alto do arco funciona de segunda a sexta e aos domingos das 9h às 18h; e sábado das 7h às 22h. As atrações podem ser suspensas, de acordo com a força dos ventos que chegam à região. Reservas pelo tel: (27) (31) 582-8242.

 

Onde ficar

Protea Hotel Umhlanga Ridge
Tel: (27) (31) 337-3681.
www.proteahotels.com

Endless Horizons Boutique Hotel
Tel: 0861 50 50 50 (ligações da África do Sul)
www.africanpridehotels.com

O jornalista EDUARDO VESSONI viajou a convite da Durban Tourism e do Protea Hotels.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos