Viagem

Estrelas, mísseis e comidinhas mexicanas em 36 horas em Tucson, no Arizona

RICHARD B. WOODWARD

New York Times Syndicate

04/04/2010 08h47

Tucson tem se esforçado para se livrar da reputação de salão de bronzeamento para aposentados e pessoas fugindo do inverno. Para complementar sua beleza natural - um parque nacional em seu meio e montanhas em todos os quatro lados - a cidade tem investido centenas de milhões de dólares em seu centro durante a última década. Em vez de adicionar ruas comerciais e edifícios, os prédios antigos estão sendo restaurados e transformados em cinemas e museus. E com uma comunidade latina com raízes profundas, marés de imigrantes mexicanos e estudantes da Universidade do Arizona que nunca partem após a formatura, a cidade agora possui um brilho jovem e multicultural.


  • Joshua Lott/The New York Times

    O Parque Nacional Saguaro abraça a cidade por dois lados e permite caminhar entre campos de cactos gigantes com múltiplos braços


Sexta-feira

16h - Cemitério de jatos
O clima seco de Tucson é bom para todo tipo de corpos de metal. A cidade é um terreno de caça para compradores de carros usados assim como lar de um dos maiores cemitérios de aviões do mundo. Uma amostra de cerca de quatro mil aeronaves civis e militares descartadas pode ser vista dirigindo ao longo da cerca na Kolb Road, ao lado da Base Davis-Monthan da Força Aérea. Para um olhar mais de perto, o Pima Air & Space Museum (6000 East Valencia Road; 520-574-0462; pimaair.org) oferece visitas com guias com altíssimo conhecimento, que podem expor todas as especificações do avião espião SR-71 "Blackbird".

18h - Vagão restaurante
A ferrovia Southern Pacific chegou a Tucson em 1880 e o apito dos trens de passageiros e de carga ainda pode ser ouvido dia e noite. Para um assento de primeira fila para os leviatãs de passagem, vá ao Maynard's Market and Kitchen (400 North Toole Avenue; 520-545-0577; www.maynardsmarkettucson.com). A menos de 15 metros dos trilhos, este ex-depósito escuro e simpático atraiu uma clientela refinada, que vem atrás da extensa carta de vinhos (da loja vizinha) e do cardápio com preços razoáveis. Fãs de carne apreciam a carne seca New York (US$ 27) e os vegetarianos gostam da pizza de cogumelo silvestre e alho assado (US$ 10). Mas igualmente convidativos são as vistas e os sons dos pratos e copos em movimento.

20h - Noites de Tucson
Tucson tem uma cena agitada de bandas nos fins de semana, e mais tranquila nos outros cinco dias. Nas noites quentes, o barulho da música sai pelas portas abertas dos bares e restaurantes ao longo da Congress Street. O centro da ação frequentemente é o histórico Rialto Theater (318 East Congress Street; 520-740-1000; www.rialtotheatre.com). Um espaço sem fins lucrativos vital para a renovação do centro, ele recebe atrações importantes, mas não tem agenda de estilo.



Sábado

9h - Papa-léguas
Quando o sol do verão não está brilhando, os tucsonianos saem de casa. Um dos principais destinos é o Parque Nacional Saguaro, que abraça a cidade por dois lados. Para caminhar entre campos de cactos gigantes com múltiplos braços, dirija na direção oeste por cerca de meia hora por uma estrada sinuosa. Procure por um estacionamento sem placa a uma centena de metros após o Museu do Arizona-Deserto de Sonora. Este é o início da Trilha King Canyon (www.saguaronationalpark.com/favorite-trails.html), criada pelo Corpo Civil de Conservação nos anos 30 e um percurso para uma caminhada matinal revigorante. Uma área de piquenique coberta fica a cerca de 1,5 quilômetro. Pessoas em boa forma física podem seguir por 4,1 quilômetros até o Pico Wasson, o ponto mais alto nas Montanhas Tucson.

12h - Mexicano moderno
Tucson tem seus restaurantes mexicanos em alta conta, talvez injustamente. Mas um lugar do qual podem se orgulhar é o Cafe Poca Cosa (110 East Pennington Street; 520-622-6400; www.cafepocacosatucson.com). Não se deixe desanimar por sua localização (em um feio prédio de escritórios) ou pela decoração (uma tentativa vã de importar certo estilo glamuroso de Los Angeles). A chef Suzana Davila atraiu atenção nacional por sua nova abordagem da cozinha mexicana, que enfatiza itens frescos e regionais. Experimente os três pratos de degustação diários (El Plato Poca Cosa) escolhidos pela chef. Ele geralmente contém um mole exótico e talvez um tamale vegetariano com molho picante de abacaxi. O almoço é uma relativa pechincha (cerca de US$ 15 por prato), mas o jantar é mais caro (cerca de US$ 26 por prato). É essencial fazer reserva para o jantar nos fins de semana.

13h30 - Exposição de fotos
Uma das coleções mais impressionantes de fotógrafos americanos do século 20 pode ser encontrada no Centro de Fotografia Criativa (1030 North Olive Road; www.creativephotography.org) em um prédio difícil de encontrar no campus da Universidade do Arizona. Contendo os arquivos de Ansel Adams, Edward Weston, Garry Winogrand, W. Eugene Smith e mais de 40 outros fotógrafos eminentes, ele também oferece um programa de exposição de primeira qualidade.


  • Joshua Lott/The New York Times

    O Observatório Nacional de Kitt Peak diz possuir mais telescópios ópticos de pesquisa do que em qualquer outro lugar no mundo


15h30 - Comprar e comprar
Compras ao estilo de Phoenix chegaram ao La Encantada, um shopping no contraforte das Santa Catalinas, com Tiffany e Louis Vuitton (Skyline Drive com Campbell Avenue; 520-615-2561; www.laencantadashoppingcenter.com). No centro, na Plaza Palomino (520-320-6344; www.plazapalominotucson.com), comerciantes locais como Enchanted Earthworks (www.enchantedearthworks.com) oferecem itens mais idiossincráticos como artesanato e joias elegantes.

17h - Olhos nos céus do deserto
As montanhas que cercam a cidade são um paraíso para observar estrelas. O Observatório Nacional de Kitt Peak (Reserva Tohono O'odham, 520-318-8726; www.noao.edu), a cerca de 90 minutos a sudoeste da cidade e a 2.100 metros acima do nível do mar, diz possuir mais telescópios ópticos de pesquisa do que em qualquer outro lugar no mundo. Além de servir aos astrônomos profissionais, ele também oferece opções generosas para os amadores. Uma delas, o Programa de Observação Noturna (US$ 48 por pessoa), começa uma hora antes do pôr-do-sol e dura quatro horas com um especialista, que ensinará como usar os mapas de estrelas, a identificar constelações e permitirá que você espie por um dos instrumentos gigantes. (O jantar é um sanduíche; não se esqueça de vestir roupas quentes.) É recomendado fazer reserva com um mês de antecedência, mas você pode ter sorte e encontrar uma vaga na hora.

23h - Mais cosmo
Para a saideira, vá ao Club Congress (311 East Congress Street; 520-622-8848; www.hotelcongress.com/club), um bar ruidoso no térreo do Hotel Congress, com cinco áreas de bar que oferecem drinques com grande desconto após as 22h (US$ 3 por doses de Jack Daniels). Bandas ao vivo frequentemente fazem o público dançante vazar para o lobby do hotel. Encerre a noite no Plush (340 East 6th Street; 520-798-1298; www.plushtucson.com), onde as atrações são de menor qualidade, mas os drinques são quase tão baratos e igualmente fortes.



Domingo

9h - Madrugando
O Epic Cafe (745 North Fourth Avenue; 520-624-6844; www.epic-cafe.com) é um ponto de happenings quase a qualquer hora. Este centro do bairro na esquina da University Boulevard fica aberto das 6h à meia-noite e serve um cardápio eclético de sanduíches, doces e bebidas para uma clientela de intelectuais com laptops e donos de cachorros que lotam as mesas na calçada. Peça um copo do excelente café (US$ 1,84) e um cookie de sementes vegetariano (US$ 2,50). Se tiver gosto de comida de passarinho, é porque é.

10h - Míssil americano
Para um lembrete assustador, porém educativo, da guerra fria, dirija cerca de 30 minutos para o sul do centro pela Interestadual 19 até o Museu do Míssil Titan (1580 West Duval Mine Road, Sahuarita; 520-625-7736; www.titanmissilemuseum.org; aconselhável fazer reserva). O silo nuclear abrigava um único míssil balístico intercontinental equipado com uma ogiva 700 vezes mais poderosa que a bomba de Hiroshima. Dos 54 construídos nos anos 60, ele é o único silo que não foi coberto ou demolido. A visita ao museu dura uma hora. Grande parte dele é subterrâneo, atrás de paredes de 2,5 metros de espessura, e termina com um vislumbre da arma de 31 metros, com sua ogiva removida.


  • Joshua Lott/The New York Times

    Para um lembrete assustador, porém educativo, da guerra fria, conheça o Museu do Míssil Titan


O básico


O Ritz Carlton, Dove Mountain (15000 North Secret Springs Drive; 520-572-3000; www.ritzcarlton.com/dovemountain) foi inaugurado neste mês com um campo de golfe de 27 buracos projetado por Jack Nicklaus, um spa luxuoso e 253 quartos a partir de US$ 299.

O Arizona Inn (2200 East Elm Street; 800-933-1093; www.arizonainn.com) é o avô dos hotéis de luxo de Tucson e ainda é de propriedade familiar. Os quartos-padrão espaçosos custam a partir de US$ 259.

Viajantes com pouco dinheiro deverão ficar mais que felizes com o Best Western Royal Sun Inn & Suites (1015 North Stone Avenue; 520-622-8871; www.bwroyalsun.com). Conveniente para o centro e para as montanhas, o hotel oferece Wi-Fi gratuito, uma pequena piscina e diárias a partir de US$ 110.

Tradução: George El Khouri Andolfato

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo