CVC quer dobrar número de passageiros e anuncia pacote de investimentos para 2010

Da Redação

Na abertura do 16º Workshop CVC nesta quarta-feira (3), a operadora de viagens CVC anunciou um pacote de investimentos e novas medidas que visam dobrar suas vendas nos próximos cinco anos. Até o final de 2010, a empresa pretende embarcar 2,5 milhões de passageiros em viagens nacionais e internacionais, o que provocaria um aumento de 25% em comparação com o mesmo número registrado em 2009.

O evento reúne entre hoje e amanhã 658 expositores que representam hotéis, companhias aéreas, receptivos e órgãos oficiais de turismo de 70 localidades nacionais e internacionais. Com expectativa de receber 12 mil agentes de viagens, o evento é considerado o maior do setor privado na área turística do Brasil.

Na ocasião, a CVC afirmou que deseja que a população brasileira inclua o produto "viagem" dentre os seus itens de consumo. Segundo o presidente executivo da operadora, Valter Patriani, a ampliação da classe média com 50 milhões de novos consumidores em potencial vai favorecer também o crescimento da empresa.

Esta nova realidade permite que o objetivo principal da CVC se concretize. A empresa almeja dobrar suas vendas nos próximos cinco anos e atingir, em 2014, a marca de 30 milhões de passageiros transportados ao longo de seus 38 anos de história.

Novidades e estratégias

Para alcançar este resultado, uma série de medidas que trarão facilidades no pagamento, maior variedade de produtos e benefícios aos clientes foi anunciada no workshop nesta quarta-feira (3). A empresa vai incrementar em 20% o número de viagens aéreas, terrestres e marítimas para destinos brasileiros e internacionais. Os investimentos estão concentrados nas ampliações das operações de voos charters e regulares, de seu portifólio de produtos e de sua frota de transatlânticos para a temporada 2010/2011.

Uma das estratégias da CVC para sair à frente no mercado foi antecipar aos agentes de viagem e participantes do evento os programas de viagens até a alta temporada de 2011, divulgando tarifários com mais de 700 roteiros pelo Brasil e pelo mundo, incluindo lançamentos e tendências em pacotes turísticos para os próximos dois anos.

"(Antecipar os lançamentos) favorece o vendedor, que pode programar suas vendas, e favorece os consumidores, que estão cada vez mais incorporando o hábito de agendar a viagem com antecedência, para programar o pagamento mensalmente e quitar a viagem antes do embarque", explica Roberto Vertemati, gerente geral de vendas da operadora CVC.

Da programação nacional da operadora, serão antecipados os roteiros aéreos até fevereiro de 2011. Interior de São Paulo e cidades como Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Brasília terão suas operações de fretamentos estendidas por toda a baixa temporada. O nordeste, região que lidera a preferência dos brasileiros, vai ganhar novos roteiros conjugados com outras regiões do país.

Entre os destinos internacionais, Bariloche (Argentina) e Flórida (EUA) são os destaques da temporada de julho de 2010. Serão divulgados também tarifários com saídas até dezembro deste ano para a Europa e Caribe. Com o programa "Road Show 2010 CVC e Rússia", a empresa inaugura roteiros em países mais exóticos, como Leste com Rússia e Escandinávia com Rússia.

Os cruzeiros não devem sair do foco do setor turístico este ano, já que a CVC anunciará a ampliação da frota de transatlânticos na temporada de 2010/2011 e preços 20% mais em conta em relação aos que vigoram atualmente. O programa "Mundo para Brasileiros", que proporciona uma volta ao mundo com guias turísticos e rotas exclusivas, também será incrementado com mais nove roteiros, totalizando 36 opções de viagens neste formato.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos