Viagem

Lipscani, distrito de Bucareste, se pavoneia de novo

LIONEL BEEHNER

New York Times Syndicate *

29/11/2009 08h25

Em Lipscani, um distrito rude no centro de Bucareste, Romênia, que remonta a Idade Média, as ruas já viram dias melhores. Um projeto de reparo dos encanamentos subterrâneos e restauração das ruas de paralelepípedos está em andamento, dando ao bairro a sensação de uma escavação arqueológica. Lixo frequentemente enche as calçadas.

Mas apesar do lixo e das ruas em obras, esta área de Bucareste está voltando a ser o principal centro de artes, cultura e vida noturna da capital.
  • Cristian Movila/The New York Times

    A Caru' cu Bere é uma cervejaria neogótica belamente restaurada, com janelas com vitrais, serviço estilo soviético e dançarinas


As tentativas mal feitas da prefeitura de transformar o bairro estão evidentes em toda parte. Um emaranhado de passarelas de pedestres foi construído às pressas para circulação pelos becos estreitos esburacados. Cachorros de rua e crianças em roupas esfarrapadas foram substituídos por compradores de antiguidades e tipos artísticos calçando tênis All Star Converse. Fachadas neobarrocas, cobertas de grafite e pichações e repletas de pontos vermelhos (tradução: não são à prova de terremoto), estão dando lugar a galerias de arte cheias de estilo e teatros subterrâneos.

E Lipscani estourou com novos bares: uma semana de maio contou com a inauguração de pelo menos meia dúzia de novos bares e cafés em um raio de duas quadras. O clima relaxado da vida noturna do bairro é uma alternativa às boates caras e pretensiosas em outras partes de Bucareste.

"Os romenos estão voltando do exterior com mentalidade mais aberta, abrindo novas casas noturnas, novos estúdios de arte", disse Burduj Radu, o proprietário de 24 anos e que usa boina do Cool Cat (Strada Gabroveni 13; 40-74-283-7808). Seu bar alegre, repleto de pufes colorido, foi um dos primeiros da nova leva de bares da área quando abriu em 2005.

Emi Spataru, um entusiasta de motocicletas usando bandana e com costeletas cheias, abriu o Jaya Cafe (Strada Smardan 22; 40-21-310-7630) com quatro amigos no primeiro semestre. "Esse sempre foi nosso sonho", ele disse.

Outros pontos abertos recentemente incluem o Bruno (Strada Covaci 3; 40-21-317-1741), onde os visitantes bebem vinho em um terraço relaxante; o Interbelic (Strada Selari 1; 40-72-210-0193), um bar popular em uma travessa, que tem um clima retrô e funcionários amistosos; e o El Grande Comandante (Strada Stavropoleos 8; 40-728-55-5043; www.elcomandante.ro), em um porão semelhante ao CBGB e que parece um templo dedicado a Che Guevara.

"Eu amo a música e arte daqui", disse Ana Costa, uma coreógrafa de 25 anos que mora na área. "Há uma vibração muito boa. Quase parece Berlim Oriental."

Outras partes do distrito, entretanto, mantêm um clima agradavelmente gótico. O pátio do Hanul cu Tei, ou Linden Tree Inn (Strada Lipscani 63-65; www.hanulcutei.ro), que data do início do século 19, abriga várias lojas e galerias de arte badaladas.

Outro local favorito com um ar mais antigo é a Caru' cu Bere (Strada Stavropoleos 5; 40-21-313-7560; www.carucubere.ro), uma cervejaria neogótica belamente restaurada, com janelas com vitrais, serviço estilo soviético, assim como dançarinas de salão fazendo piruetas e que oferecem aos clientes uma dança (frequentemente desajeitada). Prove um prato de perna de porco e repolho cozido (59 leus novos, cerca de US$ 20, com o dólar cotado a 2,98 leus novos), acompanhado da cerveja produzida pela casa (6,20 leus).

Se lá estiver muito lotado, uma boa alternativa é o Crama Domneasca (Strada Selari 13-15; 40-72-632-2004; www.cramadomneasca.com), que serve pratos tradicionais -costelas sem osso, carne de carneiro- e tem uma adega de vinhos impressionante.

Tradução: George El Khouri Andolfato

* Texto publicado originalmente em setembro de 2009

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo