Saiba o que fazer em 36 horas na charmosa e cheia de cultura Cincinnati

KASSIE BRACKEN

New York Times Syndicate

Com um impulso discreto de uma obra em progresso, Cincinnati está encontrando um orgulho artístico, temperado com uma combinação casual de charme do Sul e Meio-Oeste. O centro da cidade, por décadas rico em espaços culturais e para apresentações artísticas, agora oferece a reformada área da Fountain Square e um reluzente novo estádio de beisebol com vistas para o Rio Ohio.

Os esforços para transcender os estragos causados pelos vários dias de distúrbios raciais em 2001, que quase dizimaram o distrito Over-the-Rhine da cidade, estão progredindo lentamente. As transformações estão ocorrendo nas áreas ao redor -assim como na outra margem do rio, nas cidades vizinhas de Newport e Covington do Estado de Kentucky- com seus espaços bacanas para música, centros de comércio elegantes e ótimas opções culinárias.

  • Kassie Bracken/The New York Times

    O Spring Grove Cemetery and Arboretum não é um lugar típico de descanso final


Sexta-feira

16h - Tranquilidade e eternidade
Um cemitério pode não ser o local mais óbvio por onde iniciar uma viagem, mas o Spring Grove Cemetery and Arboretum (4521 Spring Grove Avenue; 513-681-7526; (www.springgrove.org/sg/arboretum/arboretum.shtm) não é um lugar típico de descanso final. O arboreto, projetado em 1845 como local para experimentos botânicos, conta com 1.200 espécies de plantas cuidadosamente arranjadas em torno dos mausoléus e lagos tranquilos. Monumentos com inspiração romana e grega exibem os nomes de muitas das mais proeminentes famílias de Cincinnati -incluindo Procter, Gamble e Kroger. A entrada e estacionamento são gratuitos e a administração fornece guias impressos e informações sobre a coleção de plantas.

18h - Por onde andam os descolados
O distrito de Northside se transformou recentemente em um destino casualmente badalado para compras e vida noturna, particularmente ao longo da Hamilton Avenue. Discos de vinil ocupam um grande espaço na Shake It Records (4156 Hamilton Avenue; 513-591-0123; www.shakeitrecords.com), uma loja de discos especializada em selos independentes; se você não encontrar um título entre os 40 mil que oferecem, os proprietários irão atrás dele para você. Para comer, os moradores locais preferem o Melt (4165 Hamilton Avenue; 513-681-6358; www.meltnorthside.com), um restaurante não convencional tanto para vegetarianos quanto para carnívoros. Peça o sanduíche Joan of Arc (US$ 8,45), com queijo faixa azul e cebolas caramelizadas sobre rosbife, ou o repleto de homus Helen of Troy (US$ 6,95) e vá para o jardim.

21h - Bandas locais, cerveja local
Passeie ao lado para encontrar jovens na faixa dos 20 anos em jeans apertados se misturando com trintões de sandálias de tira na Northside Tavern (4163 Hamilton Avenue; 513-542-3603; www.northside-tavern.com), o melhor endereço da área para música ao vivo. Beba um quartilho da cerveja Christian Moerlein de Cincinnati (US$ 3,50) e escute artistas de jazz, blues e rock acústico no intimista bar da frente, ou vá para o salão dos fundos, onde as melhores bandas locais se apresentam no palco maior. Relaxe com uma clientela repleta de músicos e artistas no Comet (4579 Hamilton Avenue; 513-541-8900; www.cometbar.com), um bar com ambiente de filme noir e uma seleção impossivelmente bacana na sua jukebox, além de burritos de primeira (US$ 5) para atender a quaisquer desejos de fim de noite.


Sábado

9h30 - A aeróbica arabesca
As leitoas de fibra de vidro em saia tutu que recebem você do lado de fora do Cincinnati Ballet (1555 Central Parkway; 513-621-5219; www.cincinnatiballet.com) podem indicar o contrário, mas não se engane: o programa da Divisão Adulta Aberta do Ballet é um ótimo lugar para emagrecer. Comece seu sábado com uma aula de balé para iniciantes (90 minutos, US$ 14), enquanto um membro da companhia ensina os movimentos básicos aos novatos. Dançarinos mais experientes podem tentar a aula de uma hora Ritmo e Movimento, que combina dança hip-hop, moderna e africana. Os frequentadores regulares conhecem os movimentos, então escolha um lugar no fundo e prepare-se para suar.


  • Kassie Bracken/The New York Times

    Ponte suspensa de Cincinnati foi inaugurada quase duas décadas antes da Ponte do Brooklyn


11h30 - Uma ponte para o brunch
Se a Ponte Suspensa de John Roebling parece familiar, você pode estar pensando em seu projeto mais famoso em Nova York (a versão de Cincinnati foi inaugurada em 1867, quase duas décadas antes da Ponte do Brooklyn). O trecho bom para pedestres, que atravessa o Rio Ohio, oferece vistas excelentes da silhueta da cidade. Atravesse para Covington, Kentucky, e caminhe cerca de dois quarteirões até o Greenup Cafe (308 Greenup Street; 859-261-3663; greenupcafe.com), um endereço caseiro que oferece um farto brunch em salas de estar vibrantes. Pratos tradicionais como ovos Benedict (US$ 9,75) e quiche Lorraine (US$ 8,75) são muito bem preparados; experimente a goetta (US$ 3), uma mistura de carne de porco moída e aveia que os imigrantes alemães trouxeram para Cincinnati.

14h - Traçando um legado
O National Underground Railroad Freedom Center (50 East Freedom Way; 513-333-7500; www.freedomcenter.org; ingresso para adultos, US$ 9 até o final do verão americano) é um testamento dinâmico do lugar de Cincinnati no movimento da abolição à escravatura. Apresentações multimídia, exposições de arte e cronologias interativas traçam a história do comércio global de escravos assim como o tráfico de seres humanos do século 21. Reserve um tempo para o centro genealógico, onde voluntários auxiliam as pessoas em buscas detalhadas por seus antepassados.

  • Kassie Bracken/The New York Times

    O National Underground Railroad Freedom Center é um testamento dinâmico do lugar de Cincinnati no movimento da abolição à escravatura


16h - Revisitando o vício de Newport
Por décadas, os moradores de Cincinnati zombavam de seus vizinhos do Kentucky, mas isso vem mudando nos últimos anos com a revitalização da margem do rio em Newport e do distrito residencial histórico. Mas ainda restam relíquias do passado repleto de vício da cidade. Para uma amostra, vá até a Sin City (822-824 Monmouth Street; 859-291-8486; www.sincityantiques.com), uma loja de antiguidades que possui fotos granuladas em preto-e-branco de batidas policiais que datam do auge de Newport como a "outra Las Vegas". Lá, 27 vendedores vendem itens colecionáveis da era vitoriana até meados do século 20. York St Cafe (738 York Street, entrada pela Eighth Street; 859-261-9675; www.yorkstonline.com), um boticário dos anos 1880, foi transformado em um espaço de três andares de restaurante, música e arte, onde as prateleiras de madeira estão repletas de memorabilia kitsch. Os pratos de bistrô incluem a Tábua Mediterrânea (uma série de aperitivos que podem ser repartidos; US$ 18) e um delicado halibute fresco com espinafre e alcachofra (US$ 23). Deixe espaço para as excelentes sobremesas caseiras, incluindo o bolo de leitelho e morango (US$ 5).

19h - De um palco para outro
O Cincinnati Playhouse in the Park (962 Mount Adams Circle; 513-421-3888; www.cincyplay.com), que ganhou um Prêmio Tony (o Oscar do teatro) em 2004 como melhor teatro regional e que comemora seu 50º aniversário na próxima temporada, oferece vistas esplêndidas de Mount Adams e uma sólida experiência teatral. Uma opção menos conhecida, mas igualmente envolvente, pode ser encontrada na Faculdade-Conservatório de Música da Universidade de Cincinnati (Corry Boulevard; 513-556-4183; www.ccm.uc.edu). Estudantes que sonham em se apresentar no Lincoln Center apresentam produções em plena escala de "Bat Boy" e de "O Barbeiro de Sevilha". Apesar de os ingressos para o palco principal custarem de US$ 26 a US$ 28, as apresentações no estúdio são gratuitas; cheque o calendário online para locais e horários.

22h - Felicidade na pista de dança
Volte à Third Street de Newport e seus bares e clubes -dentre os quais o melhor, a Southgate House, fica em uma mansão vitoriana de 1814 que lembra uma fraternidade assombrada (24 East Third Street, Newport; 859-431-2201; www.southgatehouse.com). Ele recebe atrações locais e nacionais de tudo, de bluegrass a death metal. Em uma típica noite de sábado, fãs de música de todas as idades e sensibilidades circulam por três espaços: uma sala de estar intimista, um lounge relaxante e uma pista de dança com capacidade para 600. Não há cobrança de couvert para os shows no lounge; os ingressos para os shows na sala de estar e na pista de dança geralmente custam de US$ 5 a US$ 25.


Domingo

9h - Renascimento do bairro
Como epicentro da sociedade imigrante alemã do século 19, o bairro conhecido como Over-the-Rhine já foi repleto de cervejarias, teatros e salões sociais. Apesar de a área ter caído em decadência e partes permanecerem um tanto abandonadas, um esforço de revitalização de US$ 80 milhões lentamente trouxe os visitantes de volta. Caminhe pela Main Street, entre as ruas 12th e 15th, para visitar as galerias locais e o Iris BookCafe (1331 Main Street; 513-381-2665), uma serena loja de livros raros com um jardim de esculturas ao ar livre. A poucas quadras de distância, a Vine Street, entre a Central Parkway e 13th Street, oferece novas butiques como a MiCA 12/v (1201 Vine Street; 513-421-3500; www.shopmica.com), especializada em designers contemporâneos como Jonathan Adler e Kenneth Wingard.

13h - Designs para levar para casa
Antes de voltar para casa, encontre itens de decoração inspirados na HighStreet (1401 Reading Road; 513-723-1901; www.highstreetcincinnati.com), uma loja de design espaçosa e elegante. Os proprietários compuseram cuidadosamente uma mistura cosmopolita de tecidos, roupas e jóias de estilistas e designers de Nova York e Londres, assim como artistas locais, expostos em um espaço criativamente elaborado. Uma xícara gratuita de chá recém preparado torna tudo mais convidativo.


O básico

O centro de Cincinnati fica a uma distância de carro de 25 minutos do Aeroporto Internacional de Cincinnati-Norte de Kentucky. É recomendado alugar um carro; há vagas de estacionamento disponíveis nas ruas e em várias garagens.

O Hilton Cincinnati Netherland Plaza (35 West Fifth Street; 513-421-9100; www.hilton.com), um marco histórico nacional, fica no Art Deco Carew Tower. Ele conta com 561 quartos reformados; a diária padrão para um quarto duplo custa a partir de US$ 129.

O Westin Cincinnati (21 East Fifth Street; 513-621-7700; www.starwoodhotels.com) fica bem na região central; muitos quartos oferecem vista da recém-restaurada Fountain Square; diárias a partir de US$ 129.

Tradução: George El Khouri Andolfato

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos