Viagem

Passeio nas piscinas naturais de Maragogi (AL) revela a beleza e diversidade dos recifes

DÉBORA COSTA E SILVA *

UOL Viagem

Águas esverdeadas, quase transparentes, recifes coloridos, diversidade de espécies de peixes e a sensação de paz que um mergulho pode proporcionar justificam a fama de "Caribe brasileiro" que a cidade alagoana de Maragogi conquistou. A 130 km de Maceió, o município tem no turismo sua mais importante atividade econômica, enquanto o contato com a natureza local serve como o chamariz de visitantes. O passeio às galés - nome local dado às piscinas rasas em alto mar, em meio às barreiras de corais - é uma das atrações mais cobiçadas.
  • Débora Costa e Silva/UOL

    Distantes seis quilômetros da praia central da cidade, as galés integram a Costa dos Corais, considerada uma Área de Preservação Ambiental (APA), que ocupa 135 km da costa brasileira

No entanto, o próprio desenvolvimento turístico da cidade resultou num descuido desse ecossistema ao longo dos anos, pois não havia uma preocupação em preservar o meio ambiente por parte das empresas envolvidas com o turismo e dos órgãos governamentais. Mas graças às de leis de preservação (conheça algumas dicas ambientais no quadro abaixo), que restringem o número de pessoas e embarcações que podem visitar as piscinas naturais, por exemplo, o cenário é bem mais animador.

"No verão, era comum ter duas mil pessoas por dia visitando as Galés. Hoje, só são permitidos dez catamarãs com 60 pessoas em cada um deles por dia. Com essa redução, espécies de peixes e organismos que há anos não apareciam por aqui, voltaram ser vistos na área", conta o biólogo marinho Guilherme Freitas, que atua em prol do meio ambiente orientando uma equipe de mergulhadores e funcionários de um hotel. "Conscientização leva a ação e faz as pessoas propagarem o conhecimento", defende.

DICAS ECOLÓGICAS PARA O PASSEIO

Alimentar peixes com sobras e outros alimentos humanos prejudica a saúde dos animais
Evite o uso excessivo de filtro solar, óleos e cremes, que prejudicam os animais marinhos
Mantenha os equipamentos de mergulho próximos ao seu corpo para que eles não destruam os corais
Não pise nem toque nos corais. Além de correr o risco de se machucar, você pode machucá-los também, pois são muito frágeis
Jogue o lixo em local apropriado ou leve-o de volta para a embarcação. Isso pode prejudicar a fauna e flora marinha
Evite o uso de nadadeiras, pois, se movimentadas bruscamente, podem machucar os corais
Não destrua o meio ambiente recifal coletando corais ou mesmo praticando a pesca. Leve do passeio apenas memórias e fotografias
Não compre ou comercialize artesanato produzido com corais. Além de estimular a depredação dos recifes, a prática é proibida por lei
Passeio

Distantes seis quilômetros da praia central da cidade, as galés integram a Costa dos Corais, considerada uma Área de Preservação Ambiental (APA), que ocupa 135 km da costa brasileira. Nas piscinas de Maragogi, o turista entra em contato com os recifes, que são as rochas que abrigam organismos com esqueleto calcário (corais).

Dependendo da época que o turista for, ele vai se deparar com uma paisagem diferente, por causa da variação das marés. Se o passeio acontecer em um dia de maré mínima (entre 0,1 m e 0,2 m de altura), ele vai poder observar os recifes de corais expostos com a água transparente na altura dos joelhos. Em época de maré alta (entre 0,4 m e 0,7 m), a correnteza é mais intensa e fica mais difícil se movimentar entre os corais.

Os turistas seguem em catamarãs ou lanchas em direção às galés e chegando lá, equipes de mergulho dão aulas e acompanham quem tiver interesse na prática e quer apreciar de perto a paisagem composta de peixinhos escondidos em grutas, anêmonas, corais-cérebro e algas multicoloridas. Fotógrafos-mergulhadores podem registrar as aventuras aquáticas e gravar as imagens em CDs - ambos os serviços são pagos à parte.

SERVIÇO

Veja algumas das empresas que promovem o passeio:

Hotel Salinas do Maragogi
Tel: (82) 3296-3030
www.salinas.com.br

Tropicana Turismo
Tel: (82) 3296-1555
www.tropicanaturismo.com.br

Pousada Portal do Maragogi
Tel: (82) 3296-2045
www.portaldomaragogi.com.br

Frutos do Mar
Tel: (82) 3296-1403

Costa Azul Turismo
Tel: (82) 3296-2125
www.costazulturismo.com.br

* A jornalista Débora Costa e Silva viajou à convite do Hotel Salinas do Maragogi

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo