Cerveja Guinness comemora 250 anos com shows e brindes pelo mundo

Da Redação

  • AFP PHOTO/Leon Neal/FILES

    A cerveja Guinness é considerada não-oficialmente a bebida nacional da Irlanda

Há 250 anos, Arthur Guinness assinava um contrato que marcou a história de Dublin, na Irlanda, e posteriormente, a de milhares de boêmios de todo o mundo: o termo de uso da fábrica Saint Jame's Gate, que garantia o uso da cervejaria por nove mil anos, contando que pagasse £45 libras de aluguel por ano. O resultado do acordo foi a criação da cerveja Guiness, um dos símbolos da Irlanda - sua fábrica é um dos pontos turísticos mais visitados no país.

Para comemorar o que se convencionou chamar de Arthur's Day, diversos eventos acontecem a partir desta quinta-feira (24) pelo mundo. Em Dublin, às 17h59 (horário local) foi feito um brinde em homenagem a Arthur e uma cerimônia de abertura para os shows das cantoras Kelly Rowland e Natalie Imbruglia que, ao lado de outros 60 artistas, se apresentam em palcos improvisados pela cidade.

O brinde também será realizado em Nova York, Lagos (Nigéria) e Kuala Lumpur (Malásia), cidades que também promovem eventos comemorativos no Arthur's Day, com Sean Paul e Black Eyed Peas entre as atrações.

A Guinness & Co. aproveitou o Arthur's Day para criar um fundo filantrópico de seis milhões de euros, que está ativo a partir de setembro de 2009. O objetivo da empresa é proporcionar incentivos e benefícios à comunidades irlandesas.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos