Viagem

Roma reserva surpresas e oferece atrações para turistas mirins

ANELISE SANCHEZ

Colaboração para o UOL Viagem

20/07/2009 18h55

Quantos casais renunciaram ao sonho de conhecer algumas das mais belas capitais europeias, ao imaginar que uma viagem ao exterior fosse inconciliável com as exigências de uma criança pequena? Sem dúvida, inúmeros, mas basta um pouco de organização e as dicas certas para descobrir que cidades milenárias como Roma também reservam uma infinidade de atrações para turistas mirins.
  • Divulgação

    As potencialidades das crianças são o foco das atrações do Museu Explora, que através de jogos estimulam a inteligência e a curiosidade dos pequenos

Na Cidade Eterna, o divertimento para crianças é garantido seja em lugares abertos, como parques, ou em locais fechados como museus. Quase todos os domingos, por exemplo, a prefeitura interdita as ruas centrais de Roma ao tráfego e um dos passeios prediletos das famílias romanas consiste em caminhar ao longo da Via dei Fori Imperiali, aquela que une o Coliseu à Praça Veneza. O local se transforma em um museu a céu aberto repleto de artistas, músicos, pintores e estátuas vivas.

Ainda no centro histórico, bem próximo à Piazza del Popolo (metrô Flaminio), outra boa opção para entreter crianças curiosas é o Explora, um museu totalmente dedicado aos exploradores mirins. Trata-se de um espaço que reproduz uma pequena cidade. Cada ambiente foi desenvolvido para que as crianças possam experimentar emoções idênticas aquela de fazer compras em um supermercado, sacar dinheiro de um banco, dirigir um carro de bombeiros, apresentar um telejornal ou enviar uma carta em uma agência dos correios. Além disso, na seção chamada "Io" (Eu), as crianças podem descobrir pessoalmente como é entrar dentro de uma boca gigante ou da barriga da mamãe, vivenciando uma sensação única. O preço do ingresso é de 7 euros para crianças de 3 a 12 anos e de 6 euros para aquelas com idade superior a 12 anos.

Amigos de quatro patas

Para os pequenos que amam os animais, Roma não decepciona. A capital abriga, entre outras atrações, uma grande colônia felina a céu aberto. Na área sacra e arqueológica da Torre Argentina, local onde Júlio Cesar foi assassinado em 44 a.C., convivem centenas de gatos. Desde a década de 90, os animais são monitorados pelos voluntários de uma associação local e a colônia felina é considerada patrimônio biocultural da cidade.

Outro lugar de interesse é o Bioparco, zoológico situado no centro do Parque Villa Borghese. Fundada em 1911, a estrutura reúne mais de 1.000 animais de 200 espécies distintas. Além disso, possui uma área reservada para quem pretende organizar um pequeno piquenique e um roteiro especial para pessoas com deficiência visual. O local permanece aberto diariamente, das 9h30 às 17h, e o preço do ingresso é de 10 euros para adultos e de 8 euros para crianças.

Para quem ama golfinhos, focas e tubarões, um lugar imperdível é o Zoomarine, localizado em Tor Vaianica, litoral romano. O parque oceanográfico é repleto de entretenimento. A cada hora os visitantes podem assistir a um dos espetáculos e exibições programados. Não há quem não se emocione diante das acrobacias de golfinhos, dos beijos dados pelas focas em seus treinadores ou dos mergulhos altíssimos realizados por piratas.

Com o mesmo ingresso, é possível usufruir de um parque de diversões com atrações para crianças de todas as idades, assistir aos filmes do cinema 4D e utilizar toda a infra-estrutura do parque. O local possui fraldários para recém-nascidos e em seu restaurante é possível esquentar mamadeiras. Além disso, no Zoomarine também pode-se alugar carrinhos para transportar as crianças. Para chegar até o parque, pegue um trem na estação ferroviária de Termini até Santa Palomba (Pomezia). Chegando lá, procure o serviço de transfer da Zoomarine que leva os visitantes até o parque.
  • Divulgação

    O teatro de marionetes é um programa que recupera uma antiga tradição italiana, além de garantir o divertimento em família


Cultura

Se a idéia de afastar-se temporariamente do centro da cidade não agradar, uma boa alternativa é aproveitar o que as áreas verdes da capital italiana oferecem de melhor. Na parte sul da cidade, o bairro EUR (Esposizione Universale Romana) abriga um parque arborizado, além de um lago muito frequentado durante os fins de semana.

Projetado para uma exposição internacional programada para 1942, mas nunca realizada em razão dos conflitos da segunda guerra, o EUR também é o bairro sede de um planetário que projeta mais de 4.500 estrelas. Adquirindo um ingresso ao preço de 6,50 euros para adultos ou 4,50 para crianças entre 6 e 18 anos, o visitante poderá assistir a um espetáculo que desvenda alguns dos grandes mistérios da nossa galáxia e também visitar o museu astronômico.

Para os fãs de teatro, todos os domingos, pela manhã, na região do parque do Gianicolo, onde se contempla uma das vistas mais lindas da cidade, acontece um espetáculo de marionetes a céu aberto. O ingresso é livre mas ofertas para os artistas são bem-vindas. Já quem é amante da boa música deve ficar de olho no calendário do Auditorium Parco della Musica, estrutura projetada pelo arquiteto Renzo Piano que periodicamente promove concertos para o público infantil.

Se chover, a alternativa é La Casina di Raffaello, uma ludoteca repleta de jogos, oficinas e atividades para crianças entre 4 e 11 anos, que encontra-se dentro da Villa Borghese, o pulmão verde da capital italiana.

Para crianças curiosas, no Museo della Civilta Romana, também no bairro EUR, aprende-se sobre o império romano e suas grandes conquistas. Além de ruínas, os vistantes podem apreciar a reconstrução de edifícios antigos como aqueles existentes em Roma na época do imperador Adriano.

Mas se o seu filho já nasceu com um pé no futuro, não deixe de conhecer o Technotown, um espaço totalmente dedicado as novas tecnologias, situado dentro do parque Villa Torlonia. Lá ele se surpreenderá com a emoção de acompanhar aventuras em 3D, vivendo, graças ao motion capture e a estereoscopia, a sensação de ver personagens que voam diante de si. Outras atrações do local são o robô que realiza esculturas de isopor, a possibilidade de compor eletronicamente uma música ou criar e entrar em um cenário virtual.

Compras e guloseimas

Uma viagem a Roma não é completa sem um tour gastronômico. Não deixe de acompanhar seus filhos até a sorveteria da Via delle Muratte, 19, bem próximo à Fontana di Trevi, ou até a famosa Panella, na Via Merulana. A variedade de perfumes, pães e doces artesanais de tantas formas diferentes é inigualável e é impossível sair de lá de barriga vazia.
  • Divulgação

    No dia 6 de janeiro, crianças invadem a Praça Navona para esperar a bruxa Befana e os seus doces, como manda a tradição local

Para quem adora uma boa leitura, a seção infantil da livraria Feltrinelli localizada dentro da galeria Alberto Sordi (Via del Corso) é um verdadeiro mundo a ser descoberto, com livros de "pop up" (aqueles que você abre e uma dobradura "salta" da página) e álbuns para colorir. Na mesma Via del Corso também encontra-se a Disney Store, com tudo sobre todos os personagens dos filmes Disney.

Se a sua viagem estiver programada para o início do ano, aproveite para levar seus filhos até a Praça Navona. No dia 6 de janeiro, as crianças italianas esperam encontrar a Befana, a velha bruxa que leva uma meia cheia de doces para aquelas bem comportadas e carvão para as desobedientes. Por isso, no mesmo dia a praça é invadida por vendedores de guloseimas e bruxas de todos os tipos.

DICAS BÁSICAS

Antes de mais nada, se estiver com um carrinho de bebê, lembre-se que nem todas as estações do metrô estão equipadas com um elevador. Por isso, a melhor alternativa para quem dispõe de pouco tempo para visitar a cidade é a utilização dos tradicionais ônibus turísticos de dois andares que partem a cada quinze minutos, das 8h40 às 20h30, da Piazza dei Cinquecento, situada em frente a estação ferroviária de Termini.

Se o seu destino não estiver previsto no itinerário realizado pelo ônibus turístico, acesse o site da empresa de transporte público romana (www.atac.roma.it) para calcular o melhor percurso de seu deslocamento de um ponto ao outro da cidade. Para isso, basta digitar na página inicial o seu endereço de partida e aquele da meta que deseja visitar. O preço de uma passagem de ônibus ou metrô é de 1 euro e você poderá utilizá-lo durante 75 minutos, para um número ilimitado de viagens. Lembre-se que o bilhete deve ser comprado antes de embarcar nos bares e tabacchi, que possuem uma placa com a Letra "T", e que assim que sair no ônibus é preciso carimbá-lo nas máquinas amarelas presentes na parte dianteira e traseira do veículo.

COMO CHEGAR

Quase todas as companhias aéreas internacionais oferecem voos diretos para a capital italiana. Ao desembarcar no aeroporto Leonardo Da Vinci (Fiumicino), além dos táxis, é possível chegar até o centro da cidade pegando o trem que chega até a estação ferroviária de Termini em menos de 30 minutos.

ONDE FICAR

Albergoaroma
Dicas de albergues, pousadas e hotéis em Roma
www.albergoaroma.com

Roma Hotels
Lista de hotéis, dividida por faixa de preços e localização
www.roma-hotels.it

SERVIÇO

Aeroporto Leonardo da Vinci
http://www.adr.it

La Casina di Raffaello
Tel: (0039) 06 42888888

Technotown
www.technotown.it

Zoomarine
www.zoomarine.it/Location.aspx

Auditorium Parco della Musica
www.auditorium.com

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo