Viagem

Saiba como devem ser os preparativos e o que é necessário para fazer trilhas

MARISTELA DO VALLE

Colaboração para o UOL Viagem

08/07/2009 07h00

  • Divulgação

    Além das trilhas, o turista que for à Chapada Diamantina (BA) também pode conhecer grutas, cachoeiras, montanhas e chapadas dispersas em uma área de 38 mil quilômetros quadrados

Uma das atividades mais comuns nas viagens ecológicas é a caminhada por trilhas abertas em meio à natureza. Existem vários níveis de dificuldade desses caminhos, determinados, por exemplo, de acordo com o tamanho (e consequente tempo de percurso) e o relevo. Informe-se com antecedência se você realmente tem condições de encarar o desafio. O mesmo vale para os seus companheiros de jornada. Crianças com menos de sete anos, por exemplo, dificilmente têm resistência para desafios mais longos e acabam se tornando um estorvo para as suas costas.

Também é importante tomar algumas providências antes colocar o pé na estrada. Mesmo que não prentenda percorrer trechos muito longos, faça um bom alongamento e avise alguém que não vai acompanhá-lo das suas intenções. Se demorar mais do que o previsto para voltar, certamente essa pessoa tomará as devidas providências. Caso pretenda desbravar uma trilha longa, faça isso sempre com um guia especializado que conheça muito bem a região. Por fim, vista-se com roupas adequadas e leve uma mochila prática de carregar nas costas para manter as mãos livres. E abasteça-a com os seguintes itens:

ITENS ESSENCIAIS NA BAGAGEM

Boné ou chapéu para se proteger do sol
Protetor solar, principalmente nas regiões mais altas, onde é mais fácil se queimar
Protetor labial, especialmente em locais de vento gelado, como é comum nas altas altitudes
Camisetas de algodão, que absorvem o suor e têm secagem rápida em caso de chuva (o corpo molhado por muito tempo pode causar dores ou hipotermia)
Camisetas de manga longa e calças compridas para evitar picadas de insetos (mais comuns em áreas que têm o nível do mar), arranhões, alergias provocadas por plantas (especialmente em trilhas fechadas) e machucados resultantes do contato com rochas ásperas
Uma muda de roupa extra e toalha se quiser entrar na cachoeira ou para ser trocada caso surja uma chuva inesperada
Tênis antiderrapantes ou botas de cano alto (que evitam torcer o tornozelo), que devem ser bem amaciadas antes do trekking (os calçados novos muitas vezes podem provocar bolhas nos pés)
Agasalho do tipo anorak, que corta o vento e protege da chuva
Lanterna, pois a noite pode pegá-lo desprevinido, e pilhas extras, principalmente se estiver muito frio, condição em que o consumo de baterias é muito mais rápido
Estojo de primeiros-socorros com água oxigenada, faixa, repelente, pomada para picadas de insetos, antialérgico, atadura, gaze, esparadrapo, Band-Aid e analgésicos
Cantil ou squeeze com bastante água para se manter hidratado
Canivete tipo suíço para casos de emergência
Bússola ou GPS
Celular com uma bateria extra para avisar as pessoas que estão na civilização se precisar de um atendimento emergencial ou se você se perder
Comidas energéticas como barras de cereais, chocolates e frutas para não correr risco de passar fome (o que certamente vai prejudicar a sua performance)


ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo