Viagem

36 Horas em Brighton: Pubs, música e comidinhas na cidade portuária da Inglaterra

Divulgação
Imagem: Divulgação

FINN-OLAF JONES

New York Times Syndicate

06/03/2009 15h04

Há não muito tempo, a cidade portuária inglesa de Brighton era considerada vulgar e surrada, um balneário fora de moda com quebra-mares caindo aos pedaços e hotéis envelhecidos para os chamados fins de semana sujos. Mas com a cosmopolita Londres a apenas uma hora de distância, era questão de tempo até que esta cidade recuperasse seu brilho.

Nos últimos anos, londrinos elegantes redescobriram as alamedas de Brighton e os prédios ao estilo da Regência, a transformando naquela que atualmente é chamada de "a capital gay da Inglaterra". Quando chega o fim de semana, a mídia e a elite do design de Londres chegam em caravanas de Jaguares, se hospedam nos hotéis-butique e desaparecem nos clubes que agitam até o amanhecer. A cena lembra Miami Beach, exceto por ser o gélido Canal da Mancha no final do passadiço.



Sexta-feira



17h - Calçadão sem quebra-mar
Se junte à multidão naquela que é praticamente uma tradição obrigatória de Brighton: o pôr-do-sol no calçadão. Caminhe, beba e brinque ao longo das praias cheias de pedriscos que mantêm os londrinos alegres e refrescados há três séculos. Os 800 metros entre as ruínas banhadas pelas ondas do velho West Pier até o agitado Brighton Pier é um dos trechos de caminhada mais celebrados do mundo de língua inglesa.



Jonathan Player/THE NEW YORK TIMES
Os 800 metros entre as ruínas banhadas pelas ondas do velho West Pier até o agitado Brighton Pier é um dos trechos de caminhada mais celebrados do mundo de língua inglesa


18h - Parada no pub
O labirinto colorido de ruas estreitas conhecido como Lanes District é um ponto ideal para observar as pessoas ao sabor de uma cerveja e um prato da gororoba local. A área ao redor de Brighton Place tem três pubs memoráveis. O Druid's Head (9 Brighton Place; 44-1273-325-490) é um aconchegante prédio do século 16 com madeira escura suficiente para manter druidas potenciais felizes. Ele também serve um prato suculento de carne de porco assada com molho de cidra (6,95 libras). O Sussex, em uma casa georgiana amarela (33-34 East Street; 44-1273-327-591), serve um farta steak ale pie (torta recheada de carne assada e molho de cerveja, 6,99 libras). Para acompanhar, peça um quartilho da cerveja Old Speckled Hen (2,83 libras). E se estiver com vontade de comer peixe com batata frita, siga os pré-clubbers até o Market Inn (1 Market Street; 44-1273-329-483; www.reallondonpubs.com), cujas mesas ao ar livre são ideais para assistir o movimento de Brighton.

20h - Casa do Abba
Preste tributo a lendas do rock no Brighton Dome (29 New Road; 44-1273-709-709; www.brightondome.org), uma antiga cocheira de cavalos transformada em sala de concertos e onde Jimi Hendrix, Led Zeppelin e Pink Floyd já se apresentaram, assim como o lugar onde o Abba foi apresentado ao mundo no festival da canção Eurovision de 1974. A próxima atração é a Ukulele Orchestra of Great Britain, que tocará covers dos Sex Pistols e outros (19 de outubro). Se tiver a sorte de estar aqui em maio, o Dome apresentará o inovador Brighton Festival.



Sábado



10h - Brincadeira real
Dois séculos não diminuíram o hedonismo e a extravagância do Royal Pavilion (Pavilion Buildings; 44-1273-290-900; www.royalpavilion.org.uk), um Xanadu reluzente com múltiplos domos que foi construído pelo príncipe regente no início do século 19, antes de ser coroado rei George 4º. Esse palácio de inspiração indiana conta com palmeiras douradas, altos minaretes e chinoiserie (imitação de estilo chinês) pintada de forma desordenada. Preste atenção ao fantástico candelabro de dragão no salão de jantar, tão cheio de vida que aqueles que ali jantavam chegavam a tremer, e a elaborada cozinha movida a vapor, uma maravilha moderna de sua época.

Para um brunch decadente da era da Regência, pare no Queen Adelaide Tearoom, um sereno café de cobertura que serve camarão em conserva, um prato tradicional de camarão cozido em manteiga com noz moscada (6,95 libras) e carneiro inglês temperado com chutney de maçã (7,95 libras).



Jonathan Player/THE NEW YORK TIMES
Banquete no Royal Pavilion


13h - Adoração de arte
Para um panorama mais moderno, pare no Fabrica (40 Duke Street; 44-1273-778-646; www.fabrica.org.uk), uma igreja do período da Regência convertida em galeria de arte contemporânea. Quatro artistas são escolhidos a cada ano para transformar seus interiores abobadados em instalações freqüentemente exóticas. Obras anteriores incluíam uma campina de verdade plantada onde antes ficavam os bancos; e uma densa floresta tubular de madeira comprimida.

15h - Chamando Miss Havisham
À procura de livros raros, pistolas de duelo e vibradores de alta tecnologia? Você os encontrará nos becos sinuosos que compõem os distritos de Lanes e North Laine. Entre as lojas favoritas estão Fidra Jewelers (47 Meeting House Lane; 44-1273-328-348; www.fidra.com), uma caverna do Aladim de bugigangas vitorianas, edwardianas e art déco cujo estoque é sempre renovado. A Lanes Armoury (26 Meeting House Lane; 44-1273-321-357; www.thelanesarmoury.co.uk) vende armas de desejabilidade em massa, incluindo uma submetralhadora Thompson (545 libras). E para aqueles que ainda preferem discos de vinil, a Record Album (8 Terminus Road; 44-1273-323-853; www.therecordalbum.com) tem uma abundância de álbuns raros e peculiares em excelente estado, incluindo a versão japonesa da trilha sonora de "Os Caçadores da Arca Perdida" (50 libras).



Jonathan Player/THE NEW YORK TIMES
A Lanes Armoury vende muitas armas


17h - O que resta do dia
Atualmente pode parecer uma armadilha kitsch para turistas, mas o Brighton Pier (www.brightonpier.co.uk) resiste como um dos últimos grandes píeres de praia da Inglaterra. Dê uma caminhada ao longo de seu passadiço aparentemente interminável, um banquete cheio de espuma com peixe e batata frita, cervejarias vitorianas e atrações de parque de diversões de virar as entranhas. Apesar das muitas atrações despudoradamente baratas, é difícil não se divertir.

20h - Vinhos divinos
Você não encontrará muito peixe e batata frita no Hotel du Vin Bistro (2-6 Ship Street; 44-1273-718-588; www.hotelduvin.com), um dos novos restaurantes badalados de Brighton e um favorito das celebridades inglesas. Em uma recente visita, esse restaurante agradável, com ar de clube, estava repleto de londrinos elegantes vestindo camisetas e jeans de grife, saboreando pratos continentais modernos como brioches com fígado de frango e parfait de foie gras, e bacalhau grelhado com chouriço. Um jantar para dois sai por cerca de 80 libras.

23h - Dançando a noite toda
Uma série de clubes pontilham a orla marítima. O ponto mais badalado atual é o Concorde2 (2 Madeira Drive, 44-1273-673-311, www.concorde2.co.uk), uma velha casa de chá vitoriana onde tocam artistas tanto iniciantes quanto famosos como Amy Winehouse (que gravou aqui) e os Foo Fighters. Não se surpreenda se alguém resolver dar à meia-noite um mergulho no mar, que fica a cerca de 100 metros de distância. Outros pontos incluem o Digital Brighton (187-193 Kings Road Arches; 44-1273-227-767; www.yourfutureisdigital.com), para música eletrônica, e o Brighton Coalition (171-181 Kings Road Arches; 44-1273-726-858; www.drinkinbrighton.co.uk/brightoncoalition), um novo clube que toca música latina, techno e pop remixado até o amanhecer.



Domingo



12h - Prensado com sucesso
Os clubbers e conhecedores de Brighton se recuperam no Redroaster Coffee House (1d St. James's Street; 44-1273-686-668) um paraíso de cafeína onde os croissants são recém-assados e o café sai de sacas de estopa. Sente-se em um sofá e peça um bule de café prensado francês (a partir de 2,30 libras o bule). Tudo é torrado e moído na hora. Quem disse que a Inglaterra é um país de bebedores de chá?

13h - Trilhos costeiros
Faça uma viagem ao passado. A Volk's Electric Railway (www.volkselectricrailway.co.uk) está em operação desde 1883, a tornando um dos mais antigos trens em operação contínua no mundo. Se o tempo estiver bom, pegue um assento externo enquanto esta máquina de madeira vitoriana avança pelas praias de Brighton, passa pela boêmia Kemp Town, pelo escultural playground de Peter Pan e por um trecho de praia de nudismo atrás de um monte de pedriscos. Será que Brighton ainda tem algo a esconder?
(Obs.: a Volk's Electric Railway reabrirá em abril/09)




O Básico



O aeroporto mais próximo é o Gatwick de Londres. Os vôos custam a partir de US$ 628 com partida do Aeroporto Kennedy, segundo uma recente pesquisa online. De Gatwick, a Southern Railway (44-8451-27-2920; www.southernrailway.com) tem conexões ferroviárias de aproximadamente meia hora até Brighton (20 libras para ida e volta). Do Aeroporto de Heathrow, tome o metrô até a Estação Victoria no centro de Londres e pegue um trem de uma hora da Southern Railway (cerca de 30 libras para ida e volta).

Celebridades e londrinos endinheirados ficam no Hotel du Vin (2-6 Ship Street; 44-1273-718-588, www.hotelduvin.com), um hotel de 37 quartos no Lanes District, perto da praia. Situado em um prédio de 1934 que imita o estilo Tudor, ele conta com banheiros enormes, um bar animado e um excelente restaurante. Quartos duplos por 170 libras.

O Grand Brighton (97-99 Kings Road; 44-1273-224-300; www.devere-hotels.com) é o rei dos hotéis à beira-mar. Os fãs do filme "Quadrophenia" o reconhecerão como o lugar onde Sting interpretou um ajudante. Quartos duplos a partir de 100 libras com café da manhã.

O Twenty One (21 Charlotte Street; 44-1273-686-450; www.thetwentyone.co.uk), uma pensão com sete quartos no distrito central de Kemp Town, é dirigido por um casal elegante que é uma fonte de conhecimento local. Quartos duplos a partir de 85 libras, com café da manhã.

Tradução: George El Khouri Andolfato

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo