Viagem

Museu exibirá traje de combate que Pinochet vestiu no dia do golpe

Da ANSA

18/12/2008 11h59

SANTIAGO, 18 DEZ (ANSA) - O Museu Augusto Pinochet, criado pela fundação que leva seu nome, exibirá o uniforme de combate usado pelo falecido ex-ditador no dia 11 de setembro de 1973, quando liderou o golpe de Estado contra o governo de Salvador Allende.

Em quatro salas serão exibidas condecorações, uniformes, o escritório pessoal e uma coleção de pequenos soldados de chumbo que pertenciam ao ex-chefe militar.

O general na reserva Luis Cortés Villa, ex-colaborador de Pinochet, é o encarregado de guiar a visita, ainda restrita para o público em geral.

O local, qualificado como "museu do horror" pelo senador socialista Jaime Naranjo, foi inaugurado no dia 12 de dezembro, dia do segundo aniversário da morte de Pinochet, aos 91 anos, no Hospital Militar.

A inauguração teve a participação da viúva, Lucía Hiriart, que doará o traje de combate ao museu, que será aberto ao público em março, quando um funcionário do museu guiará os visitantes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo