Viagem

Praga tem festa móvel que termina em uma das inusitadas baladas da cidade

Divulgação
Imagem: Divulgação

EVAN RAIL

New York Times Syndicate

Os viajantes aguardando por um dos bondes tradicionais de Praga ocasionalmente verão algo estranho encostar na estação: um bonde com uma festa dançante plena ocorrendo no interior, completa com música alta e pulsante, iluminação de discoteca e barmen.

Conhecido como Tramix (www.tramix.cz), o clube no bonde faz uma viagem de fim de noite pela capital tcheca cerca de uma vez por mês. "A idéia toda da música é que é muito positiva e casa muito bem com a cidade de Praga", disse Honza Komarek, D.J. e um dos organizadores do evento. "Quando você tem uma ótima faixa rolando e você olha pela janela e vê a Praça Wenceslas, o efeito é imenso. As pessoas enlouquecem; todo mundo grita; todo mundo acena; todo mundo dança."

O Tramix geralmente ocorre dentro de um modelo quadrado Tatra T6, que pode levar até 150 pessoas, além do sistema de som, o equipamento do D.J., iluminação e dois bares móveis. Nas noites em que o Tramix ocupa um Tatra T3 em forma de charuto, apenas 60 pessoas podem participar. (O ingresso custa 290 coroas, ou cerca de US$ 18 com o dólar cotado a 16,20 coroas.) Apesar do Tramix ser um evento que vale a pena por si só, ele na verdade funciona como uma espécie de pré-festa e serviço de chofer. Geralmente partindo da estação Namesti Miru, a viagem de duas horas e meia termina em um das muitas danceterias da cidade, incluindo o Mecca (U Pruhonu, 3; www.mecca.cz), que geralmente fica aberta até o amanhecer.

Mas se você já tiver dançado o bastante na viagem, há outra grande forma de matar o tempo até o sol nascer. O Cross Club (Plynarni, 23; www.crossclub.cz), um aglomerado de salas e corredores que ocupam vários andares de um antigo prédio de apartamentos de Praga, não longe do Mecca e vizinho do Nadrazi Holesovice, um ponto de trem, bonde e metrô. Com um palco para shows de punk e ska ao vivo e um lounge subterrâneo de música house e downtempo até as 6 horas da manhã nos fins de semana, o Cross Club oferece entretenimento sonoro abundante para sua clientela internacional. Mas a verdadeira atração é a decoração, uma mistura de motivos ciber e steampunk compostos por canos soldados, barras de aço de reforço, antigas máquinas de costura, garfos de motocicleta, blocos de motor e eixos de manivela, muitos deles acesos, em rotação e oscilando loucamente. (Sim, os pequenos jogadores na mesa de pebolim no teto estão realmente se movendo para frente e para trás.)

Tradução: George El Khouri Andolfato

Yannis Kolesidis/NYT

Atenas


À noite, o Parthenon brilha como uma jóia e o monte Lycabettus sedia animados clubes e bares da capital grega

Ler matéria

Jonathan Player/NYT

Londres


A madrugada no mercado de Covent Garden mostra que a noite da capital britânica vai além dos clubbers e punks

Ler matéria

Jakob Dall/NYT

Copenhague


Ao cair da noite, a cidade dá adeus ao estereótipo de certinha e permite que sua vida noturna floresça

Ler matéria

Maria Luisa Stock/UOL

Berlim


Sem restrições de público, o Clärchens Ballhaus reúne de jovens modernos a casais de meia idade na capital alemã

Ler matéria

Richard Harbus/NYT

Paris


No anoitecer da Cidade Luz, uma visita a um tradicional clube de bilhar, com direito a gin fizz e brandy

Ler matéria

Dave Yoder/NYT

Veneza


A beleza misteriosa da cidade italiana se acentua na madrugada, quando as ruas se tornam desertas e silenciosas

Ler matéria

James Hill/NYT

Moscou


Na frenética Moscou do século 21, serviços 24 horas não faltam —e livrarias ofertam cultura aos notívagos

Ler matéria

Ed Alcock/NYT

Lisboa


Na bela capital portuguesa, casas de fado mantêm a tradição reverberando música pela madrugada

Ler matéria

Steafno Buonamici/NYT

Barcelona


O mítico absinto é o drink oficial do Marsella, o bar mais antigo da badalada e notívaga metrópole espanhola

Ler matéria

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo