36 horas em Hollywood - Cheia de estereótipos, a cidade do letreiro mantém o charme

JENNIFER STEINHAUER

New York Times Syndicate

Eric Grigorian/NYT
Café da manhã no Square One Dining,
em Hollywood

Hollywood é um daqueles raros lugares que estão à altura de seus estereótipos, até no letreiro. Mas com um esforço mínimo, ele pode oferecer bem mais. O distrito bom para pedestres representa tanto o passado de Los Angeles, com ícones como o prédio da Capitol Records, quanto o futuro da cidade -densa, vertical, multiétnica. Uma recente renascença resultou em condomínios multimilionários, restaurantes da moda, bares de celebridades e um cinema de classe mundial. Mas ainda há estúdios de tatuagem, sex shops e mendigos. O que liga tudo é a "Calçada da Fama de Hollywood", onde não é difícil uma pessoa ficar pelo menos momentaneamente curiosa -"oi, sr. Rogers"-- ou confusa -"quem diabos foi ele?". Continua sendo um lugar que apenas Los Angeles poderia produzir.



Sexta-feira


16h - Mudança de traje

Antes de desfazer suas malas, prepare-se para enchê-las. Hollywood está repleta de lojas de roupas antigas, muitas delas cheias de sobras de antigos figurinos de televisão e cinema. Golyester (South La Brea Avenue, 136, 323-931-1339) tem bolsas incrivelmente preservadas (US$ 278 por um Christian Dior de duas peças), vestidos de noite (incluindo um vestido de couro branco adornado com pele) e mais. De interesse especial são os sapatos. Um sapato estilo chanel dourado (US$ 198), salto agulha esmeralda (US$ 178) e um par de elegantes sapatos tipo plataforma Herbert Levine (US$ 98) estavam entre os achados recentes. Descendo a rua fica o The Way We Wore (South La Brea Avenue, 334, 323-937-0878; www.thewaywewore.com) com mais regalos antigos bem preservados. Entre eles fica o Cafe Midi (South La Brea Avenue, 148, 323-939-9860; www.cafemidi.com) onde é possível tomar um cappuccino e levar para casa vasos de cerâmica marroquinos e velas da loja adjacente.

19h30 - Planeta tailândia

Atualmente há bistrôs luxuosos e restaurantes asiáticos em abundância no bairro, mas os moradores de Los Angeles adoram Hollywood por sua comida tailandesa. Pode-se debater o que é melhor, como uma maior ênfase no sabor autêntico e uma menor no ambiente. Bons exemplos são o Sapp Coffee Shop (Hollywood Boulevard, 5183, 323-665-1035) e o Ruen Pair (Hollywood Boulevard, 5257, 323-466-0153). Para um ambiente mais luxuoso, vá ao Bulan Thai Vegetarian (Melrose Avenue, 7168, 323-857-1882; www.bulanthai.com), um ponto chique badalado entre os praticantes de yoga. Entre as melhores pedidas estão o pumpkin busabu (US$ 10), jungle curry (US$ 9) e Tum kha (US$ 5).

22h - O novo Rat Pack

Ok, pode parecer que você está perambulando por um clichê, mas mesmo assim confira o Teddy's (Hollywood Boulevard, 7000, 323-466-7000; www.hollywoodroosevelt.com). Localizado dentro do Hollywood Roosevelt Hotel, o lounge já foi dirigido pela rainha dos clubes noturnos Amanda Scheer Demme, que mantinha o local tão barulhento e exclusivo quanto possível. O Roosevelt a demitiu em 2006 e reabriu com políticas de entrada ligeiramente mais diplomáticas, mesmo que longe de proletárias. A presença de celebridades ainda é comum, e o aspecto um pouco sinistro do lugar o torna propício para beber uns drinques.



Sábado


8h30 - Aquele é o Tom Cruise?

Los Angeles é uma cidade matinal, então vá para o Square One Dining (Fountain Avenue, 4854, 323-661-1109), um alegre ponto dedicado a produtos agrícolas direto do produtor. Peça uma torrada com banana caramelada (US$ 10,50) ou o sanduíche de ovo com tomate e rúcula (US$ 7,50). Veja a sede da Cientologia do outro lado da rua, um dos prédios de maior destaque em Hollywood, e tente ver quem entra e sai de seu estacionamento.

11h - Casa aberta

Muitos moradores de Los Angeles desconhecem o Barnsdall Art Park (Hollywood Boulevard, 4800, 323-644-6269; www.barnsdallartpark.com), um espaço público doado à cidade pela excêntrica Aline Barnsdall, em 1927. Além de contar com uma das melhores vistas do letreiro de Hollywood e com grama na qual se pode sentar (algo raro em Los Angeles), o local abriga a Galeria Municipal de Arte de Los Angeles, um teatro e a Hollyhock House, o primeiro projeto de Frank Lloyd Wright em Los Angeles. Visitas à casa (www.hollyhockhouse.net) a partir das 12h30, de quarta a domingo.

14h - Não apenas para o café da manhã

Você achou que ia para Hollywood para comer alimentos crus? Isto é em West Hollywood. Antes do grande passeio a pé pela área, recarregue os carboidratos no Roscoe's House of Chicken and Waffles (North Gower Street, 1514, 323-466-7453). A adorada rede de pratos sulistas afro-americanos é conhecida pelo meio frango abafado com molho de carne e servido com dois waffles (US$ 14,80). Para pratos "mais leves", peça feijão vermelho com arroz e pão de milho (US$ 5,70).



Eric Grigorian/NYT
Na Amoeba Records há quilômetros
de CDs e DVDs novos e usados
Eric Grigorian/NYT
ArcLight Cinema exibe filmes
comerciais e independentes

15h - Antes dos iPods

Do Roscoe's é uma caminha rápida até a Amoeba Records (Sunset Boulevard, 6400, 323-245-6400; www.amoeba.com), uma das últimas grandes lojas independentes de música do país, onde há quilômetros de CDs e DVDs novos e usados. Também há apresentações ao vivo dentro da loja (com ênfase especial em bandas novas de Los Angeles).

17h - Cinema de Alta Tecnologia

Continue caminhando. Agora você está seguindo para o ArcLight Cinema (West Sunset Boulevard, 6360, 323-464-1478; www.arclightcinemas.com), que conta com uma das melhores projeções e sistemas de som do país, além de cadeiras aconchegantes. Assista ao mais recente filme comercial, retrospectiva obscura ou filme independente com todos os fãs sérios de cinema da cidade.

20h - Peru em Hollywood

Vire a esquina na North Vine e vá até um minúsculo local onde a decoração frugal é compensada pelas pequenas réplicas das famosas sacadas de Lima. Conhecido pelos seus ceviches (US$ 11 a US$ 15,75), Los Balcones del Peru (North Vine Street, 1360, 323-871-9600) é um ponto encantador vizinho de um médium e em frente a um KFC, onde famílias, casais e sujeitos que preferem se sentar nos bancos de "pele de tigre" do bar fazem suas refeições. Comece com um chicha morada (um bebida de frutas feita com água de milho, US$ 2), depois prove o lomo saltado, ou bife frito com cebola (US$ 10,95), ou o tacu tacu con mariscos, que é feijão peruano "refritado" com camarão (US$ 12,75).

23h - Noites Escuras

Encerre a noite no Woods (North La Brea Avenue, 1533, 323-876-6612; www.vintagebargroup.com), que, como o nome indica (mata), tem um tema ao ar livre. O bar conta com muito candelabros de chifre de alce e cedro pendurados no teto incrustado de estrelas. Enquanto estuda a clientela jovem e examina o conteúdo da juke box, prove um de seus famosos mint juleps ou um drinque sazonal chamado pumpkin pie shot. Coquetéis entre US$ 6 e US$ 12.



Domingo


Eric Grigorian/NYT
O Runyon Canyon oferece caminhadas íngremes revigorantes com lindas vistas

9h30 - Celebridades Passeando com Cães

A dois quarteirões ao norte de Hollywood Boulevard fica um dos parques urbanos mais bonitos e incomuns do país, o Runyon Canyon. O parque de 53 hectares oferece caminhadas íngremes revigorantes com vistas do Vale de San Fernando, do Pacífico, da Ilha Catalina (em dias claros) e do Observatório Griffith. A área é popular junto aos donos de cães (incluindo celebridades), que aproveitam a regra da não necessidade de coleira. Em meio ao chaparral selvagem se encontram as propriedades em ruínas de Carman Runyon, um magnata do carvão que usava a propriedade para caçar, e de George Huntington Hartford II, herdeiro da fortuna A.&P. Pode ser difícil estacionar, então entre pelo norte, por Mulholland, onde encontrará um estacionamento e por onde a primeira parte da caminhada é colina abaixo.

Meio-dia - Vá por este Caminho

Sim, é coisa de turista, mas caminhe por Hollywood Boulevard uma última vez e veja as centenas de estrelas, para ver quantas você reconhece. Enquanto faz isso, pare no Lucky Devil's (Hollywood Boulevard, 6613, 323-465-8259) para um leite maltado com noz-pecã torrada (US$ 4,50). Os hambúrgueres são melhores no In-N-Out Burger, descendo a rua, mas esta combinação divina fará você se lembrar desta atração turística com carinho.

Informações básicas

Hollywood ainda brilha no Hollywood Roosevelt (Hollywood Boulevard, 7000, 800-950-7667; www.hollywoodroosevelt.com), onde foi realizada a primeira cerimônia do Oscar em 1929. O hotel art déco tem 300 quartos com diárias a partir de US$ 249, apesar de não valer para a antiga suíte de Marilyn Monroe. Mas um aviso: o hotel pode ser barulhento, mas as acomodações são históricas e cheias de estilo natural. Há também dois restaurantes, o Dakota e o 25 Degrees, e toda a vida noturna que você desejar.

Provavelmente a melhor pechincha no bairro seja o Hollywood Hills Hotel (North Sycamore Avenue, 1999, 323-874-5089; www.hollywoodhillshotel.com), que paira acima do bairro. Apartamentos individuais com cama king size e cozinha a partir de US$ 129, e muitos quartos possuem sacada. Vantagem adicional -a estadia no hotel lhe dá direito a entrar no Magic Castle, um clube privado onde mágicos se apresentam.

Deseja viver como um jovem casal de Hollywood? Desfaça suas malas na Roth Residence (520-820-2710; www.vrbo.com/133464), uma casa moderna da metade do século passado construída pelo arquiteto Rudolph Schindler. Situada em um escarpado nas Hollywood Hills, esta casa com três quartos possui móveis de época e está disponível para aluguel de curto prazo, de US$ 300 por noite (três no mínimo) a US$ 1.995 por semana.

Tradução: George El Khouri Andolfato
 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos