Viagem

Sugado pela privada? Veja mitos e verdades sobre viajar de avião

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/02/2016 22h02

Embora seja considerado um dos meios de transporte mais seguros, as viagens de avião são rondadas por muitos mitos que assustam quem já não fica muito confortável nos ares. Mas quais histórias são reais e quais não passam de lenda? Confira abaixo dez fatos sobre aeronaves que deixam muita gente em dúvida.

  • É possível ser sugado e ficar entalado no vaso sanitário do avião?

    Mito: O barulho da sucção pode até assustar, mas é muito improvável que a privada sugue você. Para isso, seu corpo teria que fazer um ajuste perfeito nos contornos do vaso sanitário, algo difícil de acontecer. Além disso, os sanitários possuem um sistema fechado a vácuo: quando você aciona a descarga, uma válvula é aberta no cano coletor e o sistema suga o conteúdo do vaso para o tanque onde os dejetos são armazenados.

  • A mesinha das poltronas é o lugar mais sujo do avião?

    Verdade: Segundo o site de planejamento de viagens Travelmath divulgou em 2015, aquela mesinha de apoio onde você faz refeições tem oito vezes mais bactérias do que o botão de descarga do banheiro dos aviões. Outros lugares bem sujinhos são a saída de ar individual que fica acima dos assentos e a fivela do cinto de segurança. Leia mais

  • Não existe fileira de número 13 nas aeronaves?

    Verdade: Muitas companhias aéreas aboliram esta numeração: as fileiras de poltronas passam do 12 diretamente para 14. O motivo é que o número é constantemente atribuído à má sorte em muitos países. A superstição em torno do 13 pode gerar desconforto e aumentar o medo de voar em quem já não gosta de aviões. Melhor evitar, né?

  • Depois de dar descarga, o avião joga xixi e cocô pelos ares?

    Mito: Quando a descarga é acionada, os dejetos são enviados a um tanque de armazenamento do avião. Este só é esvaziado em terra firme, com a ajuda de um caminhão que depois transfere todo o conteúdo para a rede de esgoto.

  • Existem cinzeiros nos banheiros dos aviões, mesmo sendo proibido fumar?

    Verdade: Sim, e não é porque as aeronaves são antigas. Os aviões são obrigados a ter cinzeiros para evitar um acidente maior causado por uma bituca de cigarro descartada de forma errada, caso alguém viole a norma.

  • A porta da aeronave pode ser aberta durante o voo?

    Mito: As portas da cabine só podem ser abertas quando a pressão do ar no interior e no exterior da aeronave for igual. Então, é praticamente impossível que isso aconteça durante o voo, já que o ar em grandes altitudes tem pressão baixa, razão pela qual a pressão da cabine é aumentada artificialmente.

  • Os aviões evitam sobrevoar o Triângulo das Bermudas?

    Mito: Embora a reputação da área entre a ilha Bermudas, o estado da Flórida (nos EUA) e Porto Rico não seja das melhores, o site Skyscanner afirma que aviões não desviam suas rotas para evitar a região.

  • O ar das máscaras de oxigênio te deixa eufórico?

    Mito: A máscara é para você usar em caso de despressurização da aeronave em pleno voo, situação em que o ar está pobre em oxigênio. Ela vai te ajudar apenas a respirar. Esqueça a história contada pelo personagem de Brad Pitt no filme ?Clube da Luta?: o oxigênio não vai te ?dar barato?.

  • Raios e tempestades podem derrubar um avião?

    Mito: A tempestade pode dificultar a visibilidade do voo e, se intensa, pode causar desconfortáveis turbulências durante o voo. Tecnicamente, o raio pode danificar o sistema, mas, segundo a companhia aérea KLM, não chega a comprometer a segurança do voo. Após o raio, uma inspeção completa será realizada assim que o avião pousar.

  • Você fica bêbado mais rapidamente em um avião?

    Mito: Não há estudos que comprovem esse mito. Em todo caso, é melhor não exagerar na dose alcoólica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo