Viagem

Sem roupa, mas com noção: praias de nudismo têm regras, saiba e evite gafes

Divulgação/Brasil Naturista
Imagem: Divulgação/Brasil Naturista

Do UOL, em São Paulo

06/01/2017 04h00

Quem pensa que praias de nudismo são totalmente livres de convenções, se engana. Assim como qualquer outro espaço público, há normas de convivência que, se forem ignoradas, podem até levar à expulsão permanente do local. Confira, abaixo, as regras de etiqueta que devem ser seguidas ao praticar o naturismo em uma praia - própria para isso, claro.

  • Não ter vergonha de tirar a roupa

    No Brasil, não há meio-termo: a nudez total é exigida sempre. A única exceção é para as mulheres em período menstrual, que podem fazer apenas o topless. Por outro lado, não há regras gerais sobre quando tirar a roupa em uma praia naturista. Algumas exigem nudez total logo na entrada. Outras permitem que o frequentador chegue vestido, se acostume com o ambiente e, só depois, fique totalmente nu. Mas ficar sem roupa, em algum momento, é condição essencial para permanecer. Caso contrário, você será convidado a retirar-se.

  • Aceitar o próprio corpo - e o dos outros

    Quem nunca foi a uma praia de nudismo pode imaginar que as pessoas dispostas a ficar sem roupa em público só o fazem porque estão parecidas com musos e musas fitness. Mas não é o que acontece. "É justamente o contrário. Se a pessoa decidiu frequentar um lugar assim, é porque ela aceita o seu corpo como é, com todas as suas características peculiares", afirma a publicitária Carina Moreschi, 35, naturista há 19 anos e criadora do site brasilnaturista.com.br e da rede social facenu.com. Ela acrescenta que a maioria dos frequentadores são pessoas mais velhas ou idosas. "É assim no mundo inteiro", diz.

  • Interagir com bom senso, como se estivesse de roupa

    Não é proibido ir à praia de nudismo para conhecer gente nova, já que o local é público. Mas há praias no Brasil que restringem a entrada de homens desacompanhados. "Conversar, trocar ideias e paquerar não é proibido. Mas é preciso agir com discrição, respeito e bom senso", diz Pedro Ribeiro, da Associação Naturista de Abricó.

  • Não praticar sexo ou masturbação em público

    A praia nudista não é um local destinado a encontros de casais liberais. "Propostas de práticas sexuais são coibidas pela administração das praias e os envolvidos são convidados a retirar-se", diz Renata Freire, presidente da Federação Brasileira de Naturismo. Além disso, é proibido por lei fazer sexo em locais públicos e a polícia poderá ser acionada, se for o caso. "Quem for pego se masturbando ou praticando relações sexuais em qualquer praia, inclusive a de nudismo, pode acabar na cadeia", afirma Ribeiro.

  • Não fotografar ou filmar sem consentimento

    Na maioria das praias naturistas, fotos e filmagens são proibidas. Mas, hoje em dia, é quase impossível evitar a utilização de dispositivos móveis que fotografam, como os celulares. "O cuidado mais importante é jamais fotografar ou filmar alguém sem o consentimento da pessoa. Ao fotografar a si mesmo e à família, também é fundamental verificar se não há ninguém atrás ou passando por perto, que não queira se expor", afirma Carina.

  • Não olhar fixamente para as pessoas

    A atitude demonstra desrespeito em qualquer local ou situação. Porém, na praia de nudismo, o controle deve ser redobrado. "Afaste-se do local e procure outra paisagem para observar alguém de longe, caso não consiga evitar isso", diz Renata. "Rir ou zombar dos outros, de forma aberta e declarada, também é inadmissível", acrescenta Ribeiro.

  • Descuidar da higiene

    Ao utilizar assentos de uso comum, é preciso lançar mão de uma proteção higiênica, como uma toalha ou uma canga. Além disso, satisfazer as necessidades fisiológicas em áreas impróprias, no meio da praia, está fora de cogitação. Na dúvida, consulte as Normas Éticas do Naturismo Brasileiro, que estão disponíveis no site da Federação Brasileira de Naturismo (www.fbrn.org.br). O documento também esclarece sobre as punições aplicadas quando há desrespeito às normas, que vão desde advertências até a expulsão permanente da praia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo