Viagem

Para viajar e falar português: conheça dez destinos lindos de Portugal

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

10/09/2017 04h00

Viajar para outro continente e, ainda assim, se sentir um pouco em casa. É esta a experiência que diversos brasileiros têm ao visitar Portugal. O idioma, as igrejas, as calçadas: há muito no território lusitano que nos dá a sensação de estarmos em nosso lar. Ao mesmo tempo, a “terrinha” pode ser um lugar único, com cidades históricas, praias e paisagens rurais extremamente originais.

Em uma jornada à Europa, Portugal merece estar em seu roteiro. Abaixo, conheça dez dos destinos mais interessantes de lá.

  • Imagem: Rustam Alyiev_Creative Commos
    Rustam Alyiev_Creative Commos
    Imagem: Rustam Alyiev_Creative Commos

    Lisboa

    Porta de entrada da maioria dos turistas que visitam Portugal, é uma das cidades mais belas da Europa -- e vale a pena reservar pelo menos quatro dias para explorar suas paisagens. Entre os lugares imperdíveis da capital lusitana estão o Castelo de São Jorge (com estrutura construída pelos mouros no século 11), o bairro da Alfama (com suas românticas vielas e casas de fado), o Panteão Nacional (onde está sepultada a diva da música Amália Rodrigues) e o Bairro Alto (com animados bares em casas históricas). Lisboa também está recheada de atrações modernas, como o Museu Coleção Berardo, que abriga uma das melhores exposições de arte contemporânea da Europa, com obras de artistas aclamados, como Jeff Koons.

  • Imagem: Singa Hitam_Creative Commons
    Singa Hitam_Creative Commons
    Imagem: Singa Hitam_Creative Commons

    Sintra

    Quer se deslumbrar com imagens realmente lindas? Vá para esse destino histórico a cerca de 30 km de Lisboa. Aqui, palácios surgem entre colinas verdejantes, em uma composição de imagens que irá impressionar o mais viajado dos turistas. Um dos destaques é a Quinta da Regaleira, que abriga uma palácio construído no começo só século 20 pelo milionário António Augusto Carvalho Monteiro: trata-se de um impressionante monumento de influências góticas e renascentistas. O colorido Palácio Nacional da Pena (na foto), por sua vez, está situado no topo de um morro e oferece visões fantásticas. O Palácio de Monserrate é outro lindo exemplo de linda arquitetura integrada perfeitamente à natureza.

  • Imagem: Waugsberg_Creative Commons
    Waugsberg_Creative Commons
    Imagem: Waugsberg_Creative Commons

    Óbidos

    Tem parte sua extensão cercada por uma antiga muralha e, em suas paisagens, exibe cartões-postais como o fotogênico Castelo de Óbidos (do século 12), a Igreja de Santa Maria (com um belíssimo interior revestido pelos tradicionais azulejos portugueses), a Igreja da Misericórdia (do século 15) e o Museu Municipal de Óbidos, que exibe pinturas da célebre artista Josefa de Óbidos, que viveu no século 17. A cidade é também famosa pela sua deliciosa caldeirada de peixe e pelo licor ginjinha. É um passeio fácil de ser feito a partir de Lisboa: fica a aproximadamente 90 km da capital portuguesa.

  • Imagem: Josep Renalias_Creative Commons
    Josep Renalias_Creative Commons
    Imagem: Josep Renalias_Creative Commons

    Porto

    É uma das maiores cidades de Portugal e pode ser facilmente visitada a partir de Lisboa (cerca de 310 km separam as duas metrópoles). O destino exibe lindas paisagens históricas banhadas pelo rio Douro, onde se destaca a fotogênica ponte de ferro D. Luís I e a praça da Ribeira, localizada ao lado da água e com mesinhas perfeitas para uma cerveja (ou um vinho do Porto). A bonita Praça da Liberdade, o Teatro Nacional de São João (com ótimas peças de teatro e espetáculos musicais) e o Museu Nacional de Soares dos Reis (no lindo Palácio dos Carrancas, com pinturas de grandes artistas portugueses como Aurélia de Souza e Henrique Pousão) são alguns dos locais que devem estar no roteiro do turista. Para comprar queijos e azeitonas, vá ao fantástico Mercado do Bolhão.

  • Imagem: Turismo em Portugal_Creative Commons
    Turismo em Portugal_Creative Commons
    Imagem: Turismo em Portugal_Creative Commons

    Vale do Douro

    O Porto pode ser usado como base para passeios por uma das áreas mais interessantes de Portugal: o Vale do Douro, um paraíso para quem gosta de vinho e lindos cenários rurais. Aqui, a paisagem é composta pelo rio Douro correndo entre colinas cobertas de vinhedos, uma imagem digna de um quadro que pode ser admirada desde mirantes que existem na área, como o Miradouro de São Leonardo da Galafura (que oferece uma visão que o escritor lusitano Miguel Torga definiu como poema geológico) e o Miradouro de Casal de Loivos. A região pode ser explorada de trem, barco ou carro. Muitas das vinícolas do Vale do Douro são abertas a visitas. Vale a pena conhecer a vila do Pinhão e Lamego.

  • Imagem: Francois Philipp_Creative Commons
    Francois Philipp_Creative Commons
    Imagem: Francois Philipp_Creative Commons

    Coimbra

    Lar de uma das mais tradicionais universidades da Europa (fundada no século 13), é um destino extremamente atrativo. Na cidade, paisagens históricas se fundem com uma agitada vida proporcionada pela numerosa população estudantil. No horizonte, lindos casarões se debruçam sobre o rio Mondego e escondem vielas perfeitas para passeios românticos. O setor antigo de Coimbra oferece atrações como o Mosteiro de Santa Cruz (que abriga o túmulo do primeiro rei de Portugal, Afonso Henriques) e a Sé Velha, um dos edifícios de estilo românico mais lindos do país. A Universidade de Coimbra também pode ser visitada: um dos seus destaques é a Biblioteca Joanina, com milhares de obras (algumas do século 16).

  • Imagem: FDV_Creative Commons
    FDV_Creative Commons
    Imagem: FDV_Creative Commons

    Évora

    Outro destino histórico que não pode ficar fora do roteiro em Portugal: o lugar é perfeito para ser conhecido a pé, em passeios que cruzam atmosféricas vielas, agradáveis praças recheadas de cafés, ótimos restaurantes e lindas igrejas. Entre os principais cartões-postais da cidade estão as ruínas de um templo romano com cerca de 2 mil anos de história e a Sé de Évora, uma igreja fortificada de linhas góticas, que exibe um lindo interior. Deste edifício se tem uma das melhores visões panorâmicas da região. Após bater perna, um dos melhores lugares para relaxar é na Praça do Giraldo (na foto), com mesinhas na calçada e uma belíssima fonte de água.

  • Imagem: Klugschnaker_Creative Commons
    Klugschnaker_Creative Commons
    Imagem: Klugschnaker_Creative Commons

    Algarve

    A ensolarada região, no sul de Portugal, abriga muitas das mais populares paisagens litorâneas do território lusitano. Lá existem lugares verdadeiramente paradisíacos, como a praia da Marinha (na foto, com imponentes formações de calcário alaranjadas aparecendo meio do mar), a praia da Falésia (que, como o nome diz, é protegida por uma enorme falésia), a Meia Praia e Arrifana (esta com ondas ótimas para o surfe). E o Algarve também exibe interessantes cidades, como a histórica Silves e Portimão, que tem agitada vida noturna.

  • Imagem: Luke H. Gordon_Creative Commons
    Luke H. Gordon_Creative Commons
    Imagem: Luke H. Gordon_Creative Commons

    Ilha da Madeira

    É a terra natal do jogador de futebol Cristiano Ronaldo -- recentemente, seu principal aeroporto foi rebatizado com o nome do astro do Real Madrid. Este destino português, no Oceano Atlântico, a cerca de duas horas de avião de Lisboa, tem muito a mostrar. Sua capital, Funchal, é uma agradável cidade, recheada de lindas casinhas históricas e mirantes para o mar. No Parque Natural da Madeira, é possível fazer logas caminhadas em lindas florestas. E o ecoturismo continua nas Grutas de São Vicente, com lagos escondidos dentro de cavernas. A ilha também pode ser visitada em cruzeiros.

  • Imagem: Clarisse Cunha_Creative Commons
    Clarisse Cunha_Creative Commons
    Imagem: Clarisse Cunha_Creative Commons

    Parque Nacional da Peneda-Gerês

    No extremo norte de Portugal, em fronteira com a Espanha, o Parque Nacional da Peneda-Gerês é um dos melhores destinos de ecoturismo do território lusitano, ideal para longas caminhadas. A área de mais de 70 mil hectares abriga extensas zonas florestais, rios, montanhas e espécies endêmicas como o lírio do Gerês (que cobre os campos com um lindo tom violeta). Na fauna, há o lobo ibérico e os chamados garranos, pequenos cavalos selvagens que circulam livremente pela área. Ao percorrer a região, o viajante também consegue visitar aldeias pitorescas, como Pitões das Júnias.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo