Viagem

Bichos assassinos são atração turística na Austrália; saiba onde vê-los

Do UOL

06/12/2016 14h45

A Austrália é um paraíso para turistas que gostam de admirar animais selvagens de perto. Além dos simpáticos coalas e ornitorrincos, o país da Oceania abriga bichos conhecidos por sua aparência e índole ameaçadoras: lá está, por exemplo, a maior espécie de crocodilo da Terra, além de uma grande variedade de cobras venenosas capazes de meter medo no mais corajoso dos viajantes. 

E isso sem falar em aranhas mortíferas, morcegos gigantes e no temido casuar (ou "cassowary", como é chamado em inglês), uma ave parecida com o avestruz que chega a dois metros de altura e é capaz de matar um ser humano com suas garras.

Apesar de perigosos, tais animais podem ser observados com segurança tanto em zoológicos como em safáris ao redor do território australiano. A experiência é fascinante, pois coloca o forasteiro em contato com uma fauna que dificilmente ele poderia ver em seu país natal.

Abaixo, conheça alguns dos animais mais temidos da Austrália e saiba onde você consegue admirá-los durante uma jornada à terra do Crocodilo Dundee. 

  • Imagem: Summerdrought/Creative Commons
    Summerdrought/Creative Commons
    Imagem: Summerdrought/Creative Commons

    Ave assassina

    De longe, ele lembra um avestruz, mas é só chegar perto do casuar (ou "cassowary", como é chamado em inglês) para ver que esta ave tem características próprias e assustadoras. Coberto por uma densa plumagem negra e com uma chamativa cabeça azul coroada por uma crista, o casuar vive em áreas de florestas tropicais da Austrália e se alimenta principalmente de frutas. Porém, quando se sente ameaçado, ele pode desferir ataques mortais usando as garras de 12 centímetros que têm cada uma das patas. A chance de alguém se ferir em uma situação dessas é imensa: apesar de não voar, estas aves chegam a ter dois metros de altura e a correr a uma velocidade de 50 km/h. Casuares podem ser vistos com segurança em locais como os zoológicos Alma Park Zoo (na cidade de Brisbane), no Taronga Zoo (em Sydney) e no Melbourne Zoo (na cidade de Melbourne). Ou em safáris realizados na floresta tropical de Daintree, no norte do país.

  • Imagem: Bernard Dupont/Creative Commons
    Bernard Dupont/Creative Commons
    Imagem: Bernard Dupont/Creative Commons

    Cobras venenosas

    A Austrália abriga algumas das cobras mais venenosas do planeta. Entre elas, uma das mais temidas é a cobra-marrom (lá chamada de "eastern brown snake" ou pelo nome científico de Pseudonaja textilis), que chega aos dois metros de comprimento e que possui uma picada que expele enorme quantidade de veneno (humanos mordidos podem sofrer convulsão e insuficiência renal. Se não for tratada, a pessoa tem risco de morrer). A cobra-marrom é encontrada principalmente ao longo da costa leste da Austrália, em regiões como Queensland e New South Wales. Para vê-la de perto e em segurança, vá até o famoso Australian Reptile Park, localizado perto de Sydney.

  • Imagem: Molly Ebersold/Creative Commons
    Molly Ebersold/Creative Commons
    Imagem: Molly Ebersold/Creative Commons

    Crocodilo gigante

    Podendo ultrapassar os seis metros de comprimento, o crocodilo-de-água-salgada é o maior réptil da Terra e um dos mais conhecidos símbolos da fauna australiana. O bichão é admirado por turistas em seu habitat natural em locais como o Kakadu National Park e a Cape York Peninsula (ambos no norte do território australiano), além de ser uma das estrelas do zoológico Australian Reptile Park, nos arredores da cidade de Sydney. Ao chegar perto dele, é impossível não se espantar com o tamanho de sua mandíbula e com a enorme estrutura do seu corpo, que chega a pesar uma tonelada. Desde os anos 1970, há mais de 100 ataques fatais deste crocodilo contra seres humanos registrados na Austrália.

  • Imagem: Mike Lehmann/Creative Commons
    Mike Lehmann/Creative Commons
    Imagem: Mike Lehmann/Creative Commons

    "Raposa voadora"

    O maior morcego da Austrália é tão grande que, por lá, é chamado de "raposa voadora". Típico de áreas florestais do sudeste australiano, este animal tem asas negras cuja envergadura total pode ultrapassar um metro de comprimento e, frequentemente, sobrevoa o céu do país em enormes grupos. Eles não costumam atacar seres humanos, mas, por sua aparência um tanto sinistra, podem assustar turistas desavisados. Ficou com vontade de conferir? O Tolga Bat Hospital, que cuida de morcegos dessa espécie que foram encontrados feridos, tem uma área aberta para turistas:durante o passeio, você pode ver a "raposa voadora" e seus filhotes de perto. O local fica a uma hora da cidade de Cairns, no nordeste da Austrália.

  • Imagem: White Shark Diving Company
    White Shark Diving Company
    Imagem: White Shark Diving Company

    Mergulho com tubarões

    Considerado um dos maiores predadores do mar, o tubarão-branco marca presença em águas que banham diversos países do mundo, incluindo a Austrália. Apesar de extremamente perigoso para seres humanos, o animal pode ser visto de perto em determinadas partes do litoral do país em mergulhos realizados dentro de gaiolas de aço. A experiência é para os fortes: afinal, quando você poderá se ver frente à frente com um bichão marítimo e carnívoro que pode ultrapassar os seis metros de comprimento? Se animou com o passeio? Existem agências que organizam passeios para que você os veja com segurança pelo litoral australiano.

  • Imagem: Ken Moore/Creative Commons
    Ken Moore/Creative Commons
    Imagem: Ken Moore/Creative Commons

    Cão selvagem

    O maior mamífero carnívoro da Austrália é um cão selvagem conhecido popularmente como "dingo" e que habita diversas regiões da Austrália: das áreas desérticas do noroeste do país até a praiana Fraser Island, na região de Queensland, no extremo leste. À primeira vista, ele parece apenas um cachorro doméstico de grande porte, mas seu comportamento pode ser perigoso: apesar de raros, há casos de ataques mortais de "dingos" contra pessoas, especialmente crianças. É fácil vê-los de perto nos muitos zoológicos da Austrália, como o Territory Wildlife Park (na cidade de Darwin) e no Taronga Zoo, em Sydney. O animal é também muito fotografado por turistas em seu habitat natural durante passeios no Uluru-Kata Tjuta National Park, um dos locais mais turísticos do deserto australiano.

  • Imagem: Doug Beckers/Creative Commons
    Doug Beckers/Creative Commons
    Imagem: Doug Beckers/Creative Commons

    Aranha mortífera

    A aranha-teia-de-funil é típica da Austrália e carrega a fama de ser uma das mais venenosas do mundo. Sua picada, caso não seja tratada, pode matar seres humanos, e sua aparência é assustadora (e de qual aranha não é?): com um comprimento que pode chegar a cinco centímetros, este animal tende a ter um corpo escuro e peludo, um verdadeiro pesadelo para pessoas que sofrem de aracnofobia. Para vê-la de perto de maneira segura, os turistas devem ir ao fascinante e popular Australian Reptile Park, nos arredores de Sydney.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo