Viagem

Estas 6 dicas vão salvar você de pegar quartos ruins em hotéis

Do UOL, em São Paulo

09/12/2016 12h34

Depois de passar o dia inteiro na estrada ou enfrentando a burocracia dos aeroportos, você finalmente chega ao hotel. Antes de cair na cama, porém, descobre que o quarto fica bem de frente para o elevador --que apita toda vez que abre-- ou ao lado da piscina, onde a farra não tem hora para acabar.

Só resta sentar e chorar ou dá para evitar um quarto "micado"? O site da FoxNews procurou gerentes de hotéis, funcionários da recepção e outras pessoas que trabalham no ramo atrás de dicas para escolher o melhor quarto na sua próxima viagem. São elas:

  • Imagem: Getty Images/iStockphoto
    Getty Images/iStockphoto
    Imagem: Getty Images/iStockphoto

    Telefone

    A atitude mais simples para evitar ser colocado em um quarto que ninguém mais quer é reservar diretamente com o hotel. Você até pode fazer isso por meio de um site, mas ligar e falar com uma pessoa é, provavelmente, a melhor ideia, especialmente em hotéis menores.

    "Dá a oportunidade de conversar com alguém que realmente trabalha no hotel e personalizar sua estada, seja com ajuda para as reservas em um restaurante local, organizar o transporte ou ter ideias de programas divertidos", diz Andrew Carter, gerente geral da 21c Lexington, um hotel em Kentucky, nos Estados Unidos.

    Wulan Sastra, do Bisma Eight Hotel, em Bali (Indonésia), também sugere que a reserva seja feita cerca de quatro a oito semanas antes da viagem, quando o hotel geralmente tem mais opções de quartos.

  • Imagem: Leandro Moraes/UOL
    Leandro Moraes/UOL
    Imagem: Leandro Moraes/UOL

    Sem segredos

    Os recepcionistas do JW Marriott Indianapolis sugerem que o hóspede tenha em mente o que considera mais importante: pode ser a vista, estar perto ou longe de elevadores ou escolher o número de camas. No entanto, lembre-se que existem quartos que se encaixam em algumas das preferências, mas não em todas. Então, saiba o momento de abrir mão de alguma exigência e fale no hotel quais são suas prioridades.

    Também não é bom fazer muito segredo sobre o motivo da viagem no momento de preencher sua ficha na recepção. "Se soubermos que você está comemorando uma ocasião especial, um aperitivo de cortesia ou uma taça de champanhe podem aparecer", diz Joel Holland, gerente geral do Kenwood Inn and Spa, em Sonoma (Califórnia).

  • Imagem: Shutterstock
    Shutterstock
    Imagem: Shutterstock

    Programas de fidelidade

    Outra maneira fácil de melhorar suas chances de fugir de um quarto ruim é participar dos programas de fidelidade dos hotéis. Muitos deles oferecem regalias, como taxas mais baixas e a oportunidade de ganhar pontos para uma futura estada.

  • Imagem: Thinkstock
    Thinkstock
    Imagem: Thinkstock

    Melhor horário

    Programe seu check-in para o período entre 16h45 e 18h. Entrar muito cedo faz com que você consiga apenas o primeiro quarto disponível, sendo que um grande número de acomodações melhores ainda não estão vagas ou limpas. Por isso, a chance de um upgrade gratuito é zero.

    O contrário também não é bom. Se você chegar tarde demais, terá o último quarto disponível. Lembre-se que existe a hora do rush na recepção, que é entre as 8h e 9h30 e das 18h às 20h.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Check-in esperto

    Muitos funcionários de hotéis concordam que uma boa prática é ligar no estabelecimento na manhã da entrada para fazer seus pedidos ou lembrá-los de suas preferências.

    "Os quartos estão bloqueados no período da manhã, mas, no momento em que você chega, geralmente, é tarde demais para solicitar uma acomodação melhor", diz Tom Waithe, diretor regional de Operações da Kimpton Hotels no Pacífico Noroeste, Colorado e Utah, nos Estados Unidos.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Seja gentil

    Mesmo que já esteja no momento do check-in, não custa perguntar se existem possíveis upgrades ou alguma suíte melhor disponível. É muito frequente que a presidencial esteja vaga, por exemplo. Quando o recepcionista perguntar como você está, educadamente responda: "Estou bem, mas estaria melhor se estivesse na suíte presidencial." A piada, em alguns casos, fará você conseguir uma atualização.

    Elizabeth Avery, do SoloTrekker4U.com, diz que utilizar o idioma local, caso esteja no exterior, pode ser bem interessante. "Fiz isso no Oriente Médio e me colocaram em uma suíte bem espaçosa", conta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo