Viagem

Em busca de paz ou agito? Veja dicas de como escolher o cruzeiro certo

Juliana Bianchi

Colaboração para o UOL

26/11/2016 08h00

Ao contrário do que muitos pensam, viajar de navio não é tudo a mesma coisa. Existem diferentes embarcações, rotas e companhias para agradar públicos variados. Se você pretende descansar, por exemplo, melhor não pegar um cruzeiro no Brasil durante o Carnaval. "Este é um período em que o número de festas e gente querendo se divertir predomina”, diz André Mercanti, diretor comercial da Norwegian no Brasil.

“É preciso adequar expectativas e perfis antes de embarcar para não ter uma péssima experiência”, destaca Ilya Hirsch, diretor-geral da Qualitours. Para te ajudar a descobrir o seu tipo de viagem, o UOL mostra nove pontos cruciais para avaliar antes de fechar um pacote e embarcar no cruzeiro dos seus sonhos.

  • Imagem: Divulgação/Costa Cruzeiros
    Divulgação/Costa Cruzeiros
    Imagem: Divulgação/Costa Cruzeiros

    Tenha objetivos claros

    Quem pensa em descansar em um ambiente tranquilo, no balanço do mar, irá se frustrar bastante dentro de um navio-resort, que possui milhares de passageiros e atrações suficientes para você esquecer que está no meio do oceano.
    No entanto, este pode ser o lugar perfeito para famílias com filhos de diferentes idades, já que agrada também outros perfis.

    Saiba que quanto maior o navio, mais farta será a oferta de atividades, indo de shows e aulas variadas a pista de patinação no gelo. Se você tem interesses específicos - ficar em forma, comer bem, assistir a shows ou arrumar um namorado, por exemplo, os cruzeiros temáticos também podem ser uma boa alternativa.

  • Imagem: Vivian Ortiz/UOL
    Vivian Ortiz/UOL
    Imagem: Vivian Ortiz/UOL

    Respeite sua personalidade

    Se você é introspectivo, não gosta de filas, disputas por cadeiras ou som alto na piscina esqueça os cruzeiros maiores. Embarcações pequenas e mais luxuosas podem ser a melhor escolha, dando a sensação de se estar viajando em um iate privado. Já os baladeiros, aqueles que gostam de um agito ou querem apenas lagartear ao sol sem se importar com o que está em volta, encontrarão nos cruzeiros temáticos e/ou com ampla estrutura uma opção melhor.

  • Imagem: Divulgação/ Seven Seas
    Divulgação/ Seven Seas
    Imagem: Divulgação/ Seven Seas

    Escolha a rota

    A grande vantagem do navio é que, de um ponto a outro, você terá a oportunidade de desembarcar em ilhas e cidades que talvez nunca pensaria em estar. Pense no trajeto que mais interessa. "Roteiros pelo Caribe, onde existem menos atrações em terra, costumam ser mais indicadas para quem quer apenas descansar, ao contrário da Europa, que oferece inúmeras possibilidades em cada porto", lembra Mercanti.

  • Imagem: Michel Verdure/Divulgação/ Norwegian
    Michel Verdure/Divulgação/ Norwegian
    Imagem: Michel Verdure/Divulgação/ Norwegian

    Tempo é importante

    Há quem se arrisque a começar a vida de cruzeirista - sim, porque a taxa de retorno costuma ser bem alta - com travessias de 15 a 16 dias. Mas a indicação é ir aos poucos, testando a sua vocação para marinheiro em minicruzeiros de até quatro dias. "Com o tempo, as pessoas percebem que mesmo sete dias embarcado é pouco. A tendência é sempre ficar mais tempo do que na viagem anterior", garante Hirsch. Mas, atenção: se você for embarcar em um cruzeiro que começa e/ou termina no exterior é preciso contabilizar os dias de deslocamento no total da viagem.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Faça os cálculos

    Fique atento. Muitos navios e companhias trabalham com sistema "all inclusive", o que facilita bastante no controle dos gastos. Mas é preciso ficar atento: ligações, internet, bebidas alcoólicas, passeios em terra, spa, taxas portuárias, gorjetas e algumas atividades e restaurantes especiais não costumam entrar no pacote e podem surpreender no desembarque. "Viagens muito baratas geralmente precisam fazer receita a bordo e por isso têm uma estrutura que te estimula a gastar o tempo todo", diz Hirsch.

  • Imagem: Divulgação/ Regent Seven Seas
    Divulgação/ Regent Seven Seas
    Imagem: Divulgação/ Regent Seven Seas

    Delícias à mesa

    Assim como acontece com a oferta de atrações, a atenção dada à gastronomia ajuda bastante a definir seu cruzeiro ideal. Levada muito a sério pelas companhias, visto que boa parte do tempo do passageiro será dispensado à mesa, a área de alimentos e bebidas dos navios tenta atender desde os que prezam menus assinados por chefs estrelados (com serviço refinado e à la carte) até aqueles cuja prioridade é ter comida disponível 24 horas ou mesmo aprender a cozinhar. Vale pesquisar bem para garantir seu menu ideal.

  • Imagem: Divulgação/Norwegian Cruise Line
    Divulgação/Norwegian Cruise Line
    Imagem: Divulgação/Norwegian Cruise Line

    Dê atenção à cabine

    Além de servir para dormir, esta é uma parte importante da experiência. Na hora de escolher, encare o local como uma extensão da sua casa, checando se há uma cama ao menos tão confortável quanto a sua e ainda espaço suficiente para se sentir à vontade. Se o orçamento permitir, pegue uma suíte com varanda, que ajuda a vivenciar melhor a experiência de estar em alto-mar.

  • Imagem: Vivian Ortiz/UOL
    Vivian Ortiz/UOL
    Imagem: Vivian Ortiz/UOL

    Tudo pertinho

    Cruzeiros que atracam logo cedinho e só zarpam à noite permitem que você conheça os destinos com mais calma e veja o local em dois momentos distintos, à luz do sol e da lua. Checar a distância entre o porto e as principais atrações em terra também é algo a ser considerado, devido ao tempo disponível e dinheiro necessário para o deslocamento. Muito melhor se você puder sair caminhando sem rumo, não?

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Mala certa

    Pense: férias significa ficar o tempo todo de biquíni, bermuda e chinelo ou você gosta da ideia de ter um pouco (ou muito) glamour a bordo? Dependendo do cruzeiro que escolher, as peças dentro da mala poderão ser totalmente diferentes. Certifique-se de que embarcará em um navio que tem a ver com seus planos ou poderá ficar fora de um jantar especial por não estar vestido apropriadamente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo