Viagem

Com varanda? Descubra se essa é a melhor opção de cabine em um cruzeiro

Getty Images
Pesquisa é importante antes de finalmente descansar em sua própria varanda Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/01/2017 04h00

Você está pensando em viajar de navio nas próximas férias e já se imagina em uma linda cabine com varanda, que lhe dará a chance de fugir do deck lotado e ainda a de relaxar em seu próprio terraço privado enquanto aprecia o mar. No entanto, apesar de parecer uma ótima ideia, esses quartos podem ser muito mais caros do que uma suíte típica.

Por este motivo, é interessante considerar se realmente vale a pena investir em algo assim. Ao embarcar em um cruzeiro de uma semana, você poderia querer gastar esse dinheiro extra pagando por mais tempo de viagem, por exemplo.

Baseados em uma lista do site FoxNews, mostramos alguns temas a se considerar antes de reservar o seu próximo cruzeiro.

  • Pesquise sobre a região

    Caso a viagem seja para a Amazônia ou Sudeste Asiático, o tempo pode ser muito quente e úmido. E se o destino for a Escandinávia, muitas vezes é bem frio. Em ambos os casos, pode ser que não valha a pena pagar a taxa extra pela varanda, em comparação com locais como o Caribe, onde o clima mais agradável é um verdadeiro convite para curtir esse local extra.

  • A vista sumiu!

    Antes de fechar qualquer pacote, melhor questionar se a visão da varanda está obstruída de qualquer maneira. Pode acontecer, por exemplo, dos barcos salva-vidas do navio estarem suspensos bem na altura da sua cabine, obstruindo parcial ou totalmente a paisagem que seria vista da varanda, não fazendo sentido pagar por esse extra.

  • E tem onde sentar?

    O termo 'varanda' pode ser enganador. Isso porque, muitas vezes, o espaço pode ter apenas uma 'Juliette' -- termo em francês usado para definir aquela "sacada" que não tem muito mais do que 30 cm de espaço. Por isso, é interessante saber se existe uma mesa e um par de cadeiras para que você possa realmente sair e apreciar a vista do lado de fora.

  • Espere para o upgrade

    Não compre uma cabine com varanda enquanto reserva a sua viagem. Melhor esperar até depois do embarque. De acordo com "Roaming Around The World", muitas linhas de cruzeiro tentam atrair seus passageiros com um programa de upgrade de taxa reduzida, que não passa de uma tentativa de encher os quartos com varanda que ainda não forem comprados. Se for o caso, melhor aguardar.

  • Localização

    Sempre olhe a metragem quadrada da cabine que você está considerando adquirir passagem. As maiores varandas ficam localizadas, frequentemente, na parte dianteira do navio e/ou na parte traseira -- e não dos lados.

  • Bagunça alheia

    Melhor se perguntar quão privada a sua varanda é. Isso porque, em muitos casos, ao pisar nela dá para ver/ouvir seu vizinhos, o que pode se tornar um aborrecimento sério caso eles sejam um tanto quanto festeiros.

    Você tem alguma outra dica sobre o que fazer antes de reservar um cruzeiro? Escreva nos comentários.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo