Viagem

A turma toda reunida: sete formas de economizar na viagem com a família

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

04/05/2016 07h30

Além da oportunidade da diversão em grupo, reunir a família para uma grande viagem de férias pode ser algo bastante econômico e favorável para o bolso, especialmente em tempos de crise.

O UOL conversou com Antoine de Charbonnières, fundador da Françatur, Claudine Blanco, da agência especializada em famílias Viajar com Crianças, e Henrique Mol, diretor executivo das franquias Encontre sua Viagem, para dar dicas de como economizar neste tipo de roteiro. 

  • Junte-se a outra família

    Uma das vantagens de passar férias com amigos e familiares é a possibilidade de procurar por outras opções de hospedagem, como imóveis para aluguel. Financeiramente, dividir os custos entre todos os adultos do grupo pode tornar o negócio muito mais vantajoso do que se hospedar em um hotel. Esta também é uma estratégia certeira para os adultos descansarem um pouco mais, pois há a possibilidade de um revezamento no cuidado com as crianças.

  • Use transporte público

    Andar de trem, metrô ou ônibus costuma ser a maneira mais conveniente e barata de se locomover em muitas cidades, além de uma grande diversão para as crianças, pois, dependendo do local, o transporte é uma atração por si só. Um exemplo é a cidade de Toronto, no Canadá, onde estão os modernos "streetcars", espécie de veículos sobre trilhos.

  • Não exagere na bagagem

    Essa é uma lição para a vida: com crianças ou não, viaje apenas com o essencial na mala. Os looks devem ser pensados de forma criativa, para serem montados com poucas peças. E é sempre bom lembrar que você pode lavar roupas, esteja onde estiver. Esta é uma medida que trará economia em taxas de excesso de bagagem, além de tornar a viagem menos cansativa durante os deslocamentos.

  • Considere o all inclusive

    O sistema é uma boa pedida para quem vai viajar com crianças ou adolescentes e quer evitar os custos extras com alimentação. Nesse tipo de regime, você paga um preço fechado e tem direito a consumir todas as refeições, lanches e bebidas que quiser. Geralmente, é um regime praticado em resorts e hotéis que oferecem programação completa.

  • Viaje fora de temporada

    Com crianças pode ser difícil, devido ao período escolar. Mas, quando possível, programe-se para que elas se afastem dos estudos por algumas semanas, de modo que a família possa curtir o destino sem aglomeração e por um preço bem mais baixo do que o praticado em dezembro, janeiro e julho. Fora desses meses, tudo fica mais barato: passagens, hotéis e passeios.

  • Reserve uma hospedagem com cozinha

    Desta forma, é possível preparar algumas refeições no próprio local sem gastos extras. O café da manhã, por exemplo, não exige tanto tempo no fogão e já garante uma boa economia. Se não for possível, ainda dá para procurar quartos que tenham refrigeradores para guardar petiscos, águas e sucos comprados em supermercados locais.

  • Desapegue do avião

    Considere viajar de carro ou de navio. No primeiro, você tem a vantagem de fazer o próprio roteiro - parar quando as crianças quiserem ir ao banheiro, comer ou tirar uma foto diferente - e ainda se livra da espera inevitável nos aeroportos. Já em cruzeiros, você entra no regime de pagar (quase) tudo antes da viagem. Uma vez lá dentro, são poucos os gastos extras. Comidas estão incluídas, bem como a diversão das crianças e adolescentes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo