Viagem

Ecoturismo

Chilena ou Argentina? Escolha a sua Patagônia favorita e aproveite o melhor

Por Daniel Nunes Gonçalves*

Do UOL, na Patagônia

03/11/2015 18h17

Com a primavera se aproximando e o inverno ficando para trás, a Patagônia voltou a ser uma opção de destino para os brasileiros. Mas, o que fazer? Argentina ou Chile? Montanha, lago ou praia? Longas caminhadas, cruzeiros de luxo, hotel-boutique ou um típico hotel-fazenda?

Espalhada por 1 milhão de quilômetros quadrados dentro do território de dois dos mais cênicos países latinos, a Patagônia possui tantas facetas diferentes que fica difícil escolher por onde começar.

Dica número 1: a não ser que você invista todo o seu mês de férias ali, é melhor entender que um lugar extraordinário como este pede mais de uma viagem. Confira nesta lista qual deles tem o perfil desejado para a sua próxima jornada e divirta-se!

Daniel Nunes Gonçalves/UOL
Imagem: Daniel Nunes Gonçalves/UOL

Parque Nacional Torres del Paine, Chile

É legal porque... concentra os mais belos glaciares, maciços rochosos e lagos da Patagônia. Dá para caminhar, cavalgar, passear de carro ou de barco. E com hospedagens que vão de barracas rústicas até hotéis-boutique e hotéis-fazenda.
Ideal para quem... gosta de longas caminhadas em meio à natureza espetacular: os circuitos W e O podem ser percorridos em 4 ou 8 dias, respectivamente.
Ponto fraco: O difícil acesso. Leva-se praticamente um dia pra ir, outro pra voltar.
Cidade-base: Puerto Natales, a 1h de carro da entrada principal do parque.
Como chegar: Voo até Santiago (4h15 desde São Paulo), outro até Punta Arenas (3h30) e depois mais 4 horas de estrada do aeroporto ao Parque Nacional.
Quando ir: Invista no verão latino. Em julho, no inverno, venta e faz frio demais.

Daniel Nunes Gonçalves/UOL
Imagem: Daniel Nunes Gonçalves/UOL

El Calafate e El Chaltén, Argentina

É legal porque... essas pequenas e charmosas cidades vizinhas estão à beira do Parque Nacional Los Glaciares. El Calafate abriga o Glaciar Perito Moreno e El Chaltén é a sede do Monte Fitz Roy e meca do trekking na Patagônia Argentina.
Ideal para quem... quer natureza mas sem perder o conforto do centrinho de El Calafate – ou quer caminhadas de 1 dia mas voltando para dormir em El Chaltén.
Ponto fraco: De tão famoso, o glaciar Perito Moreno vive abarrotado de turistas.
Cidade-base: El Calafate, mais urbana, e El Chaltén, point de aventureiros.
Como chegar: Um voo para Buenos Aires (3h desde São Paulo), outro para Calafate (3h20). De El Calafate a El Chaltén leva-se 3h de carro ou ônibus.
Melhor época: O verão, como no Torres del Paine (dá para esticar até lá em 5h).

Getty Images
Imagem: Getty Images

Península Valdez, Argentina

É legal porque... se diferencia das outras “Patagônias” por estar à beira-mar e por abrigar a mais diversa fauna marinha austral. Dá para ver baleia até da praia.
Ideal para quem... ama safáris e vai adorar ver de perto pinguins, baleias, golfinhos, lobos marinhos, elefantes marinhos e as mais variadas aves.
Ponto fraco: Quem vai na época boa das baleias, não vê bem os outros bichos.
Cidade-base: Puerto Madryn, Puerto Pirâmide e Trelew.
Como chegar: De Buenos Aires a Puerto Madryn ou Trelew leva-se 2h voando.
Melhor época: De setembro a dezembro. Para ver baleias, de maio a novembro.

Getty Images
Imagem: Getty Images

Bariloche e Lagos Andinos, Argentina

É legal porque... tem ótima infraestrutura para curtir lagos, trilhas e picos nevados. É base para cruzar os Lagos Andinos, de barco e de carro, ao Chile.
Ideal para quem... quer viajar a dois, em família ou em amigos, com conforto, programas urbanos e prática de esportes de natureza como esqui e trekking.
Ponto fraco: A superlotação de brasileiros. Às vezes nem parece a Argentina.
Cidades-base: Bariloche, Villa La Angostura, San Martín de Los Andes.
Como chegar: Voo até Buenos Aires (3h) e outro para Bariloche (2h20).
Melhor época: Para esquiar e curtir neve, o inverno. Mas há o que ver o ano todo.

Daniel Nunes Gonçalves/UOL
Imagem: Daniel Nunes Gonçalves/UOL

Fiordes Patagônicos, Chile

É legal porque... concentra os mais espetaculares fiordes da América Latina, que costuram esse trecho da costa oeste sul-americana à beira do Oceano Pacífico.
Ideal para quem... gosta de navegar com conforto observando paredões rochosos, glaciares, vulcões, baleias, golfinhos, aves, amanheceres e entardeceres incríveis.
Ponto fraco: Explorável apenas de barco, a região tem cruzeiros caríssimos.
Cidade-base: Puerto Montt, na região dos Lagos Andinos, e Puerto Natales, ao sul.
Como chegar: Primeiro voa-se a Santiago (4h15) e depois a Puerto Montt (2h).
Melhor época: A primavera e o outono são ideais para os cruzeiros de 4 noites.

Daniel Nunes Gonçalves/UOL
Imagem: Daniel Nunes Gonçalves/UOL

Ushuaia e Terra do Fogo, Argentina

É legal porque... fica na ponta sul da América, serve como porto para explorar a Antártica e já apresenta fauna e cenário que fazem lembrar os do Polo Sul.
Ideal para quem... sonha pisar nessa mítica parada de exploradores chamada de  fim do mundo e curte caminhadas e passeios de barco para ver a fauna aquática.
Ponto fraco: Tanto a estação de esqui quanto o passeio de trem são apenas OK.
Cidade-base: Ushuaia, a aconchegante cidade mais ao Sul do território argentino.
Como chegar: Voo até Buenos Aires (3h desde SP) e outro para Ushuaia (3h30).
Melhor época: O verão latino tem menos frio, mais luz do sol e animais na área.

* O jornalista Daniel Nunes Gonçalves viajou a convite do hotel Tierra Patagônia

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Ecoturismo

Topo