Ecoturismo

Chegar em algumas praias no sul da Bahia? Só se for a pé ou de bicicleta

Eduardo Vessoni

Colaboração para o UOL, em Porto Seguro

Muita disposição e um pouco de preparo físico. Essas são as características ideais para quem quer conhecer os muitos segredos de Porto Seguro, localizada no extremo sul da Bahia. Isso porque só é possível chegar em algumas das mais belas praias da região a pé ou de bicicleta.

Tombada como Patrimônio Natural Mundial pela Unesco e conhecida como berço da história do Brasil, a cidade abrange uma área de mais de 2.400 km² e se divide em distritos, como Arraial d'Ajuda, Trancoso, Vale Verde e Caraíva.

UOL fez uma seleção de praias isoladas no sul da Bahia, para quando você quiser ter a sensação de ser o único ser humano no local. Separe o tênis – ou a bicicleta, e vem com a gente!

Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Rio da Barra
Fica a apenas 2km de Trancoso, mas longe o suficiente da movimentação neo hippie do Quadrado. A praia está na divisa com Arraial d'Ajuda e seu acesso só é permitido a pé ou para quem estiver hospedado em estabelecimentos locais, como o Terravista Vilas Trancoso ou Txai Terravista.

Trata-se de um dos endereços mais impactantes, sem dúvida, de todo o roteiro pelo sul da Bahia. Sua paisagem é formada por falésias coloridas e a foz do rio que recebe caminhantes ou ciclistas exaustos.

#ficaadica: Após chegar, descanse em uma das refrescantes piscinas naturais que se formam em frente ao mar, rodeadas por bancos de areia.

Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Jacumã
Uma vez cruzado o rio dos Frades, em direção sul, os aventureiros chegam a essa praia de águas mansas e recortada por oportunos coqueiros beira-mar. De areia fofa e mar esverdeado, o local é considerado uma das praias mais desertas da região.

#ficaadica: Para ampliar o roteiro, siga até a Barra do Rio dos Frades (1km, ao norte) e para as praias do litoral sul de Trancoso. Programe-se para visitar a região durante a maré baixa.

Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Barra do Rio dos Frades
Prepare-se para um dos visuais mais impressionantes do litoral sul da Bahia. Não apenas por sua faixa de areia isolada, onde carros ficam bem longe, mas também pelo encontro entre o mar e o rio que dá nome ao local.

Endereço de pescadores que moram na região, a Barra tem bancos de areia rasgados por águas calmas e refrescantes, porém mais turvas, devido à presença de mangues e rios, cuja travessia é realizada por barquinhos conduzidos pela própria população ribeirinha.

#ficaadica: De correnteza forte, o rio exige a contratação de barqueiros locais para chegar até a margem seguinte.

Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Juacema
O trekking bem sinalizado de 11km, entre a Praia do Espelho e Caraíva, leva a esse ponto isolado de poucas ondas, areia batida e piscinas naturais rodeadas por recifes de corais, em uma área de Mata Atlântica intocada.

Destaque para o paredão de falésias que acompanha durante boa parte do trajeto, e para as lagoas de água doce como a do Satu, com peixinhos que costumam se aproximar dos raros visitantes que desembarcam ali.

Fica a 3km de Caraíva e, para quem vem desse vilarejo rústico, serve como parada para recarregar as energias, antes de encarar a trilha sobre uma falésia e com chão irregular em direção à Praia do Espelho, no sentido norte.

#ficaadica: Não deixe de levar itens como lanches de trilha, muita água e protetor solar para curtir esse ambiente isolado e com poucas áreas de refúgio.

Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Itapororoca
Essa praia abrange um longo trecho isolado de areia entre Trancoso e a Praia do Espelho. Possui águas esverdeadas que costumam atrair surfistas na temporada de ondas fortes, em pleno inverno.

Fica diante de um condomínio fechado e tem 9km de extensão, aproximadamente, com um cenário formado por areias mais fofas e mata quase intocada. A caminhada partindo da praia dos Coqueiros, em Trancoso, dura em média uma hora. Já quem sai da Praia do Rio Verde leva cerca de 40 minutos.

#ficaadica: Programe-se ir durante a maré baixa, quando as águas calmas formam piscinas naturais entre pedras e barreiras de corais.

Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Itaquena

Cercada por mata nativa, esse pedaço de paraíso tem mar de tons esverdeados e areia branquinha, cujas partes mais rasas contam com piscinas naturais, em períodos de maré baixa.

A praia se encontra na Reserva da Vida Selvagem do Rio dos Frades, uma área de proteção ambiental que ocupa 894 hectares de restinga, mangue e floresta.

#ficaadica: Perfeita para caminhadas, essa praia selvagem é frequentada por surfistas atrás de suas ondas fortes, sobretudo em julho e agosto.

* O jornalista viajou com o apoio da Bahia Active

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo