menu
Topo

Viagem

Destinos dos famosos


Paris sem clichê: atriz de "I love Paraisópolis" dá dicas de passeios

Raisa Carlos de Andrade

Do UOL, no Rio de Janeiro

2015-07-02T22:28:10

02/07/2015 22h28

Se você só imagina a torre Eiffel e o Louvre quando pensa em Paris, a atriz Mariana Xavier, que interpreta a Claudete de "I Love Paraisópolis", indica diversos passeios nada óbvios para passar uma semana por lá.

Paulo Herédia/Divulgação/Getty Images
Imagem: Paulo Herédia/Divulgação/Getty Images

"Apesar de ser um destino meio óbvio, fiz várias coisas alternativas. Acho que a cidade me deu muita sorte", conta. Foi após visitar a cidade pela segunda vez, em 2012, que a carreira de Mariana decolou.

A primeira dica da atriz é: assim que pisar na cidade, vá em busca do Pariscope. "É um guia muito completo da cidade. Tem muitas opções gratuitas. Achei concertos, apresentações bem legais e informações bem úteis: horários dos museus, se um deles está fechado ou funcionando em horário especial, por exemplo".

O guia é vendido nas bancas e custa menos de um euro. Nas dicas de cinema, além dos filmes que estão em cartaz, ainda pontua o horário dos traillers e do filme.

Paris é uma cidade para evitar o transporte público sempre que possível. Foi caminhando que Mariana conheceu lugares improváveis e se livrou do convencional durante a estadia por lá. "Se puder, ande a pé. Paris tem um visual incrível, com luzes maravilhosas. Andar aleatoriamente é uma das coisas mais legais que eu fiz por lá".

Foi assim também que Mariana encontrou o Le Deus Magots, um emblemático café na Sain Germain de Prés. "É um lugar supertradicional, reduto de intelectuais e com vinhos incríveis, vale a pena", recorda. 

A torre, tão disputada entre os turistas, foi vista de longe. "Não fiz questão de subir. Há muita fila e uma vista que é bonita, mas tanto quanto outras que existem pela cidade".

No Louvre, a Mona Lisa de Leonardo da Vinci também poderia ter passado em branco. "Uma decepção! Muito pequena e lotada de gente que mal olhava o quadro, só queria tirar foto", conta. Para ela, conhecer os supermercados também torna a viagem menos turística. "Minha maior tentação gastronômica na vida é queijo. Fiquei emocionada quando entrei em um mercado lá e vi o tamanho da prateleira! São inúmeras opções em todos os mercados", brinca. O mesmo serve para os vinhos. "Não sou superentendida nem nada, mas provei vinhos dos quais gostei muito e que foram bem baratos".

A dica é comprar algo no mercado e fazer um piquenique no Parque Buttes-Chaumont. Finalize o passeio no Rosa Bonheur, um bar na área interna do parque. "O astral desse lugar é incrível. Eu fui num domingo, que é o dia LGBT desse bar e eu curti muito, há muita gente cool, bonita, bacana, sabe? Mas tem que chegar cedo, porque lota e rola muita fila!"

Para as compras, a atriz entrega o melhor lugar para "garimpo" que encontrou: Rue Rivoli, no Marais. "Achei mil lojas, para as quais você não dá nada olhando a vitrine, mas que, se você entrar e procurar, acha coisas incríveis, como sobretudos de 5 euros, e ainda tem a vantagem de encontrar numerações maiores".

Boêmio e artístico, o Marais merece, no mínimo uma tarde. E, para fechar o guia da Paris menos óbvia, guarde horinhas para relaxar no Ayada Spa, localizado na Rue de l'Annonciation. "Neste spa tailandês fiz a melhor massagem da vida. Imperdível".

Mais Destinos dos famosos