menu
Topo

Viagem

Roteiros em família


Pulseira da Disney funciona como ingresso, cartão e chave do quarto

Ronaldo Marques

do UOL, em Orlando*

13/06/2014 07h00

Quem aproveitar as férias de julho para conhecer um dos parques do Walt Disney World, na Flórida, vai encontrar uma novidade que promete acabar com aquelas papeladas que atrapalham a vida do turista. A pulseira Magic Band é um dispositivo personalizado, cuja tecnologia acompanha a nova geração, acostumada com smartphones e tablets, e permite que a viagem planejada ganhe um ar mais moderno e prático.

Com a pulseira o turista abre a porta dos hotéis do complexo sem precisar de chaves, entra nos parques sem apresentar ingresso e até paga suas compras, podendo deixar o cartão de crédito no quarto. E isso tudo porque o dispositivo eletrônico consegue captar as informações registradas em uma conta que o usuário cria no "My Disney Experience", site e aplicativo em inglês (disponível para tablets e smartphones) onde é possível registrar as reservas de hotel, restaurantes e ingressos adquiridos pelo visitante.

"Nós pensamos na possibilidade de você poder largar sua carteira no hotel e ir se divertir sem se preocupar em perder ou esquecer nada", afirma Dan Soto, diretor do programa de integração do My Magic Plus. E a ideia realmente funciona. Ao chegar a um hotel do complexo Disney, o turista recebe sua pulseira e pode vincular um cartão de crédito ao dispositivo na mesma hora. A partir daí, se você já tiver feito as reservas e comprado ingressos online, basta apresentar os números de registro e pronto. Sua pulseira vincula todos os serviços que você contratou e dispensa a apresentação de papéis.

Outra novidade apresentada por Dan Soto diz respeito ao uso do Fast Pass, o sistema que permite que você passe na frente dos outros quando a fila do brinquedo não é mesmo uma boa opção. "Com o aplicativo, você compra o Fast Pass, agenda horário para a atração escolhida e não precisa ficar na fila; basta esperar o horário chegar, passar a pulseira na catraca e curtir o momento", afirma. Além do aplicativo e site, há quiosques espalhados nos parques onde é possível adquirir o passe e vinculá-lo a sua pulseira.

Divulgação/WDW
Pulseira "Magic Band", da Disney, facilita vida do turista Imagem: Divulgação/WDW

Para quem não vai se hospedar em hotéis da Disney, a opção válida é comprar o Magic Band em pontos de vendas dentro dos parques. O preço da pulseira é de US$ 12,90.

"Se a tecnologia muda, o parque muda para agradar ao turista", acredita Cinthia Douglas, gerente de marketing da empresa para a América Latina. Ela afirma que a pulseira é uma das tecnologias mais inovadoras da empresa e que a mudança vai impactar profundamente seus visitantes.

"Oferecemos uma pulseira para toda a família simplificar sua viagem. Dá até para reservar lugar marcado para a hora da tradicional queima de fogos de artifício", diz Cinthia.

Mais para frente a Disney pretende implementar o sistema nos outros parques localizados fora da Flórida, além de incrementar o serviço com um sistema de entrega das pulseiras antes de o turista realizar a viagem, acelerando ainda mais o processo.

*A equipe viajou a convite da Walt Disney World Resort.

Mais Roteiros em família