menu
Topo

Viagem

Roteiros para descansar

Daniela Mercury e Malu Verçosa falam de suas praias preferidas na Bahia

Raisa Carlos de Andrade

Do UOL, no Rio de Janeiro

04/03/2014 08h00

  • Arquivo pessoal

    Daniela Mercury e Malu Verçosa escolhem praias da Bahia para descansar

Para quem vive na terra de todos os santos, fica difícil escolher outro destino para a temporada mais viva do ano. É assim com Daniela Mercury. Com tantas opções no estado que transforma até inverno em verão, a cantora e sua mulher, Malu Verçosa, não limitam as dicas, começando por uma das praias mais conhecidas do país.  "A Praia de Itapoã, em Morro de São Paulo, é maravilhosa. Não foi à toa que foi cantada por Vinícius de Moraes. Sempre que dá, a gente se disfarça e vai", conta a baiana. Nas proximidades da ilha, localizada a 248 km de mar de Salvador, Daniela também indica outras paisagens inacreditáveis, como Boipeba e Guarapuá, ilhas próximas, também localizadas na Costa do Dendê. "São as melhores ilhas depois do Morro de São Paulo", diz.

Outra dica do casal é a enseada de Barra Grande, localizada na Ilha de Itaparica. "É uma beleza, uma mistura de água doce com água salgada. É um lugar realmente particular", explica a cantora. Quando querem sossego sem abrir mão do conforto, as duas fogem para Arembepe. Conhecido por sua aldeia hippie, é um distrito de Camaçari, localizado a 30 km da capital baiana. O lugar, que também encantou Janis Joplin e os Novos Baianos tem sido visitado pelas duas com frequência. "Lá tem a pousada A Capela, uma pousada boutique na areia de uma praia deserta. O lugar é uma delícia. Vamos muito... Já somos do tipo que ama uma praia e é um lugar no qual relaxamos mesmo".
 

 

Como chegar

  • Arquivo pessoal

    O casal se considera "do tipo que ama uma praia"

Morro de São Paulo
Transfer aéreo - Este é o caminho mais rápido para chegar à ilha. Pegando um voo direto do aeroporto de Salvador, que possui uma série de empresas de taxi aéreo, o trajeto é feito em 25 minutos. O percurso sofre alteração de valores de acordo com a temporada.

Barco – No Terminal Marítmo, localizado em frente ao Mercado Modelo de Salvador, catamarãs e lanchas partem diariamente. O tempo de duração do trajeto varia de acordo com as mudanças climáticas ou outros fatores.

Carro – Saindo de Salvador, é possível fazer a travessia marítima de Ferry Boat até Itaparica. Depois, basta seguir até Valença passando pela cidade de Nazaré.

Indo pela BR 234, é preciso entrar na BR 101 antes de chegar à Feira de Santana, sentido Itabuna. No caminho, mal sinalizado, basta seguir até Santo Antônio de Jesus e entrar na BA-245 até Nazaré e seguir pela BA-001 até Valença. O caminho possui belas paisagens, um estímulo a mais para a viagem.  

Vindo pelo Sul do estado, na BR 101, é preciso seguir pela B1-650 por 41km até Camamu. Depois, até Valença passando por Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha e Teperoá. O caminho possui 71km. Existe outro caminho, pela BR 101 até o "entrocamento de Valença", localizado após a cidade Presidente Tancredo Neves. Lá, pega-se a BA–542 até Valença. A cidade é a mais próxima de Morro de São Paulo e possui diversos estacionamentos para que você deixe seu carro enquanto aproveita a estada na ilha.

Ônibus – Existem ônibus diretos para a cidade de Valença pelas viações São Geraldo e Águia Branca. De Salvador, o caminho é feito pela Viação Camurujipe. Há também a opção de atravessar até Itaparica de Ferry Boat pelo Terminal Marítimo São Joaquim e seguir de ônibus ou van até Valença.

Ilha de Itaparica
Ferry- Boat - Saindo do Terminal de São Joaquim (Salvador) para Bom Despacho (Vera Cruz). As travessias são feitas diariamente entre 5h e 23h, com duração de 1h15, mas também há embarcações mais modernas, capazes de efetuar o percurso em até 35 minutos.

Barco - Saída do Centro Náutico da Bahia (atrás do Mercado Modelo, em Salvador) e chegada no Terminal Náutico de Mar Grande (Vera Cruz). Há travessias entre 6h e 18h30. A duração da viagem é de 45 minutos e tem a cidade de Salvador como pano de fundo.

Carro – A Ponte do Funil faz a ligação com o continente. O acesso principal de quem vem do sul do estado se dá pela BR-101 e pela BA-101, que leva até Itaparica. Para quem sai de Salvador, o caminho leva em média três horas. A rodovia é a BR-324 e a entrada é por Santo Amaro. Dalí, segue pela histórica Cachoeira e também por Maragogipe, famosa por seus artesanatos em barro.


Arembepe
Saindo de Salvador, deve-se pegar a BA-099 (Linha Verde), no sentido Bahia-Sergipe. Após o município de Lauro de Freitas, siga até o entroncamento que dará acesso a Camaçari.

 

 

Mais Roteiros para descansar