menu
Topo

Viagem

Roteiros em família


Taubaté tem cenários que inspiraram Monteiro Lobato e locações de Mazzaropi

Elaine Kawabe

Do UOL, em Taubaté (SP)

07/02/2014 08h01

A 130 km da capital paulista, Taubaté (SP), com mais de 278 mil habitantes, é considerada a "Capital Nacional da Literatura Infantil". O título, concedido pelo Congresso Nacional, deve-se ao fato do escritor infanto-juvenil Monteiro Lobato ter nascido ali. Com efeito, foi na chácara do Visconde de Tremembé, seu avô materno, onde encontrou inspiração para criar personagens ainda hoje vivos na memória do povo brasileiro.

Já conhece Taubaté?
Mande sua foto pra gente!

Os anos se passaram, e a chácara do avô de Lobato tornou-se o atual Sítio do Pica-Pau Amarelo. Um pouco afastado do centro de Taubaté, o lugar reúne objetos e fotos do escritor.  Lá o visitante é recebido por atores que encarnam os personagens mais conhecidos de sua obra: Dona Benta, Tia Nastácia, Visconde de Sabugosa, Pedrinho, Narizinho e a boneca Emília. Eles divertem as crianças com brincadeiras e histórias. Vale ressaltar que, a trupe de Lobato também está presente nos demais parques espalhados pela cidade: Vale do Itaim, Horto e Parque de Exposições Monteiro Lobato. Assim, nenhuma criança fica sem se divertir.

Não é apenas a literatura infanto-juvenil a marca registrada de Taubaté. As artes cênicas e a música sempre estiveram presentes no município. Foi lá que o comediante Mazzaropi construiu a PAM (Produções Amâncio Mazzaropi) e filmou muitos dos seus sucessos como "Jeca Tatu", "O corinthiano", "O puritano da rua Augusta", entre outros. O estúdio é hoje um museu em cujo acervo há fotos, filmes, roupas e objetos pessoais do comediante.

No campo musical, destaque para o maestro e compositor Segesfredo "Fêgo" Camargo. Virtuoso violinista, o músico foi elogiado pelo maestro Villa-Lobos, quando de passagem por Taubaté, e recebeu convites para tocar em programas radiofônicos como a "Hora da Saudade", da Rádio Difusora Paulista. Seu talento musical foi herdado por sua filha, Hebe, que começou como cantora de rádio e mais tarde se tornou apresentadora de TV.

Saindo do campo das artes, outra atração que merece a atenção do visitante é o Museu de História Natural, que exibe fósseis e réplicas de animais pré-históricos e contemporâneos da região do Vale do Paraíba.

Artesanato e gastronomia

Ao andar pela cidade é impossível não se deparar com alguma imagem do pavão azul, ave símbolo do folclore local. A peça, criada há 150 anos pela taubateana Dona Cândida, foi escolhida num concurso realizado em 1979 como símbolo do artesanato do Estado de São Paulo. Hoje, o pavão azul é confeccionado na Casa do Figureiro, onde 36 artesãos transformam, diariamente, argila em arte.

Outra tradição de Taubaté é a festa italiana no distrito de Quiririm. Entre final de abril e início de maio, as principais ruas do lugar dão espaço a diversas barracas de comidas típicas da Itália: lasanha, nhoque, pão com linguiça, pizza, fogazza, etc. A comilança é acompanhada de música ao vivo e danças folclóricas que esquentam a noite.

E para quem visitar o distrito de Taubaté fora da festividade, a alternativa para apreciar pratos italianos é o Mercatto Della Colônia Agrícola di Quiririm. Localizado nas margens da Rodovia Floriano Rodrigues, o local concentra diversas cantinas e lojas.

  • Elaine Kawabe/UOL

    Sítio do Pica-Pau Amarelo é o museu do escritor taubateano Monteiro Lobato

Atrações

Casa do Figureiro – Exposição e venda de artesanato feito de argila, confeccionado pelos 36 artesãos da cidade. O pavão é o símbolo folclórico de Taubaté. R. dos Girassóis, 60, Campos Elíseos. Seg. a sáb., das 8h30 as 17h30. Dom. e feriado, das 9h às 14h. Grátis. Tel.: (12) 3624-5983.

Cristo Redentor – Com 21 metros de altura, o monumento é um mirante de onde é possível avistar a cidade e a Serra da Mantiqueira. R. Itacolomi, 351, Alto São Pedro. Diariamente. Grátis.

Horto Municipal – Parque tem quiosques, lago e atividades para crianças nos finais de semana. Av. Santa Luiza Marillac, s/nº. Ter. a dom., das 6h às 18h. Tel.: (12) 3625-5105.

Mercatto Della Colônia Agrícola Di Quiririm – O local reúne diversas cantinas italianas, lojas de artesanato e produtos alimentícios. Rod. Floriano Rodrigues Peixoto, km 5, trevo de Quiririm. Seg., qua. e qui., das 11h às 16h. Sex. e sáb., das 11h às 23h. Dom. e feriados, das 11h às 18h. Ter. fechado. Grátis. Estacionamento. Tel.: (12) 9 9163-0504. www.mercatoquiririm.com.br

Museu de História Natural – Exposição de fósseis e réplicas de animais pré-históricos até os dias de hoje. R. Juvenal Dias de Carvalho, 111, Jd. do Sol. Ter. a dom., das 10h às 17h. Entrada: R$ 10 e R$ 5 (meia). Em família: R$ 5 por pessoa. Tel. (12) 3631-2928. www.museuhistorianatural.com

Museu Mazzaropi – O antigo estúdio onde Mazzaropi filmou alguns dos seus filmes foi transformado num museu, que expõe fotos, objetos pessoais e filmes do comediante. Estr. Municipal Amácio Mazzaropi, 201, bairro dos Remédios. Ter. a dom., das 8h30 às 12h30. Entrada: R$ 10. Tel.: (12) 3634-3447. www.museumazzaropi.com.br

Parque de Exposição Monteiro Lobato – Playground, lago e elenco do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Av. Charles Schneider, s/nº, Vila Costa. Ter. a dom., das 6h às 18h. Tel.: (12) 3624-7955.

Parque Municipal Vale do Itaim – Possui pista para caminhada, quiosques, réplica da casa do Sítio do Pica-Pau Amarelo e mini zoológico. Av. São Pedro, 2.000, Jd. América. Ter. a dom., das 9h às 17h. Grátis. Tel.: (12) 3633-5008.

Sítio do Pica-Pau Amarelo – Casa onde Monteiro Lobato passou a infância com o avô. Exposição de móveis, objetos, gravuras e fotos do escritor. Elenco do Sítio do Pica Pau Amarelo conta histórias e diverte as crianças. Av. Campinas, s/nº, Chácara do Visconde. Ter. a dom., das 9h às 17h. Tel.: (12) 3625-5062. www.asagamonteirolobato.com.br

Mais Roteiros em família