menu
Topo

Viagem

Roteiros românticos

Cinco lugares para ver o pôr-do-sol com vista para o mar em Salvador

Renata Gama

Do UOL, em Salvador

24/07/2013 16h15

Com parte da sua orla voltada para a Baía de Todos os Santos - cheia de recortes, penínsulas e enseadas -, Salvador tem locais interessantes de sobra para apreciar o pôr-do-sol. Por conta de sua posição geográfica, o espetáculo diário da natureza é visto daqui de um ponto de vista raro no litoral brasileiro, com o mar em perspectiva.

O UOL Viagem selecionou cinco lugares belos e especiais para os turistas curtirem o momento, seja em clima romântico ou entre amigos.

Ponta do Humaitá
Pouco divulgada, a Ponta do Humaitá é o "novo" point para ver o pôr-do-sol em Salvador. Casais, grupos de jovens, famílias com crianças seguem para lá no fim de tarde para assistir ao evento de um ponto privilegiado, no extremo da península do Itapagipe. A ponta é formada por um pátio que avança sobre o mar, cercada de muros largos de onde se pode ver o mar e o Forte Monte Serrat. Ali, há uma igrejinha, um convento e um farol. Alguns bares abrem durante a tarde e deixam mesinhas ao ar livre, conferindo charme ao lugar.

Pedra Furada
Se a ideia é bebericar e petiscar enquanto se assiste a noite cair, o ponto é a rua Rio Negro, antiga rua Pedra Furada, perto da Igreja Nosso Senhor do Bonfim. Na parte alta da rua estão bares e restaurantes com varandas e vistas privilegiadas para o mar e para a Ponta do Humaitá, de onde se curte um belo pôr-do-sol. O restaurante Recanto da Lua, especializado em moquecas, tem belos jardins e uma varanda ampla com mesas com visão para o mar.

Solar do Unhão
Os finais de tarde de sábado no Solar do Unhão, onde fica o Museu de Arte Moderna (MAM) de Salvador, são regados a jazz com tempero baiano. As jam sessions viraram tradição no local, a partir das 18h, e agradam turistas e soteropolitanos. Para ter uma vaga noção de como o pôr-do-sol por lá é legal, pense na experiência de ver a noite cair em um dos mais belos conjuntos arquitetônicos às margens da Baía de Todos os Santos ouvindi boa música instrumental baiana. 

  • Tatiana Azeviche/Setur-BA

    Uma das obras do Parque das Esculturas do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM)

Santo Antonio Além do Carmo
Com ares de cidade pequena, a Igreja de Santo Antônio tem um largo com um mirante fantástico para a região do Porto de Salvador, na Cidade Baixa. Dali, se tem uma visão bucólica do sol se pondo. O bairro histórico com construções antigas é considerado continuação do Pelourinho. Entre os dois, está a Igreja do Carmo. No caminho até lá, pela rua do Carmo, há um corredor de casinhas coloniais que também têm vistas privilegiadas para a Baía de Todos os Santos. Há restaurantes, lojas, ateliês e cafés instalados nelas. O Cafélier, mistura de café com ateliê, tem uma varanda romântica para assistir ao pôr-do-sol e um cardápio variado de cafés e sanduíches.

Farol da Barra
Localizado na ponta sul de Salvador, que marca o encontro da Baía de Todos os Santos com o Oceano Atlântico, o Forte Santo Antonio da Barra, conhecido como Farol da Barra, atrai nos finais de tarde grupos de jovens que assistem ao pôr-do-sol deitados nos gramados, conversando, relaxando, em seu entorno. O belo visual do farol completa o cenário. O local abriga o Museu Náutico da Bahia, que fica aberto ao público até as 19 horas, de terça a domingo. 

Mais Roteiros românticos