Gastronômico

Chá da tarde é tradição britânica: veja onde saborear a bebida em Londres

Favoritar

Gostou desse roteiro?

Jennifer Conlin
New York Times Syndicate

Não há maneira melhor de celebrar o jeito inglês de ser do que curtindo um dos rituais britânicos mais tradicionais: o chá da tarde. Embora seja de Anna Maria Russell, a sétima Duquesa de Bedford, o crédito pela invenção da quarta refeição no início do século 19, posso confirmar, como moradora de Londres que agora sou, que o costume continua mais vivo que nunca.

Hoje em dia, porém, em vez de ser servido num salão majestoso ou no gramado de uma mansão (como fazem Dowager e Cora em "Downton Abbey"), pode ser degustado nos hotéis e restaurantes mais descolados da cidade. Onde quer que seja, uma coisa é certa: não é a baixela, mas o cenário - da clientela à decoração - que torna esse costume tão interessante.

HOTEL BERKELEY

A decoração
No Salão Caramelo (onde o chá é servido em peças de porcelana listradas da Paul Smith), com paredes cobertas de marrom chocolate, pele falsa de crocodilo e veludo, as cadeiras confortáveis convidam às conversas íntimas, nesse que é "o" lugar para ver e ser visto.

O cardápio
Chamado de Prêt-À-Portea, consiste em guloseimas na forma de itens de moda. Os biscoitos tinham o formato dos sapatos Miu Miu, o bolo de laranja e gengibre lembrava a clutch da Valentino e o pão de ló de amêndoas e creme, um vestido de Sonia Rykiel. Nada de scones (pãezinhos), apenas muitos doces e pouquíssimos salgados - como o sanduíche de atum coberto de funcho e geleia de ameixa e o de pato apimentado com compota de figo.

A clientela
Os londrinos mais ricos e antenados passam por ali, além dos viajantes mais experimentados. Ouvi pelo menos cinco línguas diferentes, incluindo russo, árabe, francês e japonês. Em muitas mesas vi fashionistas comprando os últimos modelitos exibidos na passarela, mas havia também muitos executivos degustando calmamente suas xícaras de chá.

O preço
Honesto, se considerarmos a chance única de observar as pessoas: 39 libras por pessoa (US$ 61 com a libra a US$ 1,56) pelo capricho das guloseimas e o ambiente sofisticado. Mais dez libras e você tem direito a um copo de champanhe.

Serviço
The Berkeley Hotel, 32a Wilton Place, Knightsbridge; (44-207) 235-6000; the-berkeley.co.uk. Chá servido das 13h às 18h. 

HOTEL BLAKES

A decoração
Com design assinado pela britânica Anouska Hempel com influências da Índia, Turquia, Rússia e China, o restaurante do hotel, que fica no subsolo, é todo em laranja queimado e preto, desde as toalhas até a louça. Com uma escadaria de bambu, orquídeas, murais exóticos e até um periquito falador, "criar um clima" aqui não é problema.

O cardápio
Previsível, com todos os sanduíches clássicos, mas sem brilho. Poucos doces (trouxeram apenas uma fatia de bolo de chocolate), mas os scones estavam maravilhosos, polvilhados com açúcar de confeiteiro e servidos com morangos frescos. Entre os chás, uma seleção bem básica, de ervas a Earl Grey.

A clientela
Inexistente, embora o Bar Chinês ao lado do restaurante estivesse lotado com a galera bem vestida de Kensington. Eu fiquei com vontade de levar a minha xícara e o meu pratinho para um dos sofás espalhados pelo salão, mas quando fiquei sabendo que podia tê-lo feito, já era tarde demais.

O preço
O mais barato do grupo: 19 libras por pessoa, 26 libras com champanhe incluído, mas foi fácil entender por quê: não nos foi oferecida uma segunda rodada de sanduíches, nem de bolo, muito menos água quente para uma segunda xícara.

Serviço
Blakes Hotel, 33 Roland Gardens; Knightsbridge; (44-207) 370-6701; blakeshotels.com. Chá servido do meio-dia às 17h30.

HOTEL BROWN'S

  • Hazel Thompson/The New York Times

    O salão do Hotel Brown's é uma opção aos que procuram experimentar o tradicional chá inglês

A decoração
Sendo o primeiro hotel de Londres e um dos grandes vencedores do prêmio do Tea Guild (uma espécie de uma associação do chá - sim, o Reino Unido tem um Conselho do Chá que julga essas coisas), o salão do Brown's combina o melhor do essencialmente inglês - painéis de carvalho, telas a óleo e três lareiras - com o que há de mais moderno e descolado: cadeiras de couro, sofás confortáveis e, é claro, iluminação suave e indireta para todo mundo ficar bonito.

O cardápio
Como opção ao chá tradicional - que oferece a combinação padrão de sanduíches de pepino, salmão, ovos e presunto, além dos scones com creme fresco, geleia e docinhos - o Brown's também serve o "Tea-Tox", a versão light que inclui frango defumado e guacamole no pão de trigo vermelho, salada de folhas tenras e tabule, espetinhos de frutas com iogurte e mel e até um bolo de chocolate sem farinha. A seleção de chás inclui Afternoon Blend e o chá verde chinês Organic Dragon Well.

A clientela
Desde jovens empreendedores em reuniões de negócios a casais, gays ou não, curtindo o pianista escondido num dos cantinhos do salão. Os turistas são minoria, o que o faz sentir (quase) um nativo.

O preço
A 39,50 libras por pessoa, tanto para a versão tradicional como a "Tea-Tox", o Brown's pode ser considerado caro, mas os garçons vão encher sua xícara e seu prato até você pedir misericórdia. Quem estiver interessado pode fazer o curso "Tea-Torial" que ensina como preparar todas as comidinhas servidas (115 libras).

Serviço
Brown's Hotel, 33 Albemarle St., Mayfair; (44-207) 493-6020; brownshotel.com. Chá servido das 15h às 18h (de segunda a quinta), das 14h às 18h às sextas e do meio-dia às 18h30 nos fins de semana. 

HOTEL RITZ

A decoração
O Palm Court é um salão espetacular, com duas colunas de mármore já na entrada. Decorado no estilo Belle Époque de Luís XVI, é praticamente coberto de ouro, desde o estofado das cadeiras francesas às cortinas, os candelabros e as estátuas.

O cardápio
Sanduíches de queijo cheddar com chutney no pão de cebola, peito de frango com creme de raiz forte e salmão defumado com manteiga temperada, entre outros. Os scones são grandes e macios e a seleção de doces, variada, incluindo torta de limão e mil-folhas. Há chás de todo lugar: Caravan russo, de hortelã do Marrocos e um blend queniano chamado Ritz Royal English.

A clientela
Familiar. Vi avó, mãe e filha comemorando com um bolo de aniversário e vários casais com os filhos já adultos.

O preço
Quarenta e duas libras não é exagero se levarmos em conta a música ao piano, os garçons de smoking, o serviço impecável e a segunda leva de docinhos quando mal tinha terminado a primeira. As 19 libras a mais por um único copo de champanhe, porém, me pareceram um exagero.

Serviço
The Ritz, 150 Piccadilly; (44-207) 300-2343; www.theritzlondon.com. Chá servido cinco vezes ao dia. É preciso reservar com pelo menos um mês de antecedência. 

SKETCH

A decoração
Uma combinação de "Rocky Horror" e "A Fantástica Fábrica de Chocolate". O clima esquisito já começa na entrada, com uma empregada (de uniforme completo) que lhe dá as boas-vindas ao lado de um maître cheio de maneirismos. À direita fica o Salão, onde colunas listradas destacam uma mesa maravilhosa de bolos. Cadeiras que não combinam, decoração Marimekko nas paredes, porcelana antiga, abajures antigos com franja e fotos estranhas de criaturas meio animais/meio humanas completam o visual do restaurante, bar, clube noturno, sala de cinema e galeria de arte.

  • Hazel Thompson/The New York Times

    Sketch é um restaurante, bar, clube noturno, sala de cinema e galeria de arte onde serve-se chá inglês em Londres

O cardápio
Sanduíches estranhos, mas fabulosos, com o de salmão no pão sírio, scones e uma seleção de tortinhas e doces pequeninos que inclui ganache de chocolate, mousse de castanhas e torta de limão na massa choux. Pouco surpreendente, já que o chef francês Pierre Gagnaire é um dos donos. Todos os chás-padrão.

A clientela
Como a decoração, é eclética e vibrante. Vi rapazes usando veludo cotelê colorido, sapatos bem engraxados e coletes de tweed enviando torpedos entre goles de chá, e uma bela família italiana cercada de sacolas de compras.

O preço
Vinte e sete libras por pessoa ou duas por 52; 38 libras com champanhe.

Serviço
Sketch, 9 Conduit St.; Mayfair; (44-207) 659-4500; sketch.uk.com. Chá servido das 15h às 17h. 

HOTEL MILESTONE

A decoração
Tradicional inglesa, com cortinas drapeadas pesadas, sofás confortáveis, belas antiguidades e cadeiras forradas. Com uma lareira enorme e uma parede de livros antigos, o pequeno salão de chá que dá para Kensington Gardens mais parece uma sala de estar onde dá vontade de ficar horas e horas.

O cardápio
Versões sofisticadas dos sanduíches clássicos - incluindo frango com lascas de amêndoas, scones com geleia de morango e docinhos adoráveis como macarons, bombas, tortinhas e mini cupcakes. A bela seleção de chás inclui um chinês cujos botões desidratados abrem feito flores na xícara.

A clientela
A cinco minutos do Palácio de Kensington, esse é um dos lugares mais civilizados para se degustar um bom chá da tarde e a clientela reflete bem isso. Um jovem casal com pinta aristocrata parecia estar discutindo planos de casamento com os pais enquanto outro, mais velho, lia o jornal bebericando chá.

O preço
Nada mau: 31,50 libras por pessoa ou o Afternoon Seduction para dois a 70 libras com meia garrafa de champanhe incluída.

Serviço
The Milestone Hotel, Kensington Court; (44-207) 917-1010; milestonehotel.com. chá servido das 15h às 18h.

Dicas de quem já foi

UOL Cursos Online

Todos os cursos