Agra está acostumada às grandes levas de turistas que chegam à cidade todos os dias. A impressão que se tem é que, por isso, se esforça menos para conquistar a clientela. É difícil encontrar um hotel barato e de boa qualidade por lá. E por ser uma cidade de passagem, a maioria dos viajantes opta por passar apenas o dia no local, mas para ver todas as construções além do Taj Mahal o ideal é ficar de uma a duas noites. É recomendável, porém, que se reserve a acomodação com antecedência para evitar cair na conversa insistente dos ambulantes locais que tentam empurrar qualquer serviço ou mercadoria a preços inflacionados.

Os hotéis em Taj Ganj, a área ao redor do mausoléu, são bem básicos e desprovidos de muito conforto ou variedade de serviços, mas têm por outro lado a bela vista do Taj Mahal dos quartos ou dos restaurantes nos terraços. Cheque antes de fazer a sua reserva – tomar café da manhã olhando o Taj pode ser uma boa maneira de começar o dia. Perto do Cantonment, o antigo distrito militar britânico, também encontram-se alguns hotéis mais em conta e distantes do burburinho da parte mais central da cidade. Outra opção de hospedagem um pouco mais afastada é a também turística Fathepur Sikhri, a 37 quilômetros de Agra.

Dicas de quem já foi

Atrações

Cursos Online
UOL Cursos Online

UOL Cursos Online

Todos os cursos