Boston é conhecida por seus lendários congestionamentos e por seus motoristas enlouquecidos que parecem se munir de regras próprias para lidar com o trânsito da cidade, então só alugue um carro se for extremamente necessário. As vagas para estacionar nas ruas são limitadas e os estacionamentos privados costumam ser caros.

A Massachusetts Bay Transportation Authority é a empresa que administra o de transporte público, que é prático e possibilita ao usuário andar em trens, ônibus, metrô ou até mesmo barcos. Uma dica para quem pretende utilizar o serviço muitas vezes no mesmo dia é comprar um passe diário ou semanal.

As empresas de turismo locais oferecem tours que em geral são a um preço fixo por dia e permitem ao cliente descer nas paradas e ficar o quanto tempo desejar. Depois de conhecer bem o local, é só esperar por um dos fretados destas empresas nos pontos sinalizados. As duas principais companhias do ramo são a Old Town Trolley Tours (que percorre a cidade em um tradicional bondinho) e a Boston Duck Tours (cujos carros se transformam em barcos, levando o passeio das ruas para o Rio Charles).

Como chegar

Links úteis
Massachusetts Bay Transportation Authority (MBTA): www.mbta.com
Old Town Trolley Tours: www.trolleytours.com/boston
Boston Duck Tours: www.bostonducktours.com

De avião
O Boston Logan Airport fica a menos de dez quilômetros do centro de Boston. O trajeto pode ser feito de metrô (chamado de “T”), ônibus executivo, van, balsa e táxi. No aeroporto também é possível fazer o aluguel de carro.

Boston Logan International Airport
www.massport.com

De trem ou ônibus
A companhia de trens Amtrak oferece itinerários diretos para Boston, mas os preços das passagens são muitas vezes salgados e uma viagem de ônibus até a cidade pode sair mais barata. Empresas como Greyhound e a Peter Pan Bus Lines disponibilizam assentos em seus ônibus por uma quantia mais camarada. A South Station é a principal estação de trem e ônibus da cidade, na qual é possível chegar de metrô.

South Station: www.south-station.net
Amtrak: www.amtrak.com
Greyhound: www.greyhound.com
Peter Pan Bus Lines: www.peterpanbus.com

De carro
Para quem vem do oeste do Estado de Massachusetts em direção a Boston, uma boa opção é utilizar a rodovia I-90, que leva o motorista até o centro da cidade. Há três saídas para Boston: Cambridge, Copley Square (Prudential Center) e Kneeland Street (Chinatown). Uma alternativa para quem sai de Nova York pode ser também a CT-15. Cerca de 350 quilômetros separam as duas cidades, em uma viagem que pode durar até 4 horas, dependendo do trânsito.

Qual a melhor época para ir?

A época do foliage (no outono, entre setembro e novembro, quando as folhagens das árvores mudam de cor) atrai muitos visitantes. Esse período coincide com o início do ano acadêmico e muitos estudantes chegam à cidade.

A alta ocupação hoteleira também ocorre nos meses de graduação das universidades (entre maio e junho) e durante a maratona de Boston (abril).  O período de menor movimento é o inverno, entre os meses de janeiro e março. A primavera e o outono são as épocas em que o clima está mais agradável.

Informações úteis

Sites oficiais
Site da Secretaria de Turismo dos EUA: www.discoveramerica.com
Site da cidade de Boston: www.cityofboston.gov
Portal Visit Boston (Greater Boston Convention & Visitors Bureau): www.bostonusa.com
Portal Massachusetts Vacation: www.massvacation.com/regions-towns/greater-boston

Idioma: inglês

Fuso horário: GMT -5

Código do país: 1

Código de acesso da cidade: 617

Centros de informação turística ao visitante:
The Shops at Prudential                                        
800 Boylston Street
Tel: (1 617) 536-4100

Boston Common
148 Tremont Street
Tel: (1 617) 536-4100

Moeda: dólar americano

Documentos necessários
Para viajar aos Estados Unidos é necessário passaporte com no mínimo seis meses de validade e visto americano.

Gorjetas e taxas
Como a maioria das cidades americanas, espera-se gorjetas pela prestação de serviços.

Garçons: varia de 15% a 17% do valor conta. Em mesas de grupos acima de seis pessoas é praxe cobrar de 18% a 20% direto na conta.
Motoristas de taxi: 15% do valor final da corrida.
Carregador de malas: Entre US$ 1 e US$ 3 por mala.
Camareira: Entre US$ 1 e US$ 5. É de bom tom que a gorjeta seja paga diariamente e não no final da estadia, pois geralmente existe uma rotatividade de camareiras.
Manobrista: Entre US$ 1 e US$ 2. Costumeiramente se paga a gorjeta na devolução do carro, porém se quiser garantir um bom lugar e rapidez, dê também uma gorjeta na entrega do carro, solicitando ao valet uma boa posição para o veículo e dando uma estimativa de que horas pretende retirar o carro.

Vacina: Não é necessário. Recomenda-se que se faça um seguro viagem que cubra despesas médicas, odontológicas e medicação, pois o custo desses serviços é bastante alto nos Estados Unidos.

Telefones úteis
Para casos de emergência (ambulância, incêndio e policia): 911

Consulado do Brasil
20 Park Plaza, Suite 1420
Tel: (1 617) 542-4000
www.consulatebrazil.org

Tomadas/energia elétrica: Em todo o país segue-se o padrão variável de 110V a 127V, com tomadas de dois pinos retangulares de espessuras distintas. Algumas tomadas têm três pinos, sendo o terceiro redondo (terra). Recomenda-se que se leve um adaptador universal de tomadas.

O que não pode faltar na minha bagagem? 
Espere caminhar bastante, por isso ao menos um par de sapatos confortáveis é muito indicado.  Leve também a medicação de uso contínuo e os remedinhos a que está acostumado nas pequenas emergências, pois pode ser difícil comprar um equivalente nos Estados Unidos sem prescrição médica. Recomenda-se também levar receita médica dos medicamentos indispensáveis e de uso contínuo para casos de imprevistos e também para fins alfandegários. Adaptador de tomadas do padrão brasileiro para o padrão americano.

Dicas de quem já foi

Atrações

Cursos Online
UOL Cursos Online

Últimas notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos