A região é repleta de praias bonitas, algumas mais vazias e com menor infraestrutura, outras para quem prefere mais agito à beira-mar ou para quem procura boas ondas para surfar.

Guilherme Andrade/UOL
Praia Preta, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo

Jureia - Tranquila e pequena, tem os costões cobertos pela Mata Atlântica. Tem mar esverdeado, ausência de quiosques e ondas fortes. A 62km.

Barra do Una - Na foz do rio Una, marinas oferecem boa estrutura e barcos para explorar as ilhas. No lado oposto ao mar a atração é o Tuim Parque, com diversas atividades em meio à Mata Atlântica. A 59km.

Juqueí - Com charmosas pousadas e restaurantes a beira-mar é muito procurada por famílias. Longa faixa de areia, com 3,5km de extensão. Boa infraestrutura, com dois mini shopping centers (Juquehy e Monjolo). A 53km [foto abaixo].

Praia Preta - Para visitar é preciso deixar o carro na beira da Rio-Santos. Pequena e tranquila, tem areias escuras e fica de frente para As Ilhas. A 47km.

Barra do Sahy - A criançada fica à vontade no canto esquerdo, onde deságua o rio Saí. No outro canto da praia as pedras formam uma piscina natural. A 47km.

Camburi e Camburizinho - Separadas por um ilhote, tem areia fofa e ondas fortes. Gente bonita e surfistas são presença constante. É ali que fica o melhor hotel (Vila Bebek) e o melhor restaurante (Manacá). A 42km.

Boiçucanga - Uma das poucas praias brasileiras onde se pode apreciar um pôr-do-sol no mar. A praia é de tombo com areias grossas e vermelhas. Tem a melhor estrutura de todas, com farta oferta de hotéis, restaurantes, bancos e pronto-socorro. No sertão destaque para a cachoeira. A 36km.

Praia Brava de Boiçucanga - Assim é conhecida pelos surfistas que frequentam esta praia selvagem, localizada entre Maresias e Boiçucanga. Acesso por barco ou trilha íngreme (2km). Tem areias grossas, ondas fortes e uma cachoeira pertinho praia, mas nenhuma infra-estrutura. A 29 km.

Maresias - É a praia mais badalada de São Sebastião.Tem 4 km de areias fofas e mar com forte correnteza. Freqüentada por surfistas e beldades durante o dia, ferve nas noites com a boate Sirena. A 30km.

Paúba - Pequena e charmosa. Mantém uma vila de pescadores, apesar das muitas casas de veraneio. Em certos dias tem ondas violentas, mas geralmente o mar é tranqüilo e convidativo para o mergulho. A 24km.

Santiago - Sossegada, tem mar calmo e acesso pelas pedras à vizinha Toque-Toque Pequeno. A 20km.

Toque-Toque Pequeno e Toque-Toque Grande - Duas antigas vilas de pescadores. Curiosamente Toque-Toque Pequeno é maior do que Toque- Toque Grande. Tranquilas e de mar manso, são ótimas para mergulho. A 21 e 17km respectivamente.

Calhetas - Uma pequena ponta de praia tem os dois lados banhados pelo mar. É acessível por caminhada passando por um condomínio privado. Não há estacionamento disponível no local, e na rodovia é proibido estacionar. A 16km.

Guaecá - Com projeto de Lúcio Costa - o mesmo que delineou o Plano Piloto de Brasília, casas de veraneio dividem um belo jardim coletivo que termina na praia. Carros circulam pelas ruas que dão para os fundos das residências, sem acesso ao mar. Visitantes podem chegar à areia pela rua central do condomínio ou pelo canto direito. Fica a 12km.

Cigarras - É a mais bela da costa norte do município. Tem vista para Ilha Bela e bons ventos para velejar. A 9 km.

"As Ilhas" - Na verdade se trata de apenas uma ilha, com duas praias de areias rosadas e águas cristalinas.

Dicas de quem já foi

Atrações

Cursos Online
UOL Cursos Online

UOL Cursos Online

Todos os cursos