Recife é uma capital do Nordeste que vai se revelando aos poucos, sem pressa de agradar. Uma descrição objetiva, sem exageros, de seu Carnaval diria que se trata de uma das maiores celebrações mundiais da diversidade: musical, cultural, arquitetônica, religiosa etc. No meio do ano, nas festas juninas, a cidade banhada pelo mar e pelos rios Capibaribe e Beberibe volta a ser palco de uma alegria imperdível, com arraiais nas ruas, parques e praças convidando a dançar e a comer de tudo.

Dias de turista em Recife começam com longas caminhadas nos calçadões das praias de Boa Viagem e Pina. A ideia é queimar antes as calorias que serão acrescentadas dali a pouco, nas comidinhas altamente energéticas servidas na beira do mar: caldo de feijão, queijo coalho, iscas de carne-de-sol. Haja água de coco. As tardes costumam ser preenchidas com um cardápio respeitável de museus, centros culturais e de artesanato: não deixe de visitar, na região central, a Casa da Cultura, a Capela Dourada, o Centro Cultural Judaico e o Forte de São Tiago das Cinco Pontas. A Várzea é um bairro distante, mas é lá que se instalaram, há tempos, dois ícones de uma viagem à memória e à arte de Pernambuco: a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand e o Instituto Ricardo Brennand.

As marcas da invasão holandesa na região, no século 17, se revelam em narrativas dos guias num passeio de catamarã pelo rio Capibaribe, com direito àquelas pontes históricas que quase se deixam tocar. Uma visita à vizinha Olinda pode começar pela Embaixada dos Bonecos Gigantes, na rua do Bom Jesus, no Recife Antigo. Berço do mangue-beat, a capital pernambucana produz muita música, no Carnaval e no ano inteiro, e alguns endereços das baladas são para poucos, segredo de Estado. Melhor fazer amizade com moradores logo cedo, nas caminhadas à beira-mar, e extrair algumas dicas sobre os bares da hora. Diante das ondas azuis, pergunte onde morava o poeta João Cabral de Melo Neto, se o sociólogo Gilberto Freyre também gostava de praia, se o cronista Xico Sá tem sido visto por ali. E não faça piada sobre tubarões.

Conheça as atrações

Dicas de quem já foi

Fotos de quem já foi

UOL Cursos Online

Todos os cursos